Rosa Weber, a “Esfinge de Brasília”, é a única pessoa que sabe se Lula será preso

Resultado de imagem para rosa weber

Desta vez, o voto de Minerva será de Rosa Weber

Carlos Newton

Oportuna reportagem de Renata Mariz e André de Souza, no site de O Globo, informa que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, retornará de Portugal para participar do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para 4 de abril. Ele está em Lisboa, onde participará de um evento jurídico organizado pela faculdade da qual é sócio. Segundo os jornalistas, Gilmar Mendes retornaria apenas no dia 8 de abril, mas decidiu antecipar a volta. A matéria destaca que o voto dele é considerado importante para a defesa de Lula, porque o ministro alterou seu pensamento sobre a prisão de condenados após decisão na segunda instância judicial.

“Em 2016, quando o Supremo firmou entendimento em favor da execução antecipada da pena, Gilmar estava com a maioria. Depois, mudou de ideia e passou a defender que os sentenciados não sejam detidos antes da decisão sobre recursos nos tribunais superiores”, diz a reportagem.

TRADUÇÃO SIMULTÂNEA – Como ocorre com praticamente toda reportagem política no Brasil, o texto de O Globo requer tradução simultânea. Na verdade, desta vez o voto de Gilmar Mendes não fede nem cheira, como se diz no Nordeste.

Para continuar livre até meados de 2019, quando o Superior Tribunal de Justiça julgará seu recurso especial contra a condenação da segunda instância, agora no dia 4 Lula só precisa de cinco votos a favor, porque se trata de habeas corpus e não há voto de Minerva (voto duplo da presidente Cármen Lúcia), conforme o comentarista Marcelo Mafra já explicou aqui na Tribuna da Internet. Se houver empate (“in dubio pro reo”), Lula ganha o habeas corpus preventivo.

O voto de Gilmar Mendes de pouco vale, porque deixa o placar empatado em 5 a 5. A favor de Lula: Celso de Mello, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello. Contra Lula: Luiz Fux, Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Cármen Lúcia.

ROSA WEBER DECIDE – Portanto, não é Gilmar Mendes quem decide. O destino de Lula ficou nas mãos de Rosa Weber, que ia ser a favor dele, está impactada com a possibilidade de haver um brutal retrocesso jurídico, com a libertação de todos os réus da Lava Jato, incluindo Eduardo Cunha, Sérgio Cabral e Geddel Vieira Lima – aliás, a defesa de Geddel se adiantou e já pediu habeas corpus ao Supremo, usando os mesmos argumentos de Lula.

Rosa Weber se tornou a “Esfinge de Brasília”, ninguém sabe como irá votar. “Decifrava-me ou te devoro”, este era o desafio da lenda egípcia. No Brasil, o enigma soa hoje como uma verdadeira ameaça à democracia, porque ninguém sabe o posição da ministra gaúcha, que neste julgamento personificará a Minerva de um voto só.

Como naquele fado que Amália Rodrigues imortalizou, nem às paredes Rosa Weber confessa a posição que vai tomar.

###
P.S. 1 –
Por tudo isso, em Brasília o suspense é de matar o Hitchcock, diria o genial publicitário e compositor Miguel Gustavo.

P.S. 2 – O fato mais auspicioso neste imbróglio todo é que Lula não poderá ser candidato. por ter se tornado ficha suja, aliás, sujíssima(C.N.)

9 thoughts on “Rosa Weber, a “Esfinge de Brasília”, é a única pessoa que sabe se Lula será preso

  1. Lula e todo o lulismo já sabem que ele estará formalmente impedido de concorrer, a estratégia é tumultuar o processo o máximo possível, arrastar ao máximo a definição do seu impedimento. No mínimo ele estará sempre na berlinda, pautando o debate eleitoral, o que nesse contexto conturbado já é um grande ganho. Que outro candidato tem a exposição na mídia que ele vem tendo até agora? Em matéria de táticas escusas os caras são especialistas.

    • Ontem, abordando o tema ficha limpa, oconceituado Merval Pereira, respondeu ao entrevistador da CBN:” não sei.Já não tenho certeza pq eles mudam a interpretação como é quando querem”. Num Supremo em que ministro “muda de ideia”, tudo pode acontecer.

  2. A jurisprudência que proteger Lula protegerá Sarney, Collor, FHC além de Temer (Executivo) e por analogia e equidade os altos dirigentes do Judiciário e Legislativo. Ou alguém imagina ministros como Gilmar Mendes se unindo apenas para salvar um ex-presidente, sem contemplar as demandas dos demais? Apostaria que darão jeito de manter as prisões de condenados em segunda instância, comportando essas ‘honrosas exceções’. https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1933924603589021&id=1810985762549573

    ANTES POSTEI: O ministro Gilmar Mendes foi “sorteado” relatar do pedido de habeas corpus contra prisões de condenados em segunda instância, tendo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) o dever de avaliar omissão da presidente Carmén Lúcia em pautar duas Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que questionam jurisprudência firmada a respeito na 1ª votação, em outubro de 2016, por 6 votos a 5, conforme noticia o site https://istoe.com.br/gilmar-mendes-sera-relator-do-habeas-corpus-contra-prisao-em-2a-instancia/#.Wq_4fdrHiRQ.facebook

    Não custa lembrar, Gilmar Mendes surpreendeu ao proferir voto minerva favorável ao habeas corpus que libertou o ex-ministro José Dirceu, em 2 de maio de 2017, da prisão preventiva decretada em 2015. Desde então, ele aguarda o julgamento de recursos… (continua no link adiante). Há ainda a favor da revisão desta jurisprudência a omissão do STF em publicar o acórdão desta deliberação ocorrida em outubro de 2016, como comentei em outro postagem. https://www.cartacapital.com.br/politica/gilmar-mendes-desempata-e-stf-decide-acatar-pedido-de-habeas-corpus-e-soltar-provisoriamente-jose-direceu

  3. Newton, eu fiz observação sobre a posição a ser tomada por Rosa Weber. Entendo que ela é a favor de que o condenado em segunda instância passe imediatamente a cumprir a sentença. Mas, se a maioria votar contra ela acompanha.

    • JÚRIS TEMER: Os golpistas com o STF e tudo podem inovar na jurisprudência em proteção das altas autoridades públicas, no rastro da blindagem ao ex-presidente Lula, ainda que na regra geral mantenham a possibilidade das prisões após condenação de segunda instância. A esquerda que se une a Lula vai pagar este mico, galgando o poder?

  4. Nada. Que Rosa Weber… kkkk… Ptralha igual A serviço do chefão. Tá tudo combinado. Eles vão livrar o ladrão da cadeia e ponto. As ORCRIMs ganharam. Até quando?? A conferir.
    #ApoioLavajato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *