Rssia confirma perdo de US$ 35 bilhes em dvidas de Cuba

Deu no site Ptria Latina

A Cmara baixa do Parlamento russo ratificou acordo assinado entre Rssia e Cuba que prev anulao de 90% da dvida de Havana para com a extinta Unio Sovitica.O documento ratificado prev a anulao da dvida de US$ 35,2 bilhes.

O documento ratificado prev a anulao da dvida de US$ 35,2 bilhes. O Parlamento russo ratificou um acordo assinado entre Rssia e Cuba que prev a anulao de 90% da dvida de Havana com a extinta Unio Sovitica, na ltima sexta-feira (4).

O documento ratificado prev a anulao do montante de US$ 35,2 bilhes e o reembolso do restante do valor (aproximadamente US$ 3,5 milhes) ao longo de dez anos. O dinheiro ser transferido para contas especiais e reinvestido integralmente na economia cubana.

A ratificao acontece uma semana antes de uma visita ilha do presidente russo, Vladimir Putin, durante a qual buscar intensificar as relaes comerciais bilaterais.

(Fonte: Brasil de Fato)

Desde 2005, Rssia e Cuba tm buscado intensificar suas relaes, que registraram grande reduo desde a desintegrao do bloco sovitico, em 1991.

 

Fonte: Brasil de Fato

5 thoughts on “Rssia confirma perdo de US$ 35 bilhes em dvidas de Cuba

  1. Cuba no iria pagar mesmo! Sua economia foi destruda h muito tempo! Portanto no tem dinheiro para nada! E nunca pagar os emprstimos que tem contrado com o Brasil, atravs do BNDES!

    J est nas livrarias a obra “A vida secreta de Fidel”, aonde um ex-guarda-costas de Fidel Castro narra inmeras excentricidades luxuosas deste ditador cubano, alis bem tpicas tambm de outros ditadores totalmente capitalistas.

    Vejam a reportagem: veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/vasto-mundo/um-espanto-fidel-castro-e-sua-inacreditavel-ilha-particular-que-nao-e-cuba/#more-493332

  2. A RSSIA TINHA MAIS ERA QUE PERDOAR ESSWA IMENSA DVIDA, POIS SEUS PLANOS PARA A AMRICA LATINA NO DERAM CERTO E, PORTANTO, ERA MELHOR MESMO PERDOAR A DVIDA E SE LIVRAR DESSE DEVEDOR INCMODO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.