Rússia diz que acusação de interferência nas eleições dos EUA é ridícula

Resultado de imagem para putin e obama charge

Governo dos EUA diz que a Rússia hackeia e-mails nos EUA

Deu no Correio Braziliense
France Presse

O chanceler russo Serguei Lavrov afirmou nesta quarta-feira (12/10) que são ridículas as acusações de Washington de que a Rússia tenta interferir na campanha eleitoral americana. “Tudo mundo nos Estados Unidos diz agora que é a Rússia que controla o debate presidencial”, ironizou Lavrov durante uma entrevista à CNN.

“Claro que é elogioso receber este tipo de atenção de uma ‘potência regional’, como o presidente Obama nos recordou há um tempo […] mas isso não se fundamenta em nada nos fatos. Não vimos sequer uma única prova que demonstre essas acusações”, enfatizou.

Na semana passada, o governo americano acusou Moscou de se intrometer na campanha presidencial de Estados Unidos hackeando e-mails de pessoas e instituições americanas.

RIDÍCULO – “Dizer que a Rússia interfere nos assuntos internos dos Estados Unidos é ridículo”, concluiu o chanceler.

O presidente russo Vladimir Putin também denunciou nesta quarta-feira uma “histeria americana para manipular a opinião pública”.

“A respeito das afirmações de que a Rússia exerce pressão contra outros países, quem disse isso?”, perguntou ironicamente durante um fórum econômico de que participava.

8 thoughts on “Rússia diz que acusação de interferência nas eleições dos EUA é ridícula

      • Já que não o terão de volta num governo dele, porque tal hipótese não vai se concretizar.
        Devia ser óbvio pra todo mundo que ninguém despeja montanhas de dinheiro numa campanha eleitoral, seja em que país for, por puro idealismo.
        Hillary Clinton tem recebido rios de dinheiro para financiar sua campanha, supostamente, porque as grandes empresas estão encantadas com sua ‘competência’. Mas até agora tanto financiamento não se converteu numa vantagem muito significativa sobre Trump.
        A eleição americana deste ano é uma das piores da história, com dois candidatos extremamente indignos de confiança.
        Hillary Clinton como presidente só preservará o pior da era Obama.
        Trump é completamente inviável, e se acaso chegasse à presidência provavelmente seria um fantoche da camarilha neoconservadora e do complexo industrial-militar que manda nos EUA.

  1. O governo americano e seus aliados subservientes agora culpam a Rússia e Putin de tudo aquilo que não gostam: do Brexit, da ascensão de Jeremy Corbyn à liderança do partido trabalhista, da onda de refugiados na europa, do ISIS (embora os russos o estejam combatendo), da campanha de Trump (embora seja óbvio que ele não tem como ganhar, nem como governar se fosse eleito. Qual o sentido de investir numa canoa furada?), da divulgação das manipulações eleitorais do partido democrata para favorecer Hillary Clinton, das campanhas alternativas de Gary Johnson e JIll Stein… Tudo que não ocorre conforme a vontade do governo americano e de seus puxa-sacos é culpa dos russos.
    Enquanto isso os americanos interferem abertamente em eleições pelo mundo afora, até mesmo na Rússia, onde partidos ditos liberais são financiados por Ongs americanas… mas isso é da ordem natural das coisas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *