Se Joaquim Barbosa participar, sucessão de Dilma pode ser a mais sensacional de todos os tempos

Carlos Newton

Muito importante a pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha entre os manifestantes em São Paulo, na última quinta-feira, mostrando que, apesar de não figurar na lista de pré-candidatos ao Palácio do Planalto, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, aparece como o preferido para suceder Dilma Rousseff.

De acordo com o instituto, Barbosa foi mencionado por 30% dos entrevistados, contra 22% da ex-senadora Marina Silva, que tenta montar a Rede Sustentabilidade para concorrer ao Planalto em 2014. E a presidente Dilma (PT) aparece em terceiro na lista, com 10% das menções. O senador Aécio Neves (PSDB-MG), com 5%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), com apenas 1%, vêm logo a seguir.

A margem de erro da pesquisa, que entrevistou 551 manifestantes, é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. No limite, Barbosa e Marina poderiam ter 26% das preferências, mas, segundo o Datafolha, a probabilidade de que esse cenário seja real é muito pequena. Barbosa realmente lidera nessa importante faixa de público, que é formadora de opinião.

ROMARIA

A verdade é que já se formou uma romaria de partidos atrás de Joaquim Barbosa, para convencê-lo a sair candidato. Por sua postura nos últimos meses, dando entrevistas consecutivas e procurando os holofotes da mídia, tudo leva a crer que o presidente do Supremo realmente sairá candidato. Ele tem até o início de outubro para se filiar a algum partido.

O problema para candidatos como Barbosa e Marina, é o pequeno tempo no horário eleitoral, mas essa lacuna poderá ser compensada com a exposição nos telejornais, que os dois terão, com toda certeza. E o falecido Eneas Carneiro já provou que pouco tempo no horário eleitoral também pode ser uma boa arma.

Como ainda falta muito tempo para a eleição e nem a própria Dilma Rousseff sabe se será mesmo candidata, pois Lula está cada vez mais animado a concorrer,  pode-se imaginar muita coisa, como o lançamento de uma chapa Joaquim Barbosa-Marina Silva, que verdadeiramente abalaria a República.

De concreto, a única coisa que se pode dizer hoje com certeza é que vai ser uma eleição sensacional e eletrizante, sobretudo se Joaquim Barbosa concorrer.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

19 thoughts on “Se Joaquim Barbosa participar, sucessão de Dilma pode ser a mais sensacional de todos os tempos

  1. Caro jornalista,
    Creio que o presidente do STF pode ajudar mais permanecendo como ministro do STF! Como presidente da republica teria que fazer negociata com esse congresso para poder governar!
    Abraços.

  2. Acho que seria queimar a dignidade do ministro. Com esse congresso ninguém de bem faz nada.Teria que haver uma reforma de todos os congressistas.Limpeza geral.Eu particularmente sou a favor do que foi feito pelo o general em Singapura. Diminuir a população de vagabundos e larápios deste país.Conforme a folha de S.Paulo a Dilma vai começar a resolver o problema do povo brasileiro pela SAÚDE. Todos os políticos sabem por onde começar.

  3. Se ele concorrer terá o meu apoio porque será uma renovação concreta da política. Alguém que não tem alianças partidárias poderá fazer grandes reformas como acabar com partidos, pra que servem os partidos, para acomodar corruptos e dar força de aglomeração para ser manobrada. Sem partidos, voto distrital e sem coligações proporcionais, leva quem tirar mais votos. Além das reformas politicas poderiam ser feitas as tributária, da saúde, da educação e melhorar o judiciário que é extremamente conivente porque lamentavelmente lento e cego!

  4. Barbosa seria uma opção boa, pois mostrou severidade com os bandidos do PT, o que fez os santayanas, jânios, Minos e outros do tipo , chapas-brancas, tentar desqualificar o STF e de resto o poder judiciário.
    Mas voltando a essa raridade na máquina pública, pela honradez de suas atitudes, não será muito fácil ele se tornar presidente. E, em que partido se filiaria, já que todos estão bem desmoralizados e o que governa assume mesmo que é do crime. Até colocou o bandido Cunha para fazer propaganda no seu horário eleitoral.
    Enfim, o país está precisando é moral e a solução é simples, aprovando-se no congresso, uma lei que puna severamente qualquer ocupante da máquina pública que desviar 1 centavo do erário.
    Mas como uma lei dessa será aprovada se o congresso em sua maioria é da pior espécie e ainda está alinhado com o partido político mais mentirosos e corruPTo da história “dêstêpaís” como diz aquele malandro que esteve no poder por 8 anos.

  5. A solução de penas severas para ocupantes do poder público é a única que pode mudar alguma coisa neste país do crime. Crime dos governantes, claro. Sempre.
    No mais vão refletindo aí sobre o que Cioran observou:
    ” ‘E o povo?’, perguntarão. O pensador ou o historiador que emprega
    esta palavra sem ironia se desacredita. O ‘povo’, sabe-se muito bem a
    que está destinado: a sofrer os acontecimentos e as fantasias dos
    governantes, prestando-se a desígnios que o enfraquecem e o oprimem.
    Toda experiência política, por mais ‘avançada’ que seja, desenrola-se
    à sua custa, dirigi-se contra ele: o povo carrega os estigmas da
    escravidão por decreto divino ou diabólico. É inútil apiedar-se dele:
    sua causa é sem remédio. Nações e impérios se formam por sua
    complacência nas iniquidades das quais ele é objeto. Não há chefe de
    estado nem conquistador que não o despreze; mas aceita este desprezo e
    vive dele. Se o povo deixasse de ser débil ou vítima, se não cumprisse
    seu destino, a sociedade se desvaneceria, e com ela a história. Não
    sejamos tão otimistas: nada no povo permite considerar uma
    eventualidade tão bela. Tal como é, representa um convite ao
    despotismo. Suporta suas provações, às vezes as solicita, e só se
    revolta contra elas para buscar outras novas, mais atrozes que as
    anteriores. Sendo a revolução seu único luxo, precipita-se em sua
    direção, não tanto para obter alguns benefícios ou melhorar sua sorte,
    mas para adquirir também seu direito à insolência, vantagem que o
    consola de suas decepções habituais, mas que logo perde quando são
    abolidos os privilégios da desordem. Como nenhum regime assegura sua
    salvação, o povo acomoda-se a todos e a nenhum. E, desde o Dilúvio até
    o Juízo Final, a única coisa a que pode aspirar é cumprir honestamente
    sua missão de vencido.”

  6. Sonhe, Sr Mauro Julio, sonhe. Só em seus sonhos o PT é o partido mais corrupto do Brasil. Nesse quesito, PSDB, DEM e seus asseclas são insuperáveis, e perto deles o PT é aprendiz, só não enxerga isso quem é cego ou não quer ver. Verdadeiros traidoresce vendilhões da pátria.

  7. Caro Rofolfo, já passei da fase de ter partido, apenas constato fatos e, os fatos demonstram cabalmente a condição criminosa do PT, que vc parece ser um militante.
    Qual partido está ferozmente empenhado em instalar a censura á imprensa e aprovar a PEC 37 para acabar com as investigações do ministério público? Porque este ministério colocou parte do bando do PT sob as barras do STF, que os condenou transparentemente.

  8. Gostei muito da última frase do prezado Rodolfo Passos:
    “Verdadeiros traidorese(sic) vendilhões da pátria.”
    Se entendo que a referência é para TODOS OS POLÍTICOS E SEUS PARTIDOS, muito bem, se, no entanto, exclui o PT, independente de ser aprendiz ou mestre, comete um erro crasso!
    Eu iria mais longe, inclusive:
    Afirmo que se trata do texto de um sectário, que tenta justificar os crimes do seu partido através de outros ilícitos cometidos pelas agremiações existentes.
    Ora, é nivelar a política de forma rasteira, abjeta, que admito estar assim mesmo, porém misturando TODOS, SEM EXCEÇÃO, nesta gosma asquerosa, pegajosa, imunda e podre que se transformou o poder Legislativo!
    Percebo, entretanto, que o Rodolfo Passos não perderia o senso crítico mesmo sendo do PT, que em nada o desabona, mas não teria como esconder ou disfarçar os escândalos em níveis iguais aos seus antecessores na presidência desta República, que não preciso enumerá-los pelo espaço gigantesco que eu necessitaria para registrá-los.

  9. VAI BABA GERAL!

    1)Na minha são 18 votos.
    2)Vizinha 9 votos
    3)Prédio todo: 1.100 votos
    4)Rua toda: 15.000 votos.
    5)Cidade do Rio de Janeiro. 9.000.000.
    6)Aposentados. 18.000.000
    7)Jovens dos protestos. 42.000.000

  10. Carlos Newton,
    os políticos estão colhendo o que plantaram. Hoje, nem as mães deles acreditam neles. No Brasil, atualmente, só podemos acreditar em Nossa Senhora da Aparecida e o Joaquim Barbosa.

  11. Joaquim Barbosa candidato … nesta conjuntura? Nesta democracia inventada? Ora, a prevalecer o “jogo atual”, Dilma fica com 61% (sessenta e um por cento) do tempo da tv. Joaquim Barbosa ficaria com quanto? E ela ainda criaria mais um 683752 ministérios e secretarias especiais para abrigar as novas ratazanas que fossem chegando.
    Mas … tudo pode mudar!!! Se as novas ratazanas (sempre de plantão) perceberem uma mudança no “quadro político institucional” (argh!!!) aderirão (que palavra, Helio!!!) rapidamente a qualquer um, pois o queijo é enooorme!!! E elas são insaciáveis.

  12. Imaginem um imenso castelo de areia desmoronando…são todos os impatriotas locupletadores do erário público e suas ensandecidas quadrilhas num verdadeiro jogo de sinuca de bico com ” taco preso ” e com chance zero de acertar na bola da vez ( ética e moralidade )…

  13. Pesquisa de intenção de voto ESPONTÂNEA com uma população cuja maioria não sabe as atribuições dos Poderes?

    Eleitores cuja maioria esmagadora não sabe em quem votou para Vereador na eleição passada?

    …é sem comentários!

    Por favor, não subestimem a inteligência do Presidente do Supremo Tribunal Federal querendo “jogar um balão ao ar pra ver se voa”… ele não topa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *