Se quiser, Marina pode começar a campanha apoiada por sete partidos

Carlos Newton

A ex-senadora e ex-ministra Marina Silva sempre declarou quer não tinha um Plano B, caso o registro de seu partido fosse recusado pela Justiça (será mesmo Justiça?) Eleitoral. Era natural que o fizesse. naquele momento, todos os esforços deveriam estar sendo dirigidos para a legalização da Rede Sustentabilidade.

Agora, diante de uma nova realidade, a presidenciável tem que se desistir. E não lhe faltam legenda. Com a desistência de José Serra, que não quis disputar pelo PPS (na esperança de derrotar Aécio nas prévias do PSDB), o presidente Roberto Freire já convidou Marina para disputar pelo partido.  Isso significa que pode contar também com o apoio do PMN, criado pelo lendário ex-deputado Celso Brant, um grande nacionalista.

Há, também, a possibilidade de se filiar ao novo PEN (Partido Ecológico Nacional), uma dissidência do Partido Verde, do qual Marina teve de se afastar em função do baixo nível de seus dirigentes nacionais (para dizer o mínimo), assim como o deputado Alfredo Sirkis e o ex-deputadoFernando Gabeira também se afastaram.

Outros quatro partidos ofereceram legenda à ex-senadora. Nada mal. A um ano das eleições, Marina pode começar a campanha apoiada por sete partidos, que podem atrair outros. E a disputa pela sucessão fica cada vez mais interessante.

 

 

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “Se quiser, Marina pode começar a campanha apoiada por sete partidos

  1. Carlos N., por curiosidade, vc é filho de Almério N.? Aquela pulga histérica, que começou a me provocar falando que eu gostaria de ser mulher de Fidel, num artigo em que eu falei verdades sobre o ditador.Tempos mais tarde a tal pulga histérica me chamou de Koisa. Também por colocar fatos relativos a Roberto Campos. Este mesmo para quem não sabe, foi ministro de Juscelino.
    Isto porque ao responder o vagabundo no mesmo tom, voce me censurou.
    Não devia ter censurado ele primeiro?
    Enfim, vc não tá sendo um bom censor, se é que existe censor bom.

  2. A vantagem de Marina Silva ser candidata, é a possibilidade de haver segundo turno, fora
    isso, ela esta no mesmo patamar de Lula, que antes de ser Presidente, foi eleito deputado
    (omisso) e mais nada. FHC, antes de ser Presidente era suplente, foi ser Senador na vaga de
    Franco Montoro, e mais nada. Dilma, nem precisa falar. Nenhum deles teve cargos de executivo,
    não entraram na chuva para se molharem, sem experiência, sem estatura para ocupar o cargo da Presidência da República. Sustentabilidade e meio ambiente, é muito pouco em vista dos graves
    problemas do país. Alguém sabe me dizer qual sua meta de governo? Sustentabilidade é muito vago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *