Se Temer processar Joesley, conforme prometeu, estará correndo mais riscos

Resultado de imagem para temer e joesley charges

Temer desconhece as provas que Joesley tem

Eduardo Bresciani, Eduardo Barretto e Thiago Herdy
O Globo

Na última sexta-feira, dia 16, Joesley Batista passou 12 horas prestando depoimento à Polícia Federal no inquérito que investiga o presidente Michel Temer. A oitiva foi centrada nos áudios da gravação e na relação do empresário com o presidente. Segundo pessoas próximas ao empresário, ele ainda voltará a depor, para prestar esclarecimentos sobre outros assuntos, como a relação de suas empresas com Eduardo Cunha e mais detalhes envolvendo os pagamentos ao ex-deputado federal e ex-assessor da Presidência da República, Rodrigo da Rocha Loures.

A expectativa é que Joesley volte a Brasília nesta semana para ser novamente interrogado e detalhar mais informações.

EXCEÇÃO DA VERDADE – Se os advogados de Temer apresentarem queixa-crime contra Joesley pelo crime de calúnia, em função da entrevista dada por ele à revista “Época”, conforme prometido em nota pelo Planalto no sábado, a defesa do empresário tende a apresentar no processo um pedido de exceção da verdade, incidente processual por meio do qual o acusado de crime pretende provar a veracidade do que alegou.

Como a ação dos advogados de Temer deverá ser apresentada apenas nesta semana, os advogados ainda deverão aguardar a intimação para avaliar a necessidade de uso do mecanismo. A exceção da verdade é aplicável em casos de calúnia e em alguns casos de difamação. Ela não pode ser usada em caso de crime de injúria.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –
 Vai ser divertido, se é que o presidente terá mesmo coragem de processar o empresário, sem conhecer as provas materiais e testemunhais de que Joesley dispõe. Será um risco enorme, não há dúvida. (C.N.)

11 thoughts on “Se Temer processar Joesley, conforme prometeu, estará correndo mais riscos

  1. Também acho que é bravata. O rábula que o assiste deve ter escrito aquelas linhas furiosas, ele achou bonito, assinou. Parece que está um bobão, embora tenha sido constitucionalista respeitado: precisam dizer-lhe que na Constituição não há nada que o obrigue a nomear PGR indicado em lista da ANPR

  2. O min Gilmar já começou a criticar as investigações sobre os corruptos. Para ele, elas são excessivas. A intensidade das investigações não criam fatos novos, a menos que eles tenham ocorrido. Mas para os gênios do STF, a lógica tem que satisfazer seus interesses.

  3. Infelizmente, a imagem que Temer tem fixado quando aparece na TV é a de que não passa de um cínico vulgar.

    Estou torcendo para que ele processe o Joesley Batista, pois “brigam as comadres. sabe-se a verdade”…

  4. O “açougueiro” está caindo em contradição (isto é fato!)…Foi treinado por Janot (outro atrapalhado). Pergunto: cadê a perícia nos áudios? Está tão difícil chegar, digamos assim, a um resultado convincente? Tudo muito estranho e nebuloso; um verdadeiro emaranhado de confusões. A propósito, a Rede Globo, atualmente, tem credibilidade? Talvez a resposta esteja no âmago do BNDES…

  5. Concordo plenamente com a nota do Moderador, pois faz todo sentido na intenção transformada em prática… algo como blefe dado ´por amador em jogo de pôquer com malandros da primeira linha, como no caso.
    Vai exigir, mesmo, muita coragem.
    Será?..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *