Senadores e deputados agora têm dificuldades para se elegerem prefeitos

Resultado de imagem para marcelo crivella frasesRanier Bragon
Folha

Apenas 15 parlamentares (entre deputados e senadores) que se candidataram nestas eleições conseguiram se eleger prefeitos, o que representa o pior resultado desde pelo menos 1992. As duas únicas vitórias em capitais ocorreram no segundo turno, com as eleições do senador Marcelo Crivella (PRB) no Rio de Janeiro e do deputado Nelson Marchezan Júnior (PSDB) em Porto Alegre. Ao todo, 83 congressistas se candidataram para os cargos de prefeito ou vice. Além dos 15 que se tornaram prefeitos, 4 foram eleitos vice-prefeitos.O pior resultado até então havia sido em 2008, com a vitória de apenas 18 congressistas para a chefia de executivos municipais. Aquele ano foi marcado pelo recrudescimento de uma crise econômica internacional precipitada pela quebra do banco Lehman Brothers.

De acordo com o Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), foram 26 candidatos-congressistas eleitos prefeitos em 1992, 41 em 1996, 26 em 2000, 20 em 2004, 18 em 2008 e 25 em 2012.

FRACASSARAM – Entre os congressistas que fracassaram nas urnas, 16 disputavam a prefeitura ou a vice das três maiores cidades do Sudeste: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Seguindo a tendência geral, PMDB e PSDB tiveram os maiores êxitos no grupo dos candidatos-congressistas, com três vitórias cada um.

Com a eleição dos novos prefeitos, o Congresso terá 18 novos deputados e 1 novo senador a partir de primeiro de janeiro (incluindo as vagas abertas por aqueles eleitos vice-prefeitos), entre eles um suplente condenado por agredir a ex-noiva.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGDesse jeito, poderemos chegar a uma estranha situação, na qual, para ser eleito, é melhor o candidato não ter carreira política, ser um ilustre desconhecido. (C.N.)

3 thoughts on “Senadores e deputados agora têm dificuldades para se elegerem prefeitos

  1. Acredito que estamos chegando num estágio de nosso desenvolvimento, onde seria razoável se exigir de todos os candidatos a prefeitos, em todo o território nacional, dois pre requisitos:
    1º A participação, com frequência mínima e aproveitamento mínimo em curso de gestão e administração pública municipal;
    2º Que tenha sido, antes, eleito e exercido o mandato de vereador no município onde quer se candidatar a prefeito e/ou vice prefeito.
    Seria uma experiência boa de se observar ao longo de 20 anos.

  2. ” Era uma vez 5 amigos “…

    Cunha tem esperança de que habeas corpus seja concedido pelo STJ

    O TRF da 4ª região negou o pedido na última sexta (28)
    BÁRBARA LOBATO
    31/10/2016 – 08h01 – Atualizado 01/11/2016 11h18
    O ex-deputado Eduardo Cunha tem feito chegar aos ouvidos de políticos em Brasília que não quer ficar muito tempo preso em Curitiba. Sabe que a chance de um habeas corpus ser concedido no Tribunal Regional Federal da 4ª Região é remota, mas tem esperanças de que haja um julgamento favorável no Superior Tribunal de Justiça.

    http://epoca.globo.com/tempo/expresso/noticia/2016/10/cunha-tem-esperanca-de-que-habeas-corpus-seja-concedido-pelo-stj.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *