Sérgio Cabral enfim é acusado diretamente na operação Lava Jato

Ilustração reproduzida do Arquivo Google

Deu no jornal Lance

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi acusado de permitir que a Andrade Gutierrez se associasse às empreiteiras Odebrecht e Delta no consórcio que disputaria em 2009 a reforma do estádio do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014. Segundo a revista “Época”, o nome do político foi citado em delação premiada da Operação Lava Jato por Rogério Nora de Sá e Clóvis Peixoto Primo, ex-presidentes de empresas do grupo Andrade Gutierrez. No depoimento, que ocorreu em março, os delatores afirmaram que Cabral cobrou pagamento de 5% do valor total do contrato. A obra do estádio, que inicialmente fora orçada em R$ 720 milhões, se encerrou com um custo superior a R$ 1,2 bilhão.

“A conversa foi franca, mas o pedido de propina foi veiculado com o uso de outra palavra, que pelo que o depoente se recorda foi contribuição”, diz o trecho da delação de Rogério Nora de Sá, divulgado pela “Época”.

SEMPRE A DELTA

Rogério Nora de Sá afirmou ainda que na reunião com Cabral, ele teria concordado com a entrada da Andrade Gutierrez na disputa do consórcio, mas não abria mão da presença Delta no negócio. O ex-presidente declarou ainda que a Odebrecht a Delta já estavam acertadas informalmente para disputarem a situação.

Os pagamentos foram feitos a partir de 2010 e ocorreram apenas até o ano seguinte. Segundo os delatores, como a obra começou a gerar prejuízo, eles interromperam a propina. Os valores não foram revelados.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A importante matéria foi enviada pelo comentarista Mário Assis Causanilhas, sempre atento ao noticiário. É tudo verdade, Cabral chegou a abandonar a mulher para ser concunhado do presidente da Delta, Fernando Cavendish, mas a amante morreu na queda do helicóptero em Porto Seguro e Cabral voltou para a mulher, Adriana Anselmo, antes que o escândalo irrompesse. Em matéria de falta de caráter, Serginho Cabral é imbatível, um verdadeiro campeão olímpico. (C.N.)

3 thoughts on “Sérgio Cabral enfim é acusado diretamente na operação Lava Jato

  1. Prezados,

    Será que finalmente essa figura, mais uma, nefasta começará a ser julgada para valer?

    As coisas em políticas são tão esquisitas que uma vez um conhecido meu, que conhece bem a família toda do Cabral, me disse que o Cabral não parecia que desviava dinheiro uma vez que sua avó continuava a morar na mesma casa do subúrbio do Rio. Eu lhe respondi que além de ladrão o Cabral ainda era um péssimo neto.

    Será que os imóveis de luxo de Mangaratiba, com seus helicópteros, serão colocados em leilão?

    Uma dúvida que fiquei em relação à matéria:
    A mulher de quem o Cabral se separou por um tempo para “se candidatar” a ser concunhado do Cavendish é a mesma que advogava em sua defesa?

    Um Forte Abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *