Sérgio Cabral recebeu R$ 60 milhões em propinas da Andrade Gutierrez

Cabral em Paris, de olho grande na propina dos empreiteiros

Deu em O Globo

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) foi acusado por dois ex-executivos da construtora Andrade Gutierrez, em depoimentos de delação premiada a procuradores da Lava-Jato, de ter cobrado propina nas obras do Maracanã, do Comperj, do Arco Metropolitano, do Conjunto de Favelas de Manguinhos e até de contratos nos quais não havia dinheiro do estado. Em seus depoimentos, divulgados pelo “Jornal Nacional”, nesta sexta-feira, Rogério Nora de Sá e Clóvis Peixoto Primo disseram que Cabral teria recebido R$ 300 mil mensais, entre 2010 e 2011, referentes a 5% do contrato da reforma do Maracanã para a Copa do Mundo.

Os delatores afirmaram ainda que a Andrade pagou outros R$ 350 mil por mês, sem informar a duração do pagamento, após pedido do ex-governador, em 2011, como um adiantamento. Na ocasião, Cabral teria cobrado da empresa o pagamento referente a contratos futuros, justificando que não tinha obras nem projetos porque estava no início do segundo mandato.

ACERTO NO PALÁCIO

Os ex-executivos afirmaram, em depoimento no fim de abril, que se reuniram com Cabral no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio, onde Cabral morava à época, para tratar de propina. O percentual cobrado pelo ex-governador era de 5% dos valores dos contratos, segundo os ex-executivos.

As delações incluem também o ex-secretário de Governo do estado Wilson Carlos, o dono da construtora Delta, Fernando Cavendish, e Carlos Miranda, apontado como operador de Cabral nas obras do Maracanã. Segundo os depoimentos, o acerto dos pagamentos era feito com Wilson Carlos, que falaria em nome de Cabral.

Aos procuradores, Rogério de Sá e Clóvis Primo disseram que o ex-governador cobrou pagamento de 5% do valor total do contrato para reforma do Maracanã. A informação foi publicada pela revista “Época”.

SUPERPROPINA

Com pagamentos mensais, a propina teria permitido que a Andrade Gutierrez se associasse à Odebrecht e à Delta, outras construtoras que formaram o consórcio que disputou a reforma do estádio, em 2009, para a Copa do Mundo. Segundo os delatores, os vencedores já estariam definidos antes mesmo da licitação. Orçadas inicialmente em R$ 600 milhões, a obra custou R$ 1,266 bilhão. O montante recebido por Cabral seria de cerca de R$ 60 milhões.

Os pagamentos teriam sido feitos por Alberto Quintaes, superintendente comercial da Andrade Gutierrez no Rio, usando caixa dois. Segundo a delação, o dinheiro era entregue a Carlos Miranda.

“CONTRIBUIÇÃO”

Segundo a revista “Época”, Rogério de Sá afirmou que se reuniu com Cabral para tratar da inclusão da Andrade Gutierrez no consórcio. O ex-governador teria concordado e determinado que a empresa combinasse o percentual com a Odebrecht. A Delta teria direito a 30%, o que não poderia ser modificado. A Andrade Gutierrez ficou com 21% de participação, e a Odebrecht, 49%. Nesta reunião, segundo os delatores, Cabral usou a palavra “contribuição” para se referir ao pagamento de propina em troca da “bondade”.

A Delta pertencia a Cavendish, amigo de Cabral. Rogério de Sá disse que questionou o ex-governador sobre uma eventual exclusão da Delta do consórcio, já que a empresa não teria competência técnica. Cabral não teria concordado porque “tinha consideração pela empresa e gostava dela”.

ATÉ NA PETROBRAS

O ex-governador teria cobrado, também, pagamento referente a contratos em que não havia dinheiro do estado. Rogério de Sá disse que Cabral pediu propina de 1% referente às obras de terraplanagem do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio. Cabral teria dito aos ex-executivos que já tinha acertado a negociação com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, hoje condenado na Lava-Jato. Rogério de Sá disse que procurou Costa na estatal e questionou o pagamento, mas ouviu uma confirmação como resposta: “Tem que honrar”. No depoimento, ele afirmou que a Andrade Gutierrez pagou R$ 2,7 milhões a Cabral em seguida.

Os delatores afirmaram, ainda, que a propina referente ao contrato do Arco Metropolitano não foi paga porque a Andrade desistiu da obra depois de ganhar a licitação.

CABRAL E CAVENDISH

A proximidade entre Cabral e Fernando Cavendish, dono da Delta, foi exposta em abril de 2012, depois que vídeos e fotos de uma viagem do ex-governador a Paris, três anos antes, foram divulgados. As imagens mostraram Cabral e sua mulher, Adriana Ancelmo, em jantar de comemoração do aniversário da então primeira-dama em restaurante onde estavam Cavendish, a então noiva do empresário, Jordana Kfouri, o secretário estadual de Saúde, Sergio Côrtes, sua mulher e Wilson Carlos. Nas fotos, Cabral e Cavendish apareceram com guardanapos enrolados na cabeça. Na ocasião, a empresa era uma das principais prestadoras de serviço do estado. Um inquérito aberto para investigar a viagem foi arquivado pelo Conselho Superior do Ministério Público estadual em novembro de 2013, sob alegação de que não havia provas de que a ida a Paris fora custeada com recursos públicos.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Era só questão de tempo. Um político corrupto como Cabral iria acabar sendo apanhado pela Lava Jato. Na importante matéria faltou um dado social: a proximidade de Cabral com Cavendish, da Delta, aumentou ainda mais quando se tornaram concunhados. Cabral estava abandonando a mulher para viver com a cunhada de Cavendish. Ia passar o fim de semana com ela e a família de Cavendish quando o helicóptero caiu em Porto Seguro, matando sua amante e o filho pequeno dela. Para fugir do escândalo, Cabral voltou para a mulher, que se tornara dona de um próspero escritório de advocacia abastecido com clientes indicados por Cabral. O ex-governador se tornou um homem riquíssimo com as propinas, mas alega ser hoje sustentado pela mulher. Como dizia Ibrahim Sued, em sociedade tudo se sabe. (C.N.)

18 thoughts on “Sérgio Cabral recebeu R$ 60 milhões em propinas da Andrade Gutierrez

  1. Serginho cabralzinho filhino, o algoz do Banerj. preisdente daquela casa de … a tal da alerj. Já disse várias vezes, se a população entendesse o que ali é tramado contra ela, fazia plantão em rodízio para acompanhar de perto o que trama contra ela, população. Na hora da votação de um assunto que interessa a esta mesma população, saem dos escombras da quela casa um monte de ratos para votar contra um assunto que nem debateram mas já estava COMBINADO que não era para ser aprovado. Aí, ainda como ratos, VOTAM contras os interesses da população. Viverei ainda para ver o cabralzinho filhinho em um presidio de segurança máxima. Quanto ao tal Banerj., acho hoje, que apesar de todos os roubos patrocinado por todos os governo é melhor que tenha sido privatizado. Nenhum tem moral pra falar diferentemente! Vao todos para os infernos.

  2. Temer explica ministério só de brancos: ‘Não havia negro ou mulher precisando de foro privilegiado no momento’.

    O presidente Michel Temer comentou, na manhã de hoje, a indicação de seu time de “ministros notáveis”. Entre os 21 indicados, não há uma mulher ou negro.

    Durante um evento especial intitulado “Eu amo Sexta-feira, 13”, Temer anunciou que escolheu os nomes mais indicados para o momento atual.

    “Não indiquei mulheres ou negros porque nenhum precisava de foro privilegiado no momento”, disse. Oito dos ministros de Temer foram citados na Lava Jato.

    “Hoje é o dia da Abolição da Escravatura”, disse Temer. “E nada pode ser mais adequado, não é, que homenageá-lo a este dia com uma reprodução fiel do que era o governo brasileiro no dia 13 de maio de 1888. “Estamos fazendo uma recriação histórica daquele momento. Mais para frente, vou aprovar a terceirização e ficaremos mais próximos ainda desse ambiente histórico em que o trabalhador negro trabalhava com afinco enquanto sua querida elite governava.”

    http://www.sensacionalista.com.br/2016/05/13/advogado-de-aecio-acusa-gilmar-mendes-de-tomar-seu-trabalho-e-diz-que-nao-dividira-honorarios/

  3. Não é de hoje que este sujeito se locupleta do erário público, é um tremendo cara de pau, está demorando para colocá-lo no lugar que merece, espero que não haja IMPUNIDADE, é o cacique da política do Rio de Janeiro, é inadmissível este ex-governador ainda não está sendo indiciado para devolver tudo que meteu a mão e deixou o estado nesta situação, Pezão também tem que prestar contas, assim como todos os secretários de Sérgio Cabral que comemoraram em Paris com guardanapo na cabeça.

  4. Todos comentários altamente relevantes deste veículo, que gostaria que se transformasse num jornal, que seria vendido por assinatura onde não tiraríamos um vintém para transformá-lo num grande veículo de comunicação.

    Por que isso?
    Muitas pessoas não possuem tempo para lerem na internet, com metrô, ônibus, e etc, faríamos um grande jornal.

    Outra campanha que agora na Tribuna da internet poderia fazer, era com publicações diárias para obrigarmos o Presidente Michel Temer transformar as 10 medidas do MPF em lei. Eu exijo do Presidente.

    Carlos Newton, compre este nosso desejo, não digo briga, pois já vi que você é um guerreiro.

  5. Mais cedo ou mais tarde a Lei de Causa e Efeito prende ele e, de acordo com a Bíblia as “iniquidades serão cobradas até a quarta geração”, ou seja, até os bisnetos (não importa qdo vão nascer, está no DNA) vão aguentar o tranco.

  6. Quando no primeiro ano do governo Sergio Cabral Filho comprou uma casa nos EUA que veio desmonta para ser montada em Mangaratiba ou Angra dos Reis, com marina e helioponto, valendo um milhão de dolares, eu escrevi na Tribuna da Imprensa: Deve ser dinheiro de herança: Sergio Cabral, antes da fama como jornalista e escritor, morando em Cavalcanti suburbio da Central do Brasil RJ. Aos sabados promovia um sambinha de fundo de quintal em que cobrava uns caraminguás dos participantes.Insistia dizendo, só pode ser isso. Sergio não descobriu mina de ouro, não acertou na mega sena. Qual o milagre? Agora vai ter que se explicar ao “homem da capa preta” e está sem mandato. Possivelmente tentará eleger-se prefeito ou vereador.

  7. O caminho e incerto mas tenho Fe em Deus, que em breve esse ladrao oportunista de calvancanti tera o que merece. Sera que vamos ter o prazer de ver o DR.Sergio Moro mandar prender esse canalhas e a corja dos guardanapos ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *