STF nomeia monitores para acompanhar reuniões entre o governo e indígenas sobre pandemia

Entidade relatou que último encontro foi “humilhante e constrangedor”

Carolina Brígido
O Globo

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), nomeou a conselheira Maria Thereza Uille Gomes, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e um funcionário do gabinete dele para acompanhar as reuniões entre líderes indígenas e integrantes do governo federal sobre como conter a pandemia da Covid-19 nas aldeias.

Barroso também estipulou que as reuniões virtuais sejam feitas por meio de plataforma adequada, com imagem e som repassados a todos os participantes a partir do próximo encontro. O ministro atendeu parcialmente pedido feito pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib). Também são autores da ação seis partidos políticos.

HUMILHAÇÃO  – Em relatório encaminhado ao ministro, a entidade reclamou que representantes indígenas foram humilhados pelo governo federal em uma reunião ocorrida na última sexta-feira. A reunião foi a primeira depois que Barroso criou uma “sala de situação” para debater o assunto e buscar formas de proteger a saúde dos indígenas diante da Covid-19.

Segundo a entidade, integrantes do governo federal fizeram discursos ameaçadores e usaram palavras de baixo calão. “A experiência vivida por eles foi de um tratamento desastroso, humilhante e constrangedor, situação à qual nenhum cidadão merece passar, sobretudo diante de autoridades do governo brasileiro”, diz o relatório. Segundo a entidade, a reunião foi planejada para atacar os povos indígenas e tentar intimidá-los.

Nesta quarta-feira, dia 22, Barroso destacou ter confiança na capacidade de o governo e as comunidades indígenas construírem um consenso: “Só governo e comunidade, em conjunto, podem conceber um plano eficaz e exequível. Não queremos repetir a história, queremos mudar a história. Com boa fé, boa vontade e espíritos desarmados, dificuldades são desfeitas e quase tudo é possível”, afirmou.

4 thoughts on “STF nomeia monitores para acompanhar reuniões entre o governo e indígenas sobre pandemia

    • São diferentes os tipos de índios, além da classificação segundo a etnia.
      Há os Aldeados e os Citadinos.
      Mesmo entre esses últimos, há inúmeras especificidades, como aqueles que tiveram contato com não índios e influência da cultura destes últimos nas tradições daqueles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *