Suíça investiga mais de mil contas envolvidas na corrupção da Petrobras

Resultado de imagem para contas na suiça charges

Son Salvador, reprodução da Charge Online

Deu em O Globo

Uma corte de apelação da Suíça decidiu que promotores podem compartilhar com o Brasil documentos bancários que ajudariam a esclarecer alegações de corrupção na Petrobras. A Corte Criminal Federal permitiu a transferência de dados após impedir um movimento semelhante em janeiro, sob o argumento de que os promotores públicos não haviam seguido os procedimentos corretos para garantir assistência jurídica mútua, segundo documentos publicados no site do Tribunal nesta terça-feira.

Algumas das partes envolvidas entraram com um novo recurso na Corte Federal suíça, portanto a decisão ainda não é definitiva, disse a Procuradoria-Geral suíça.

A investigação está centrada na Petrobras e descobriu corrupção sistêmica em diversas empresas e em altos escalões de governo.

OPERAÇÕES ILEGAIS – Os promotores federais suíços já disseram que receberam informações sobre cerca de 340 relações bancárias suspeitas ligadas à investigação de corrupção, que abriram 60 inquéritos e congelaram cerca de 800 milhões de dólares desde 2014.

Autoridades suíças disseram que pediram este ano documentos relacionadas a mais de mil contas em cerca de 40 bancos.

Os donos das contas na Suíça são “altos executivos da Petrobras e de duas fornecedoras, intermediários financeiros, políticos brasileiros e empresas brasileiras e de outros países”, disse a Procuradoria-Geral.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Mil contas parece até um exagero, mas não é. Na listagem da suíça, há contas de esposas, filhos, amantes e até “laranjas”. E ficam faltagem as listagens do Panamá, Cayman e outros paraísos fiscais. (C.N.)

8 thoughts on “Suíça investiga mais de mil contas envolvidas na corrupção da Petrobras

  1. Panamá, Cayman….

    Bom Sr. Newton, se abrir as contas desses Paraísos Fiscais, não fica um francês-tucânico de pé, seráo todos abatidos em pleno vôo…..
    Só a dupla Paipai e Meu Filhinho numa tacada do Zóiodinho da Mamãe, Cerveró, foram 3 bilhões garfados da Petrobrás…….
    Vamos aguardar….
    Com certeza nosso Grande Super-Juiz de Curitiba está vendo essas continhas tucânicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *