Supremo aguarda deciso do Conselho Nacional do Ministrio Pblico sobre Dallagnol

Resultado de imagem para dallagnol

At agora, nicos crimes de Dallagnol so falar demais e ser infantil

Renato Souza e Leonardo Cavalcanti
Correio Braziliense

Os dilogos vazados da fora-tarefa so a origem de todas as tenses entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e os atores principais e coadjuvantes da Lava-Jato em Curitiba. Depois do veto dos ministros da Corte transferncia do ex-presidente Luiz Incio Lula da Silva para So Paulo feito na ltima quarta-feira , nesta quinta-feira (8/8) o chefe da pasta da Justia, Srgio Moro, disse se tratar de um mal-entendido a referncia sobre possvel destruio dos registros.

O prximo passo dos ministros do Supremo ser dado a partir de tera-feira, a depender da deciso do Conselho Nacional do Ministrio Pblico (CNMP) em relao ao afastamento temporrio do procurador Deltan Dallagnol do quadro da MP. dada como certa uma punio ao chefe da Lava-Jato, mas, a depender do tamanho da sano, os integrantes do STF podem avanar diretamente contra Dallagnol.

MENOS DESGASTE – A avaliao entre a maioria dos ministros do Supremo a de que se deve aguardar uma deciso do CNMP, o que traria menos desgaste de imagem Corte. No entanto, pelo menos trs deles pressionam para que o assunto seja resolvido pelo prprio tribunal, diante das denncias de que Dallagnol teria atuado para investigar, informalmente, as contas dos ministros Dias Toffolli e Gilmar Mendes. O caso est sendo tratado no mbito do contorverso inqurito aberto para investigar supostos ataques e fake news contra o Supremo, sob relatoria do ministro Alexandre de Moraes.Continua depois da publicidade

No caso de Moro, os magistrados apostam num desgaste maior do ministro, dada a popularidade do ex-juiz. Nesta quinta-feira (8/8), por exemplo, ele se viu refm mais uma vez do presidente Jair Bolsonaro. O ministro Moro vem da Justia, mas no tem poder, no julga mais ningum, disse o presidente, pedindo pacincia ao subordinado. Moro est vindo de um meio onde ele decidia com uma caneta na mo. Agora, no temos como decidir de forma unilateral e temos que governar o Brasil. O que sempre falei, a todos os ministros, eu quero que o Brasil d certo.

MAL-ENTENDIDO – A declarao de Bolsonaro fragilizou ainda mais Moro, que nesta quinta-feira (8/8) teve de se explicar sobre eventual descarte das conversas vazadas que citam os atos de Deltan e sua prpria atuao durante o tempo em que permaneceu como juiz titular da 13 Vara Federal de Curitiba. Em resposta enviada a Moraes, o ministro da Justia afirmou se tratar de um mal-entendido.

No documento, Moro afirma que no teve acesso s investigaes sobre a priso de suspeitos de hackeamento de autoridades, e nega ter dado ordem para a destruio das provas apreendidas pela PF.

Esclareo que este ministro da Justia e Segurana Pblica no exarou qualquer determinao ou orientao Polcia Federal para destruio do indicado material, ou mesmo acerca de sua destinao, certo de que compete, em princpio, ao juiz do processo ou ao prprio Poder Judicirio decidir sobre a questo, oportunamente, escreveu Moro no ofcio enviado a Fux.

SEM PROBLEMAS – Juridicamente, o ministro da Justia no deve enfrentar problemas. O desgaste poltico maior com as declaraes do que com eventuais aes judiciais. Para o advogado Adib Abdouni, especialista em direito constitucional e penal, a princpio, os atos do Supremo, nesse caso, no devem avanar mais do que o pedido de explicaes que j foi respondido por Moro.

Se houve alguma atuao para realmente destruir o material, sem autorizao da Justia, ocorreu uma ilegalidade, desvio de finalidade do cargo. Esse tipo de deciso cabe apenas ao Poder Judicirio, pois se trata de uma investigao em andamento. No entanto, se foi apenas uma inteno, no existe penalidade prevista. Ento o questionamento do Supremo meramente protocolar, disse.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
O fato concreto que a mdia est numa perseguio implacvel a Moro, tentando transform-lo numa figura negativa. claro que nunca conseguiro destru-lo, porque sua dignidade maior do que esse escndalo fabricado ao pedaos pela chamada bancada da corrupo, que atua livremente nos trs Poderes da Repblica. (C.N.).

6 thoughts on “Supremo aguarda deciso do Conselho Nacional do Ministrio Pblico sobre Dallagnol

  1. O maior escndalo do Moro foi agora ter tentado transferncia do ex- presidente da Lula.Seria uma indignidade tremenda, fez isso pela mdia , desviar foto e humilhar Lula.Um servial barato de Bolsonaro, que o trata com falsidade nica.Infelizmente essa a verdade.

    • No vi em nenhum lugar se dizer que a tentativa de transferncia de Lula tenha sido de iniciativa de Moro. A deciso foi da Juza de Execues Penais. Pela constituio, judicirio e ministrio pblico so independentes do poder executivo, mas parece que agora as decises judiciais s so independentes e vlidas quando so no interesse do PT.

  2. Poxa Carlo …eu sei que vc gosta do Moro …mas dai dizer que o cara de uma “dignidade impar” pega muito mal por sua longa trajetria no jornalismo politico..meu prezado . Ademais CN… vc que um ‘lagarto Velho” sabe muito bem que nesta merda toda da politica Brasileira no existe essa de dignidade… meu caro , Moro mais um neste xadrez que j vai longe… Desculpe , no estou chamando a tua ateno..mas seus posts e alguns artigos teus beiram a um endeusamento desmedido a figura deste Sr. que vendeu sua alma ao diabo , traiu sua consciencia ao aceitar a armao em torno do caso do Sr. Luis Incio, (vide as informaes do Intercept Carlo , a cousa pegou mal ..mas muito mal mesmo) Se deslumbrou ..tornou-se soberbo agora s queda ..ele como vc sabe nunca foi politico ..entrou nesta seara onde s tem “lagarto velho” e se deparou com artimanhas que ele nem imaginava ..e veja no que est dando …E te digo mais CN ..ele e os demais de curitiba ..no foram para os ares como o lendrio Ulysses, o Severo Gomes … e o Zavascki..por no acharam conveniente passar ele e seu grupo ..por que do contrrio meu caro “lagarto velho” o sistema j teria dado um fim rapidinho ..essa que a verdade deste macabro e podre sistema politico Brasileiro .

    O ALTISSIMO SEJA LOUVADO …sempre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.