Temendo protestos, Feliciano desiste de ir a Belo Horizonte

Aline Labbate (O Tempo)

“Por motivo de segurança”, o deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) cancelou sua vinda a Belo Horizonte, prevista para este fim de semana. Feliciano participaria de cultos na Igreja Quadrangular Templo dos Anjos, no bairro Nova Suissa, região Oeste da capital. O aviso de cancelamento foi feito através da página da igreja no Facebook.

Aviso na internet

Ao ser divulgada a presença do deputado na cidade, grupos de defesa dos direitos dos homossexuais, negros e outras minorias organizaram, por meio das redes sociais, uma manifestação em frente ao templo. Feliciano é alvo de protestos desde que foi indicado para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal. Depois de eleito, as manifestações pedindo sua saída do cargo se intensificaram.

Marco Feliciano é acusado de ser homofóbico e racista devido a declarações feitas em seu perfil no Twitter e em cultos religiosos. O deputado afirmou que os africanos são uma raça amaldiçoada por Noé, e que ser homossexual “não é normal”. Dois vídeos divulgados no último fim de semana mostram o pastor dizendo que o beatle John Lennon foi morto por Deus e que o cantor e compositor Caetano Veloso vendeu a alma ao diabo.

Em todas as cidades em que Feliciano vai comandar cultos em igrejas, manifestantes organizam protestos. Em alguns casos, o pastor precisa ser escoltado por seguranças, mas até agora não houve ocorrências policiais de agressões.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *