Temer desautoriza Meirelles e Moraes, que estão falando o que não devem

Temer ficou irritado com as declarações dos ministros

Iracema Amaral
Estado de Minas

Em meio aos desafios que tem para enfrentar e tirar o país da crise, o presidente em exercício Michel Temer está tendo que se ocupar também com declarações polêmicas de ministros. Primeiro foi o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, na sexta-feira (13), em sua primeira entrevista coletiva após empossado, ao comentar a necessidade de uma reforma da Previdência. Meirelles deu a entender que direitos adquiridos não seriam respeitados. Nesta segunda-feira (16), foi a vez do ministro da Justiça, Alexandre Moraes.

Ele defendeu em entrevista à Folha de S.Paulo que o governo Temer não dê tanto poder à Procuradoria-Geral da República nomeando o mais votado de uma lista tríplice enviada pela instituição para a escolha do presidente da República. Prerrogativa do chefe do Executivo escolher, a exemplo do que acontece com os ministros do Supremo Tribunal Federal, a indicação da chefia do Ministério Público não está prevista na Constituição. No entanto, a partir dos governos do PT, tornou-se praxe escolher o primeiro da lista, que significar dizer o mais votado entre os membros da corporação.

SAIAS JUSTAS

Diante das duas saias justas em que os ministros colocaram o governo interino, Temer desautorizou os dois colaboradores. A primeira vez ocorreu nesse domingo, em entrevista ao programa “Fantástico”. O presidente em exercício garantiu que todos os direitos adquiridos, em se tratando da Previdência Social, serão mantidos.

Nesta segunda-feira, de novo, ele voltou a desautorizar um de seus ministros. Em resposta à proposta de Alexandre de Moraes, Temer, por meio da assessoria, que manterá a tradição de escolher o mais votado na eleição interna dos procuradores da República.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG A reportagem do Estado de Minas, enviada pelo comentarista Wilson Baptista Jr., esqueceu um dado importante. Temer convocou as centrais sindicais para discutir nesta segunda-feira o que pode mudar na Previdência, baixando a bola de Meirelles, que também está falando demais, num momento delicado. Quanto a Alexandre de Moraes, é muito jovem e prepotente. Se bobear, será substituído. Temer não está para brincadeiras, é autoritário e decidido. Raramente sorri. Dar uma risada, podem crer, é praticamente impossível. Para os ministros, todo cuidado é pouco. (C.N.)

20 thoughts on “Temer desautoriza Meirelles e Moraes, que estão falando o que não devem

  1. Hoje é o segundo dia útil do governo, ainda interino. O PT teve mais de 5.000 dias para reformar muitas coisas: previdência, eleições impostos, etc. Fez quase nada. Só distribuiu din-din e endividou a todos. Muito cuidado neste início pois os bolivarianos querem o poder de volta à qualquer preço, mesmo que isso signifique a venezualização do país nos moldes da miserabilidade do povo. Nunca votei no PMDB e não tenho a menor simpatia por seus políticos, muito pelo contrário. Porém até o impeachment definitivo do projeto do PT é bom ficar com as barbas de molho observando os dois lados da moeda e criticando com o objetivo de construir uma saída para a catástrofe que os petistas, obcecadamente teimam em negar que causaram.

  2. No caso do Ministro da Fazenda MEIRELLES (70) foi apenas uma CLARIFICAÇÃO: Na Reforma da Previdência ninguém perderá Direitos já adquiridos.
    Até porque o ministro MEIRELLES não saiu um milímetro fora do Plano “Ponte para o Futuro”.
    Numa mudança súbita de Governo como num caso de Impeachment, (até a Votação pelo Senado, da Admissibilidade do Julgamento do Impeachment pelo Senado, não se podia fazer nada), é natural que surjam alguns “desentendimentos”, e como nos diz D. OFÉLIA acima, é muito bom que o Presidente-em-Exercício TEMER vá clarificando tudo. Vão acontecer muitos mais casos semelhantes.

  3. Iracema Amaral
    Estado de Minas????

    Esse jornal publicou uma linha sobre o governador “pilantrel”? Não né.
    Notícias vindas de “jornalecos petralhas” são contra-informação, para desviar das falcatruas do governador mineiro.

  4. Não vi o sr. Meirelles dizer que vai retirar direitos adquiridos.

    O que se vai fazer é criar uma regra de transição para não prejudicar o direito adquirido e aqueles que estivem no meio do processo do período de aquisição.

    Mas, aumentar a idade para aposentadoria e/ou o período de contribuição, isso, sem sobra de dúvidas irá ocorrer.

    São medidas improrrogáveis para dar sustentabilidade no longo prazo para a Previdência Social cuja razão de sustentação, hoje, está por um fio: apenas dois trabalhadores na ativa suportando um beneficiário do sistema.

    Essa razão, essa proporção da ativa em relação aos beneficiários do sistema, tem de aumentar!

  5. Caro CN … saudações!

    Peço ao amigo uma retificação … Temer não é autoritário – isto não faz parte do espírito peemedebista; exerce autoridade … coisa que também faz quando está na Presidência do PMDB … como quando foi Presidente da Câmara dos Deputados e quando Secretário de Segurança de SP!!!

    É bom lembrar que o PMDB não tem dono!!!

    Michel Miguel – proteção de São Miguel Arcanjo – no centenário das Aparições em Portugal, preparando as Aparições de Maria do Rosário de Fátima.

    Elias – proteção de meu pai Santo Elias, restaurador de Yaweh como único Deus de Israel!!! mais uma vez Baal será derrotado!!! !!! !!!

    Forte abraço até julho de 2017.

      • Vou me dedicar mais à oração; porque a batalha está sendo feroz … porém, venceremos com Maria e Jesus!!! !!! !!!

        Em 2016 é o centenário das Aparições de São Miguel e em 2017 teremos o centenário das Aparições de Maria do Rosário de Fátima!!! mesmo ano em que o Comunismo entrou na Rússia!!! !!! !!!

        http://www.aliados-coracoes.com/msgreiluisXIV.htm … “A mais importante é a de 17 de Junho (de 1689), Nela lemos: “Ele (O Sagrado Coração de Jesus) deseja, segundo me parece, entrar com pompa na casa dos Príncipes e dos Reis, para nelas ser honrado, tanto quanto nelas foi ultrajado, desprezado e humilhado durante a Sua Paixão, e que receba tanto prazer ao ver os grandes da Terra abaixados e humilhados diante d`Ele, quanta amargura sentiu ao ver-se aniquilado a seus pés.”

        https://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_Francesa … “As primeiras ações dos revolucionários deram-se quando, em 17 de junho (de 1789), a reunião do Terceiro Estado se proclamou “Assembleia Nacional” e, pouco depois, “Assembleia Nacional Constituinte”.”
        … … …
        A Revolução Francesa começou EXATAMENTE 100 anos após os Reis de França não terem feito a Consagração ao Sagrado Coração de Jesus.

        Forte abraço!!! Voltarei, se Papá deixar!!! !!! !!!

    • Meu amigo. Fala para o Temer mandar o Serra viajar logo, o fio desencapado é um baita desagregador. Tinho muito contato com um de seus maiores auxiliares quando ele era prefeito
      Na primeira reunião ele já se meteu no assunto de todo mundo. Parece que o Pedro Parente vai para a Petrobras.
      Abraços.

  6. Temer tem a chance de OURO, encerrar suas atividades politicas e colocar o seu nome na história. Pode acreditar que não vai tolerar desarranjos embaixo de sua barba de vaidade.

  7. A operação ABAFA já começou. A declaração do Ministro da Justiça no sentido de querer controlar o Ministério Público é uma evidência clara nesse sentido. A Lava Jato vai ser travada porque se tornou inconveniente para um Governo que possui nove Ministros ou citados ou investigados na Lava Jato. Vê-se que o critério da escolha foi essencialmente ético. O advogado de Eduardo Cunha é o novo Subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil. Temer deu foro privilegiado a dois citados na Lava Jato, Henrique Eduardo Alves e Geddel Vieira Lima, e nem o STF nem a imprensa achou nada demais. Quando a mesma coisa aconteceu com Lula foi aquele escarcéu, inclusive com interferência indevida do Judiciário no Executivo. Aécio Neves, fartamente citado na Lava Jato, já foi absolvido com antecipação de tutela pelo ínclito e imparcial Gilmar Mendes que, como Presidente do TSE, vai fazer a impensável separação das contas eleitorais de Dilma e Temer. Depois da destituição de Dilma e da futura prisão de Lula, bye bye Lava Jato. O pior cego é o que não quer ver.

  8. folha, uol, são esquerdistas a serviço dos comunistas, do lula e dilma para massacrar o novo governo.
    Gente com um mínimo de massa cinzenta no cérebro sabe que a folha e uol recebem pixulecos roubados dos cofres públicos para defender lula, o governo afastado e a comunistada, jamais falarão bem de outro governo que não seja gente deles.

    • Outra bobagem; a Folha dá espaço a jornalistas de todos os matizes políticos, alguns governistas e outros frontalmente contrários ao governo. Tem muita gente falando mal de jornais que não lê.

    • Para mim o que mais compromete a Folha são os jornalistas mais novos do segundo escalão que vieram do ambiente universitário aonde, não ser de esquerda, é passaporte para o celibato nas festinhas. Este ranço é uma característica do medievalismo filosófico que o atraso dos coronéis+ sindicalistas impuseram ao país, patrocinando um falso governo dito “socialista”. Sociedades com nível de igualdade e distribuição de renda e serviços mais evoluído, têm partidos socialistas e de diversos matizes sem o grotesco discurso trotsky-stalin-mao-gramsci e etc. Imaginem se na França ou Itália, alguém que tem visão socialista, vai supor que seu país deve se espelhar em Cuba ou Venezuela. Aqui é este o obscuro objeto do desejo dos que se denominam esquerda-democrática. É de rir.

  9. Não sou simpatizante do PMDB muito menos de Michel Temer, mas confesso: está no caminho certo,pois passa segurança e, principalmente, gosta de ler…Sem dúvida, assume um papel de pacificador e isso, amigos, é o princípio básico de qualquer democrata.
    Ps.: Louvável o papel de José Serra frente aos “bolivarianos” que perderam a “boquinha”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *