Temer mandou o Planalto contratar a babá de seu filho como “assessora”

Reprodução/ Facebook

Quem paga a babá de Michelzinho é a Presidência

Guilherme Amado
O Globo

O Palácio do Planalto emprega uma babá de Michelzinho, Leandra Brito (à esquerda, na foto ao lado), como assessora do Gabinete de Informação em Apoio à Decisão (Gaia), órgão responsável por municiar o presidente da República com dados para a tomada de decisão. Leandra diz não ser babá do menino, mas não sabe precisar o que faz no palácio. “O Michel não tem babá. Ele é uma criança como outra qualquer. Minha função é assessorar dona Marcela e o presidente em toda e qualquer situação” — afirma Leandra.

Ela não deu, entretanto, nenhum exemplo do tipo de assessoramento. Leandra dá expediente no Palácio do Jaburu ou em viagens da família Temer, como na Páscoa, quando os acompanhou para São Paulo, ou no réveillon, quando viajou para uma reserva da Marinha no Rio de Janeiro. Recebe R$ 5.194 mensais, fora as diárias referentes às viagens.

O Palácio do Planalto diz que a funcionária está sendo transferida do Gaia para o staff que serve à família do presidente, o que ainda não teria acontecido por questões burocráticas. Já Temer afirma que Leandra é alguém por quem o filho “se afeiçoou” e que Michelzinho, de 8 anos, “não precisa de babá”.

 

11 thoughts on “Temer mandou o Planalto contratar a babá de seu filho como “assessora”

  1. A desfaçatez impera nos governantes brasileiros!

    A imoralidade, falta de ética, falta de respeito aos contribuintes e povo são gritantes, comprovando a desonestidade e má intenção permanentes com o país e população nessas circunstâncias.

    Semelhante a esta improbidade administrativa – se não se caracterizar esta contratação como um crime mais grave – foi a concessão ao ladrão do Zé Dirceu, e autorizada pelo canalha Cardozo, advogado de Dilma no seu impeachment, que recebesse o teto máximo do INSS como aposentadoria, pois à época, este indivíduo inescrupuloso era ministro da “Justiça”!

    Pois, agora, Temer anexa a babá do seu filho ao serviço público, ou seja, nós o povo, explorado e roubado pelo seu governo corrupto, desonesto e incompetente, temos de custear a sua funcionária particular, pois o presidente ganha pouco, seu salário é humilhante em comparação ao salário mínimo!

    Sinceramente, este Temer é um cretino, desclassificado, falso, um indivíduo aproveitador e muito sem vergonha!

    Bom, eis o Sistema, onde o idiota e imbecil presidente da República é um de seus representantes mais ativo e maldoso contra o povo!

    Até quando abusarão de nós, e até quando suportaremos tanta humilhação, ofensa e agressão?!

  2. Camilo, meu caro,

    Tudo bem?

    Os poderes Executivo e Legislativo se divorciaram do povo, e litigiosamente.

    E nos culparam também por esta separação, então temos de pagar as indenizações que imaginam, as quantias que inventam, as somas que calcularam como compensação!

    Afronta, acinte, covardia, para dizer o mínimo o que fazem conosco!

    Mas, como querem os cínicos e hipócritas, o Brasil é “democrático”!

    Um abraço.
    Saúde e paz.

  3. Estimado Bendl.
    Se divorciaram mesmo. LITIGIOSAMENTE, como você disse.
    Mas, se um dia ”a casa cai”, ou está CAINDO, tenho certeza,que se levanta. SE LEVANTARÁ !
    Tranquilamente.

  4. “Temer afirma que Leandra é alguém por quem o filho “se afeiçoou” e que Michelzinho, de 8 anos, “não precisa de babá”.”
    Então ,somos obrigados,”cartesianamente” a concluir,que quem está precisando de babá é o próprio presidente….
    Só para lembrar:”R$ 5.194 mensais, fora as diárias referentes às viagens.” é bem mais que o teto das aposentadorias e pensões pagas pela Previdência Social.
    Definitivamente o Brasil,não precisa de Reforma na Previdência.Precisa,URGENTEMENTE ,de governantes dignos e honestos e,principalmente,
    COM VERGONHA NA CARA E QUE RESPEITEM OS GOVERNADOS!

  5. Temer afirma que Leandra é alguém por quem o filho se afeiçoou. Ai, ai. Esses seus dedinhos giratórios, seu Temer, nunca me enganaram.

  6. 1) Pensamento do dia:

    2) “Eu diria ainda que a nossa reputação é a soma dos palavrões que inspiramos nas esquinas, salas e botecos”. = Nelson Rodrigues.

    3) fonte: O Livro das Citações, Eduardo Giannetti, pág. 62.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *