Temer não ouviu AGU no caso da EBC e a FAB desmente “carteirada” de Osório

Brigadeiro Mesquita desmente o boato da “carteirada”

Carlos Newton

Assinada pelo brigadeiro Ary Soares Mesquita, chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, a FAB emitiu nota oficial em que confirma as afirmações do ministro da AGU, Fábio Medina Osório, e desmente de forma categórica as especulações de uma “carteirada”, conforme equivocadamente noticiou o jornalista Jorge Bastos Moreno, em O Globo, com base em informações de fonte do próprio Planalto. Eis a nota oficial da Aeronáutica:

Com relação às recentes informações levantadas pelos meios de comunicação acerca do transporte do Exmo. Sr. Advogado-Geral da União, Fábio Medina Osório, para a cidade de Curitiba (PR), no dia 01 de junho de 2016, a Força Aérea Brasileira (FAB) esclarece que o atendimento seguiu todos os procedimentos formais e legais, tendo o voo transcorrido sem qualquer tipo de anormalidade. 

Reforça que tal atendimento seguiu as orientações contidas nos decretos presidenciais nº 4.244, de 22 de maio de 2002; nº 8.432, de 9 de abril de 2015, que estabelecem as regras e prioridades para o transporte de autoridades do 1º escalão do governo federal. 

O translado para Curitiba foi solicitado na manhã do dia 01 de junho e a FAB contava com aeronave disponível no horário solicitado, o que possibilitou que a missão se concretizasse, tendo ocorrido sem nenhuma interferência de órgãos externos para o seu cumprimento. 

Todos os dados deste voo estão disponíveis no site da Força Aérea, e podem ser acessados em www.fab.mil.br, no item registro de voos.”

TEMER NÃO OUVIU A AGU

A ocorrência de uma trama, montada nos bastidores do governo para demitir o ministro Medina Osório, fica ainda mais evidente com a informação de que o presidente Michel Temer não consultou a Advocacia-Geral da União ao decidir pela demissão do presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Melo, nomeado por Dilma Rousseff às vésperas de seu afastamento.

Temer preferiu consultar a Subchefia Jurídica da Casa Civil, comandada por Gustavo do Vale Rocha, e agora o governo tenta atribuir a derrota no Supremo a uma suposta “omissão” de Medina Osório, conforme a nota publicada por Jorge Bastos Moreno e reproduzida por toda a mídia, denegrindo a imagem do ministro da AGU, considerado o maior especialista do país em leis contra corrupção e improbidade administrativa, que viajou a Curitiba para fazer palestra em defesa da Lava Jato num evento da Associação dos Juízes Federais do Brasil, e sua atuação na AGU foi enaltecida em discurso do juiz Sergio Moro.

Quanto a Gustavo Rocha, conforme já informamos aqui na Tribuna da Internet, era advogado do PMDB em Brasília e chegou à Subchefia Jurídica da Casa Civil com apoio dos caciques do partido, como Renan Calheiros, Romero Jucá, Jáder Barbalho, Edison Lobão e, especialmente, Eduardo Cunha, de quem era advogado particular. Rocha está acumulando ilegalmente a Subchefia Jurídica do Planalto, as funções de Conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público e a atividade de advogado, em afronta direta à legislação, comprometendo a imagem da Casa Civil e da Presidência da República.Portanto, não é preciso dizer mais nada a respeito do currículo dele.

19 thoughts on “Temer não ouviu AGU no caso da EBC e a FAB desmente “carteirada” de Osório

    • Sim, porque o PBB já existe. Mais conhecido como Pardido dos Bandidos Brasileiros tem membros importantes, como o Lula, a Dilma o Renan o Cunha o Barroso, o Lewandowski. Talvez este seja o partido campeão mundial de sócios com direito a cadeia.

  1. O desmentido da FAB e os fatos narrados na matéria são de delicada relevância. Por qual razão? Demonstra cabalmente que de dentro do governo tentam destruir Michel Temer ou então entesoura-lo em uma camisa de força para seguir os interesses mais mesquinhos da cúpula do PMDB. Temer deve ter especial atenção para os petardos da Chefia da Casa Civil, o chamado fogo amigo. É o que se depreende de todo o episódio, que podemos chamar de lambança.

    Mas, na realidade o foco principal seria afastar do governo, todos que estão a favor da Lava Jato e aí prejudicam sobremaneira o próprio presidente Michel Temer. Essa confusão toda está na conta dos aliados do presidente Michel Temer e nas indicações políticas da cúpula sem a ilibada reputação e notório saber em relação aos cargos. Chega a ser impressionante a quantidade de erros em menos de um mês de governo interino.

    O próximo a receber o chamado fogo amigo será o novo Ministro da CGU – Transparência.

    Sérgio Machado é um exemplo cabal de que amigo e amizade está sendo uma tragédia no Brasil de hoje ou será que sempre foi assim?

    A sorte está lançada.

  2. Michel Temer comete dois gravíssimos erros. Para governar com tranquilidade deveria demitir todos os petistas e sindicalistas nomeados por Lula e Dilma, desde 2003. Isso em todos os escalões do governo, e em todos os órgãos, ministerios e empresas do governo. Segundo, deveria mandar que todos os ministérios, empresas e órgãos do governo fizessem uma radiografia, um inventário, uma auditoria minuciosas da situação da economia, de cada ministério,de cada programa. Michel Temer tem a obrigação de explicar como recebeu o governo do PT, quais o absurdos cometidos. O povo tem o direito de saber a real citação do país deixada pelo PT.

  3. Em nome da ‘moralidade’….

    Deputados já falam em reajustar o próprio salário, que passaria para R$ 39,3 mil
    Por Painel
    Também quero Após a aprovação, na Câmara, do reajuste salarial de diversas carreiras, deputados deflagraram movimento para elevar os próprios rendimentos. Ficaram animados com o aumento de 16% concedido aos ministros do STF, cujos salários passaram a R$ 39,3 mil. O vencimento de um magistrado da corte é o limite do que podem ganhar os parlamentares. A articulação, ainda reservada, esbarra num efeito colateral: um aumento em seus salários fatalmente despertará a ira do eleitorado.
    Holerite Congressistas ganham R$ 33,8 mil — o salário atual dos ministros do STF, que deve sofrer reajuste.
    Cruz e caldeirinha O Planalto morre de medo que o aumento para congressistas ganhe força. De um lado, avalia que o desgaste social também atingiria Temer. De outro, antevê dificuldade de brecar a medida diante da necessidade de aprovar reformas.
    No limite Aliados muito próximos de Eduardo Cunha passaram a defender de forma veemente que ele renuncie à presidência da Câmara para salvar seu mandato.
    É o jeito No roteiro pensado por três membros de sua “tropa”, ele abriria mão do cargo após o Conselho de Ética derrotar o relatório que pediu sua cassação. Seria a única forma de conseguir os 257 votos em plenário e aprovar uma pena mais branda.
    Nem pensar Eduardo Cunha manda às favas qualquer um que lhe sugira a renúncia.

    http://painel.blogfolha.uol.com.br/2016/06/05/deputados-ja-falam-em-reajustar-o-proprio-salario-que-passaria-para-r-393-mil/

  4. Homenagem a um humanista falecido….

    “Cassius Clay é o nome de um escravo. Não foi escolhido por mim. Eu não o queria. Eu sou Muhammad Ali, um homem livre”.
    ——————-
    “Somente um homem que sabe o que sente ao ser derrotado pode ir até o fundo de sua alma e tirar dali aquilo que lhe resta de energia para vencer um combate equilibrado”.
    ——————-
    “Sei aonde vou e sei o que é a verdade. E não tem por que ser o que você quer que seja. Sou livre para ser aquilo que quero ser”.
    ——————
    “Impossível é apenas uma palavra usada pelos fracos que acham mais fácil viver no mundo que lhes foi determinado do que explorar o poder que possuem para muda-lo. O impossível não é um fato consumado. É uma opinião. Impossível não é uma afirmação. É um desafio. O impossível é algo potencial. O impossível é algo temporário. Nada é impossível”.
    ——————————
    “Não vou percorrer 10.000 quilômetros para ajudar a assassinar um país pobre simplesmente para dar continuidade à dominação dos brancos sobre os escravos negros”.
    ( Sobre a Guerra do Vietnam )
    ————————————-

    “Quando criança, eu pedia ao meu irmão Rudy que jogasse pedras sobre mim. Era assim que eu aprendia a fazer meus movimentos, esquivando-me de pedradas”.
    —————————-
    “Um homem que enxerga o mundo aos 50 anos da mesma forma que aos 20 perdeu 30 anos de vida”.
    —————————
    “Não divido o mundo entre os homens modestos e os arrogantes. Divido o mundo entre os homens que mentem e os que dizem a verdade”.
    —————————-
    “Não suporto ver sangue. Em muitas das minhas lutas, eu tinha de olhar para o lado”.
    —————————-
    “O silêncio vale ouro quando não se consegue achar uma boa resposta”.
    —————————-
    “Não conte os dias: faça com que os dias contem”.
    ——————————
    “Quando você tem razão, ninguém se lembra disso; quando está errado, ninguém esquece”.
    ——————————-
    “Outro dia fui ao cinema ver um filme de terror. Ele se chama Baron Blood. Comparado com isso, ter ganho de Foreman foi apenas mais um dia na academia”.
    —————————-
    “O boxe é um monte de brancos vendo como um negro vence outro negro”.
    —————————
    “Servir aos outros é como o aluguel que se tem de pagar por uma casa na Terra”.
    —————————

    ( Muhammad Ali )

  5. Prorrogou por que ???
    _____________

    Polícia Federal 7:06
    Sem acordo sobre substituto, Daiello terá de prolongar mandato à frente da PF
    Após divulgação da lista tríplice da associação dos delegados para a direção-geral da Polícia Federal, o ministro Alexandre de Moraes (Justiça) pediu para Leandro Daiello parar de dizer que deixará o cargo após a Olimpíada, pois terá de ficar mais tempo. A primeira da relação é Erika…

    ( Radar Veja ).

  6. Para de se abaixar, carlos newton. Pra aliviar pro temer, vc é capaz de dizer que a marcela não é casada com o figura, caso apareça algo comprometedor. Velho puxa-saco é ridiculo.

    • A última vez que me abaixei foi para amarrar os cadarços do sapato. Quanto a você, Fraga, já nasceu curvado pela ignorância congênita (vale a redundância).

      CN

  7. colegas, “denegrir” não é uma palavra que deve ser usada por nenhum veículo de comunicação de respeito. Significa “reduzir a negro”. Trata-se de um traço racista em nosso vocabulário. Dói ver o uso desta expressão no imenso parágrafo formado de uma só frase:
    Temer preferiu consultar a Subchefia Jurídica da Casa Civil, comandada por Gustavo do Vale Rocha, e agora o governo tenta atribuir a derrota no Supremo a uma suposta “omissão” de Medina Osório, conforme a nota publicada por Jorge Bastos Moreno e reproduzida por toda a mídia, denegrindo a imagem do ministro da AGU, considerado o maior especialista do país em leis contra corrupção e improbidade administrativa, que viajou a Curitiba para fazer palestra em defesa da Lava Jato num evento da Associação dos Juízes Federais do Brasil, e sua atuação na AGU foi enaltecida em discurso do juiz Sergio Moro.

    • Gratíssimo pela correção, Luciana Lima.

      Se você não me tivesse chamado a atenção, o erro, que não foi proposital, teria passado em brancas nuvens, no bom sentido, porque às vezes aparecem nuvens negras no horizonte e agora gente tem de chamar de nuvens escuras.

      Abs.

      CN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *