Temer queria fazer um pronunciamento à Nação, mas teve medo do panelaço

Resultado de imagem para temer em brasilia, no final de semana

Temer alega que está tentando vencer a crise

Deu em O Globo

O presidente Michel Temer se manifestou na noite desta sexta-feira sobre a greve geral ocorrida pelo país em protesto contra as reformas do governo. Em nota, o presidente lamenta os bloqueios para “impedir o direito de ir e vir do cidadão” e reafirma o compromisso com a “modernização da legislação nacional”. Temer destaca que o trabalhador brasileiro “luta intensamente nos últimos meses para superar a maior recessão econômica” que o Brasil já enfrentou e diz que as ações do governo se somam para “trazer o Brasil de volta aos trilhos do desenvolvimento social e do crescimento econômico”.

O presidente Michel Temer cogitava fazer um pronunciamento, mas, diante da identificação de focos de violência e confrontos entre manifestantes e policiais, foi aconselhado por auxiliares a divulgar um comunicado sobre a greve e as manifestações ocorridas em diversas cidades do país.

VENCER A CRISE -Veja a íntegra da nota divulgada pelo presidente: “As manifestações políticas convocadas para esta sexta-feira ocorreram livremente em todo país. Houve a mais ampla garantia ao direito de expressão, mesmo nas menores aglomerações. Infelizmente, pequenos grupos bloquearam rodovias e avenidas para impedir o direito de ir e vir do cidadão, que acabou impossibilitado de chegar ao seu local de trabalho ou de transitar livremente. Fatos isolados de violência também foram registrados, como os lamentáveis e graves incidentes ocorridos no Rio de Janeiro”, disse Temer, acrescentando:

“O governo federal reafirma seu compromisso com a democracia e com as instituições brasileiras. O trabalho em prol da modernização da legislação nacional continuará, com debate amplo e franco, realizado na arena adequada para essa discussão, que é o Congresso Nacional. De forma ordeira e obstinada, o trabalhador brasileiro luta intensamente nos últimos meses para superar a maior recessão econômica que o país já enfrentou em sua história. A esse esforço se somam todas as ações do governo, que acredita na força da unidade de nosso país para vencer a crise que herdamos e trazer o Brasil de volta aos trilhos do desenvolvimento social e do crescimento econômico.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O presidente Temer estava inconsolável. Pensou que ia brilhar na noite desta sexta-feira, ao aparecer no canal do SBT, entrevistado pelo Ratinho. Mas deu tudo errado, não houve a menor repercussão. Temer até pensou em gravar um pronunciamento e transmitir em rede na TV aberta, na hora do Jornal Nacional, mas os assessores o dissuadiram, com medo do panelaço. O presidente então caiu na real e mandou distribuir a nota à imprensa. Em cadeia nacional, só se for na Papuda… Enquanto isso, a baderna continuava, com os perto da belíssima casa dele, em São Paulo. (C.N.)

7 thoughts on “Temer queria fazer um pronunciamento à Nação, mas teve medo do panelaço

    • Se ficar só lamentando vai é morrer na miséria !!!

      Temos que protestar não só na internet mas nas ruas !!!

      Temos que pressionar os parlamentares, fazzer campanhas contra os que votam pra piorar a vida do povo !!!

      O povo precisa agir e agora !!!

  1. Sinceramente, é de se estranhar que o blog seja radicalmente contra o Temer (talvez prefira a volta do Lula). No entanto, soa ainda com mais estranheza o uso de termos inadequados por parte do editor CN. Papuda, por exemplo. Onde, aliás, estão merecidamente presos alguns petistas – outros foram para Curitiba. Enfim, se fiquei dois meses sem abrir o blog, agora aumentarei a cota para seis meses. Merecidamente. Vou ler blogs de jornais como O Globo, Folha, Estadão e tantos outros.

  2. É a única greve geral “fracassada” no mundo, que parou tudo.

    Um velho velhaco, sem votos, vai acabar com o futuro de várias gerações.

    E o povo anestesiado e iludido, pela conversa mole das mídias, acredita nas reformas salvadoras do Temer.

    Acorda povinho burro e/ou sem vergonha, e reaja, antes que seja tarde.

  3. Este cidadão , deveria é ter um minimo de dignidade e se preocupar na realidade , com os direitos dos Joãos e Marias deste pais à educacao , saude , segurança , trabalho e outros beneficios sociais , que estejam à altura dos caros imposto pagos e que são roubados pela sua corja .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *