Temer: se lançou vice de Dona Dilma, mas quer mesmo apoiar Serra, medo de Quércia

Deputado sem voto, mas que desde já se julga presidente da Câmara em 2011, (e a eleição de 2010, não vale nada?) teve sua caminhada sorrateira e isolada, embalançada por uma proposta-sujeição-estarrecimento: a vice-presidência da República.

Mal se elegendo para a Câmara (com exceção da última, quando ficou como suplente e assumiu) ficou sempre como deputado. Por causa da burrice brasileira de fazer “coincidir” todas as eleições, e não querer arriscar o único cargo com alguma chance.

No seu eterno malabarismo, Lula aproveitou o fato de Dona Dilma precisar de alguém de São Paulo, para especular com seu nome como vice. Depois que fez a jogada, Lula ria até sozinho, pois Temer passou recibo, aceitou correndo.

Agora, sempre se contradizendo, Lula explicou, “o PMDB tem muitos nomes para vice”, e citou três deles. O que irritou Temer. A luta deste é com Quércia, que se elege e reelege presidente do partido em São Paulo. Se Lula quer que Serra ganhe a eleição, está agindo muito bem. Se quer favorecer Dona Dilma, (se ela for candidata), por que não convida Quércia para vice? Estaria atingindo Serra.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *