Temer sem reeleição, até mesmo porque é preciso acabar com ela

Charge do Amarildo (amarildo.charge.worldpress.com)

Carlos Chagas

Perdeu Michel  Temer excelente oportunidade de ficar calado ou de ajudar o Michelzinho a fazer seus deveres de casa. Não  tinha nada que mandar distribuir nota oficial negando a possibilidade de recandidatar-se à presidência da República. A hipótese foi aventada fora de hora pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Para agradar ou falta do que fazer, mas extemporânea. A pouco mais de dois anos da eleição, ignora-se o sucesso ou o fracasso do governo por enquanto interino. Mesmo tornando-se evidente sua transformação em definitivo, tempo haverá para inscrever-se na galeria dos bons, regulares ou péssimos.

Começa que cresce no Congresso a tendência para acabar com a reeleição. A experiência de Fernando Henrique, Lula e Dilma não deixa ninguém mentir. O país seria outro sem as três repetições. Provavelmente melhor. Junte-se o número de possíveis candidatos a  candidato. Nenhum deles concorda com Rodrigo Maia.

Em matéria de reformas políticas, além da proibição de serem reeleitos presidentes da República, governadores e prefeitos, o corolário parece óbvio: seus mandatos seriam estendidos para cinco ou seis anos. Haveria a descoincidência de eleições, ainda que se cogite da prorrogação de deputados para cinco anos. Quanto aos senadores, dez anos é demais, mas cinco, de menos.

Viável, mesmo, parece a cláusula de barreira para diminuir a proliferação de partidos políticos, ainda que os pequenos já se articulem para tentar sobreviver.  Misturar sucessão presidencial com diminuição de partidos não dará certo. Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra não cabem no PSDB. Dois pularão fora, em busca de legendas alternativas.  Henrique Meirelles, se perder o PMDB, poderá abrir uma temporada de caça.

Em suma, se não há confusão, é quase isso. Michel Temer que cuide dos próximos dois anos.

One thought on “Temer sem reeleição, até mesmo porque é preciso acabar com ela

  1. Chagas, Temer não está satisfeito com o que ganhou exclusivamente com malandragem e audácia. Malandragem porque enrolou todo mundo dizendo que tem antídoto contra a Lava Jato. Apossou-se do governo e quer a reeleição. Audácia porque mesmo sabendo dos caminhos perigosos que caminhou não recuou. Inclusive sabendo que ser AGENTE DA CIA É CRIME DE ALTA TRAIÇÃO AO PAÍS. Como está protegido pelos americanos sabe que ninguém tem coragem de denunciá-lo. A proteção dos americanos rapidamente se materializou: Os EEUU tinha proibido a importação de carne do Brasil alegando problemas sanitários. Em dois mêses e meio do governo Temer já liberaram a importação. Os EEUU estão esperando a queda de Maduro para junto com Arábia Saudita aumentarem o preço do petróleo. É uma balela falar-se em excesso de produção. EEUU e Arábia Saudita diminuem a produção e aumentam os preços de acôrdo com suas conveniências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *