Temer versus Temer, numa disputa cada vez mais acirrada

Resultado de imagem para rejeição a temer charges

Charge do Duke (dukechargista.com.br)

Bernardo Mello Franco
Folha

Os advogados de Michel Temer querem convencer o país de que o presidente é vítima de uma conspiração. Ela envolveria um empresário espertalhão, a Polícia Federal, a Procuradoria-Geral da República e ministros de tribunais superiores. Todos teriam se unido à culpada de sempre, a imprensa, num ardiloso complô para derrubar o governo. O primeiro alvo desse discurso foi o ministro Herman Benjamin, como relator do processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral.

No início, aliados de Temer propagaram que Benjamin estaria em busca de holofotes. Como a pressão não colou, passaram a atacar sua atuação na corte. O ministro teria praticado “ilicitudes” e “abuso de poder” para condenar o presidente.

FAZER DE CONTA – O objetivo desses argumentos era desqualificar o juiz e induzir o TSE a descartar dezenas de provas de fraude na campanha de 2014. Isso significaria fazer de conta que a Lava Jato inexiste e que os depoimentos de Marcelo Odebrecht, João Santana e outros delatores nunca ocorreram.

Com o agravamento da crise, o governo diversificou os alvos. A estratégia foi radicalizada depois da prisão de Rodrigo Rocha Loures, o deputado da mala. Agora vale tudo para atingir o procurador Rodrigo Janot, o ministro Edson Fachin, os delegados da PF e o empresário Joesley Batista.

TUDO MUDOU – O dono da JBS, que tinha acesso livre à casa do presidente, virou um “bandido” e um “fanfarrão”. A PF, que flagrou a entrega de propina a um assessor de Temer, armou uma “cilada”. O sereno ministro Fachin se tornou um implacável inquisidor.

No domingo passado, o advogado do presidente declarou que Janot estaria prestes a divulgar uma gravação explosiva para “constranger” o TSE. Foi um tiro ousado, porque permitiu concluir que há outros áudios comprometedores contra o cliente dele. Pelo visto, até a defesa de Temer embarcou na conspiração contra Temer.

8 thoughts on “Temer versus Temer, numa disputa cada vez mais acirrada

    • “Pela boa lei, pelo Direito e, sobretudo, pela Justiça, e com eles, eu vou até o inferno se necessário”, é o que sempre dizia e fazia o meu velho e saudoso Pai. Depois de tudo que fora mostrado ao vivo e em cores, inclusive de todas as ofensas e humilhações grotescas, inconvenientes, impertinentes…, praticadas por GM (parecendo um jagunço de FHC, Temer e Cia, e não um ministro-presidente do TSE), inclusive contra o “Custos legis”, que, ao contrário de GM, agiu corretamente no exercício do seu mister, não há como não levar o conjunto da obra ao STF. “O Parquet acima de tudo é custos legis. O Ministério Público acima de tudo é o fiscal da correta aplicação da lei.”

  1. Mas, e se a direita, a esquerda, o centro, a oposição e a situação, não tiverem capacidade para se tornarem autoridades eletivas sob a égide da Democracia Direta com Meritocracia Eleitoral ? Ora essa, que vão fazer outra coisa na vida, como faz a grande maioria da população. ELLE$ ( O CORSO DA PLUTOCRACIA ), OPERAM POR SINAIS TROCADOS, a exemplo de FHC, Lula, Gilmar Mendes e Cia, como tática de embromação, empurração com a barriga, forçação de barra e achaque ao erário. E assim, tem se dado bem a escalada do crime organizado via partidarismo-eleitoral, golpismo-ditatorial, e seus tentáculos, velhaco$, até chegarem à presidência da república 171 dos me$mo$, onde se instalaram já há algum muito tempo, agora, na sua expressão mais escrachada e mais ostensiva até o presente momento histórico, dos quais, no Brasil, continuamos todos vítimas e reféns há 127 anos, cuja libertação a bem da verdade já se afeiçoa impossível pela via pacífica da rendição dos me$mo$ em prol do Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, que não pede e nem quer nada para si próprio, apenas que o Brasil, estados e municípios, sejam governados por pessoas qualificadas, meritórias, que cheguem ao Poder por seus próprios méritos, independentes de dinheiro, partidos, campanhas, eleições e esquemas, bandidos, sem rabo preso com a bandidagem, até porque não existe outra maneira de vencer plenamente são pelos próprios méritos, e mesmo nessas condições rigorosamente vigiadas por todos os segmentos sociais, que tenham como escopo o sucesso pleno do bem comum do conjunto da sociedade, sob a égide da Democracia de verdade, de fato, Direta, em contraponto a plutocracia nefasta e putrefata que ai está, e sempre esteve, dos me$mo$, com jeitão cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, e já com aspectos de bandidura, à velha moda façam o que eu mando e não o que eu faço, impondo ao povo os seus bagulhos para os coitados votarem, sob as penas da lei, dos me$mo$, e depois com a cara de pau do cinismo e da hipocrisia ainda culpam o infeliz do povo pelos resultados desastrosos das urnas e dos golpes, ao ponto de deixarem o coitado do povo doidinho da Silva, mais perdido do que jumentinho sem mãe. http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/300674/Mello-Franco-%C3%89-Temer-quem-pratica-abusos-e-agress%C3%B5es.htm

  2. O PSDB ficou aliviado com o julgamento acontecido no TSE. Já disse que não vai recorrer e isso é o óbvio, não querem largar o poder, depois de tanto tempo longe dele, não é hora de abandonar as boquinhas.
    O PT, que imaginávamos iria promover uma rebelião se o Temer não fosse cassado, esta em estado de letargia, até o lula, se nega dar “palpites” sobre o caso.
    Parece que incorporaram a máxima daquele deputado apresentador de televisão, ” se esta bom para ambas as partes, fica por isso mesmo.
    Daqui para frente, o Temer vai nadar de braçadas, se isto que já foi julgado e absolvido, que não garantiria a saída imediata dele da presidência, imagina outras ações agora começando a andar. Alguém imagina outro presidente antes de 2019? Só se ele morrer.
    O jogo já foi jogado, agora são os cães a ladrar e a caravana passar.
    Dizem que o Brasil esta se transformando, também acho, mas numa casa de tolerância, pagou, faz o que Quiser..

  3. Bom artigo, juntando peças que não dá para serem descartadas assim, no bafo presidencial… válida a observação de Lucas Silva, em cima da levantada de Loriaga Leão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *