Teori não atende a Janot e manda para a Justiça de Brasília novo denúncia contra Lula

Juiz Ricardo Leite já está processando Lula no caso de Cerveró

Thiago Bronzatto
Veja

Lula conseguiu escapar – mais uma vez – das mãos do juiz Sergio Moro. Depois de ter uma de suas acusações, a de que atuou com o ex-senador Delcídio do Amaral para travar as investigações da Operação Lava-Jato, enviada para a Justiça em primeira instância em Brasília, o ministro Teori Zavascki, relator do petrolão no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu enviar também para o mesmo tribunal outro inquérito em que o ex-presidente é suspeito de tentar atrapalhar a apuração do esquema de corrupção na Petrobras. Num despacho sigiloso, obtido por Veja, Teori sustenta que os indícios de crime envolvendo o líder petista não têm conexão direta com os processos em andamento em Curitiba.

De acordo com o pedido de instauração de inquérito feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), Lula tentou influenciar lideranças do Senado para esvaziar a Lava-Jato. A suspeita se baseia na delação do ex-senador Delcídio do Amaral, que diz ter se reunido com o ex-presidente e os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR) no Instituto Lula, em São Paulo, em meados de 2015. Nesse encontro, Lula “tentou persuadir os congressistas, que estão entre as mais ascendentes lideranças senatoriais, a criar, no Senado Federal, comissão de acompanhamento da Operação Lava-Jato, com a finalidade explícita de miná-la”.

Apesar de se tratar de um suposto complô armado contra a Lava-Jato, Teori Zavascki entendeu que o assédio de Lula aos parlamentares teria se “consumado no âmbito do Senado Federal, em Brasília”. “Nesse contexto, evidencia-se, em princípio, a inexistência de conexão necessária com os processos em trâmite na 13ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Curitiba”, escreveu o ministro em seu despacho de seis páginas assinado no último dia 8 de agosto.

CASO CERVERÓ – Essa é a segunda vez que Teori discorda da PGR num caso envolvendo o ex-presidente. Em junho, o ministro do STF mandou uma denúncia contra Lula, também por obstrução da Lava-Jato, para a Justiça Federal de Brasília. Os procuradores queriam que o processo fosse conduzido pelo juiz Sergio Moro. O ex-presidente se tornou réu por ter feito parte de um esquema para subornar o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, numa tentativa de evitar a delação premiada do ex-dirigente.

Além de Lula, também são suspeitos de tentar frear a Lava-Jato a presidente afastada Dilma Rousseff, os ex-ministros José Eduardo Cardozo e Aloizio Mercado, os ministros Francisco Falcão, presidente do Superior Tribunal de Justiça, e Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, além do ex-senador Delcídio do Amaral. Todos se tornaram alvos de um inquérito no STF.

PARTICIPAÇÃO DE DILMA – No caso de Dilma, há duas suspeitas de crime. A primeira é a de que a petista teria blindado Lula contra o juiz Sergio Moro ao nomear o ex-presidente como ministro da Casa Civil. A segunda está relacionada com a tentativa de Mercadante de tentar evitar a delação de Delcídio. Segundo a PGR, essa investida “baseou-se, ainda, na invocação parcialmente cifrada, mas suficientemente clara, do respaldo da senhora presidente da República, Dilma Rousseff”. Os envolvidos negam ter praticado qualquer irregularidade.

Em sua decisão, Teori também determinou que sejam realizadas as 18 diligências propostas pelos procuradores. Dentre elas, estão o acesso às imagens dos circuitos de segurança do Palácio do Planalto, o depoimento do pecuarista José Carlos Bumlai e a análise no processo e no termo de posse do ex-presidente Lula na Casa Civil. O prazo para a coleta dessas provas varia de cinco até 90 dias, podendo ser estendido por mais tempo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A importante notícia foi enviada por José Carlos Werneck. Mostra que a denúncia de Lula deve ser encaminhada à 10ª Vara Federal Criminal do DF, a cargo do juiz Ricardo Augusto Soares Leite, que já preside o processo de Cerveró e está atuando com rigor ainda maior do que o juiz Sérgio Moro, pois transformou Lula em réu com muita celeridade. Isso significa que o magistrado deve aceitar a nova denúncia, e assim Lula passará a ter dois processos a responder. É melhor pedir logo o asilo na Embaixada do Uruguai. (C.N.)

11 thoughts on “Teori não atende a Janot e manda para a Justiça de Brasília novo denúncia contra Lula

  1. Newton, eu continuo achando isso uma maneira de desqualificar o recurso de Lula na ONU. São muito fracos os argumentos. A palavra suspeita é repetida. Delcidio o delator agiu por vingança. Ao ser preso o PT pela palavra de Falcão seu presidente disse que não tinha nada com isso. Foi o bastante para Delcídio vingar-se. Em sua entrevista no programa Roda Viva se não me engano, ele fez duras críticas a Falcão desqualificando-o. Ninguém é santo, mas precisariam primeiro interrogar os suspeitos. Nada se consumou. A não ser que o juiz apontado diga eu fui nomeado para isso a mando de senhor fulano ou dona fulana. Esse pessoal vai findar elegendo Lula em 2018 se houver eleição.

  2. A lamentar e profundamente, que o povo não tenha os recursos na “Justiça” para se ver livre de governos como o de Lula e Dilma, ladrões, corruptos e desonestos, afora apátridas e traidores!

    Agora, não entendo que indivíduos desta espécie, como os dois ex-presidentes petistas, ainda possuem tanta consideração por parte da população, se o Brasil contabiliza POR CULPA DE AMBOS, EXCLUSIVAMENTE, milhões de desempregados, dezenas de milhões de inadimplentes por causa da falta de trabalho, juros extorsivos, sendo o sistema financeiro a elite mais defendida e protegida do PT, razão pela qual os bancos tiveram períodos onde mais lucraram na história econômica brasileira, recessão econômica, caos na política, educação, saúde e segurança em seus piores momentos “republicanos”!

    Evidente que temos sido explorados desde Sarney, apenas para considerar a “democracia”, mas querer repetida e exaustivamente compensar os crimes do casal de mafiosos com as anteriores e dos demais partidos, a meu ver demonstra uma tendência petista perniciosa, nefasta, nesta tentativa de amenizar os males que lula e Dilma praticaram contra a cidadania e o país!

    AMBOS DEVEM SER PRESOS, e não entendo como ainda estão soltos, mesmo com a quantidade de provas contra esses dois corruptos e desonestos petistas, que tantos prejuízos nos ocasionaram com os rombos no erário, os roubos nas estatais, fundos de pensão, empréstimos consignados, e ainda o inexpugnável BNDES, que deve guardar segredos gravíssimos de Lula e Dilma quanto às doações de dinheiro do brasileiro para governos e ditadores que se identificavam ideologicamente com o casal de bandidos!

    Essa comentários que tenho lido constantemente no blog sobre o PT e seus desmandos e descalabros, porém com questionamentos imediatos a respeito de outros criminosos – e o Jucá, e o Renan, e o Padilha, e fulano, e beltrano -, respeitosamente, dão a impressão que não querem Lula e Dilma respondendo pelas suas ilicitudes, pelos seus crimes, pelos danos que causaram ao povo e Nação, mas desejam encontrar atenuantes aos malfeitos petistas, e não o bem do Brasil e punir o PT pelos atos de extrema corrupção e desonestidade praticados!

    Eis o que penso, que vai de encontro às opiniões que mais se preocupam com os crimes do PMDB e PSDB, que aqueles cometidos pelo PT, simplesmente o responsável pelo estado que nos encontramos atualmente!

    Evidente que quero ver tucanos e peemedebistas punidos, mas o PSDB governou há 15 anos, o PMDB foi coadjuvante do PT, que era quem mandava e desmandava no Brasil, portanto, Lula e Dilma devem obter da Justiça a primazia da atenção neste momento, e depois que busquemos os demais bandidos, mas, em primeiro lugar, os mais perigosos e perniciosos que ainda se encontram leves, livres e soltos!

  3. Carlos Frederico Alverga, você deu-me material para consolidar minhas convicções. Estamos vivendo um período no Brasil em que o instinto mau dos homens aflora como se fossemos o “Estado Islâmico”. Não sou jurista mas, o tanto que sei e a experiência de vida, dão-me a certeza que estou no caminho certo. Obrigado amigo, valeu.

  4. Assista ao vídeo do depoimento do Cerveró aos procuradores da Lava Jato que se encontra na parte inferior deste link que estou postando abaixo.

    É a prova cabal do direcionamento político da Lava Jato, na qual o procurador se recusa a investigar a corrupção na Petrobrás antes de 2003.

    http://www.viomundo.com.br/politica/a-gilmar-mendes-por-que-vazar-prisoes-de-sarney-cunha-renan-e-juca-e-grave-e-conversas-de-lula-e-dilma-correta.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *