Toffoli determina quebra de sigilo do senador Lindbergh Farias 12/06/2013 – 18h30

Débora Zampier Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Antonio Dias Toffoli determinou a quebra dos sigilos bancário, fiscal e bursátil (relativo a transações na Bolsa de Valores) do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) entre 2005 e 2010.  A medida foi adotada em inquérito que apura fraudes na época em que o político era prefeito de Nova Iguaçu (RJ).

De acordo com denúncia do Ministério Público, houve transações suspeitas entre a prefeitura de Nova Iguaçu e o Instituto de Aposentadoria dos Servidores Municipais de Nova Iguaçu (Previni) em valores que chegam a R$ 300 milhões. Para o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, o único meio para apurar se os desvios realmente ocorreram é a quebra dos sigilos solicitados.

“Temos aqui situação na qual se encontram em jogo a coisa pública e agente político e demais investigados, cuja privacidade mostra-se relativa”, analisou Toffoli. “No caso, os fatos narrados têm repercussão maior, estando devidamente demonstrada a necessidade de se apurar a fundo todos os aspectos que possam estar envolvidos na espécie”.

Além de Lindbergh, o ministro também autorizou a quebra de sigilo dos então dirigentes da Previni Gustavo Falcão Silva e Luciano Otávio Dutra Leite, da própria instituição previdenciária e da empresa Casual Dining.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

10 thoughts on “Toffoli determina quebra de sigilo do senador Lindbergh Farias 12/06/2013 – 18h30

  1. Esse picareta político profissional começou como cara pintada afiliado ao PCdB de mentirinha. Um parênteses, hoje está aliado ao Collor no senado. Depois oscilou entre partidos alternativos até se mancar que não chegaria a parte alguma e teria que trabalhar no mercado capitalista ou ser aprovado num concurso público para se sustentar, se não obtivesse a legenda do PT. Aí, beijou a mão do padrinho Lula, provavelmente pediu mil desculpas pelo curtíssimo passado de revolucionário proletário marca traque e deslanchou ao ganhar a prefeitura de Nova Iguaçu, graças à participação direta do padrinho. Agora, está aí encrencado com denúncia do MP Federal. Nunca me enganou.

  2. A sua passagem pela PMNI deixaram marcas. Até as pedras da rua Athaide Pimenta,onde localiza-se o Paço Municipal, sabe de suas trapalhadas. Como isso é Brasil não vai dé em nada para o revolucionário da cara pintada e nem para os outros prefeitos que agiram de igual para pior.

  3. Esqueceram de falar que quando o “lindinho” passou pela prefeitura de Nova Iguaçu, ele descontada dos contra-cheques dos funcionarios os emprestimos consignados e não repassava para os bancos, estão tentando abafar ate hoje, mas se ele concorrer contra o “garotinho” esse fato vira mais forte que nunca

  4. Mesmo? e pq o STF não manda quebrar também o sigilo bancário da turma de Sérgio Cabral and company?? todos afundados em um mar de lama… fica bastante claro que estão querendo afastar Lindbergh da disputa política no Rio… essa mídia nojenta e esse grupo político do PMDB são as trevas!

  5. A ação é enérgica sempre levando em consideração o velhíssimo adágio: “aos inimigos a lei, aos amigos os benefícios da lei”.
    Os Jornais estão aí cheios de “podridão” (para usar slogans de bobocas) envolvendo muitos políticos. No entanto, uns (e seus alados) são intocáveis pelo MP.

  6. Não vou aqui defender A nem B, mas me soa um pouco estranho essa atitude do então Ministro Tófoli, antigo advogado do PT, definindo a quebra de sigilo do Senador Lindberg, que é candidato do PT ao governo do Rio, após o Governador Cabral esbravejar que se o PT não apoiar o seu candidato Pezão, aliás o Rio adora votar nesses caras como Juruna, Garotinho, Rosinha e quem sabe Pazão, não irá apoiar a reeleição da Presidente Dilma. Tá me parecendo “fogo amigo”!

  7. Tá difícil, hoje, está pior que ontem, e amanhã será pior que hoje, Políticos, raros, politiqueiros transbordam, até no inferno.
    Lema no Brasil: roubar o cofre público: educação, saúde, segurança, infraestrutura, etc..
    Mentir, mentir,prometendo hipocritamente o lema da Bandeira: “Ordem e Progresso”.
    Infelizmente, em 2014, os usuários do “pão e circo” e curral eleitoral da “esmola do bolsa família”, elegerão os politiqueiros, e o Brasil continuará a ir mais fundo no “Oceano de lama” em que está mergulhado.
    Conclusão: Rui Barbosa atualíssimo, e De Gaulle com razão, e cada povo tem o governo que merece!!. Lamentável!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *