Toffoli rasga a fantasia e revela o dio que os heris da Lava Jato lhe despertam

Resultado de imagem para toffoli na lide

Dias Toffoli destilou o dio e a inveja que sente da Lava Jato

Carlos Newton

Por ser despreparado para grande funes, tendo chegado ao Supremo Tribunal Federal sem o notrio saber, Dias Toffoli s vezes revela um ingenuidade verdadeiramente constrangedora. Recorde-se que, para servir a um velho amigo como o ex-ministro Jos Dirceu, que foi seu chefe na Casa Civil e o indicou para o STF, Toffoli foi capaz de conceder um habeas corpus que a defesa de Dirceu sequer havia pedido, e ficou tudo por isso mesmo, como se dizia antigamente.

Confiante numa eterna impunidade que padre Quevedo diria non eczistir, Toffoli no aceitou ser apanhado na malha fina da Receita Federal, por receber mesada de R$ 100 mil de sua mulher, e tambm ficou revoltado ao saber que o amigo Gilmar Mendes e a mulher tambm tinham sido enredados.

INQURITO ILEGAL – Em maro, aproveitou o fato de ser presidente do Supremo e criou um inqurito interno totalmente ilegal. Primeiro, porque no a investigao no era interna, mas externa; e depois, porque o Regimento do STF, alm de no permitir essa extravagncia, tambm exigia a aprovao da procuradora-Geral da Repblica, Raquel Dodge, que deu parecer contrrio e mandou arquivar o inqurito.

Mas o todo-poderoso Toffoli, acima da lei e da ordem, mandou seguir o inqurito. Em julho, aproveitou o planto do recesso e suspendeu todas as investigaes baseadas em relatrios do Coaf, da Receita e do Banco Central. Com essa audaciosa jogada, de uma s vez conseguiu imobilizar a apurao que envolvia ele prprio e sua mulher, a advogada Roberta Maria Rangel, assim como a investigao do casal Gilmar Mendes e Guiomar Feitosa.

O mais incrvel que blindou tambm o senador Flvio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabricio Queiroz, fazendo vibrar a galera do eixo Planalto/Alvorada.

UM GRANDE AMOR – De repente, passou a haver um troca-troca de elogios e de amabilidades entre os presidentes da Repblica e do Supremo. Como diria Djavan, o amor de Bolsonaro e Toffoli, por ser exato, no cabe em si.

Com tanto encantamento, a vaidade de Toffoli sobreveio com fora total. Nesta segunda-feira, dia 12, durante evento do Lide em So Paulo, o presidente do Supremo criticou a percepo de que a operao Lava Jato virou uma instituio. Segundo os reprteres Francisco Carlos de Assis, Aline Bronzati e Brbara Nascimento, que cobriram o evento para o Estado, o ministro disse que a Lava Jato nasceu de acordos republicanos, feitos pelos Trs Poderes, e afirmou que a operao no manda nas instituies.

INVEJA E DIO – Em seguida, Toffoli foi destilando a inveja e o dio acumulados. Afirmou que, durante os ltimos anos, qualquer reao de algum poder em relao operao foi percebida erroneamente como uma tentativa de acabar com a Lava Jato. No se pode permitir na Repblica que algo se aproprie das instituies. (…) Temos que dizer isso abertamente. A Operao Lava Jato fruto da institucionalidade, no uma instituio, disse, completando: Um pas no se faz de heris, se faz de projetos.

Em seu delrio, o petista Dias Toffoli, amigo e servial de Dirceu e Lula, j se acha vencedor. Considera a Lava Jato inteiramente destruda, Moro e Dallagnol esto na lona e ele, o juiz da luta, que ser carregado nos braos pelos torcedores.

DESFAATEZ – Sonhar no proibido. Em breve Toffoli vai perceber que a Lava Jato no depende mais de Moro ou Dallagnol. muito mais do que uma instituio, porque j se tornou um novo estilo de vida para os brasileiros. Enquanto Toffoli comemora, junto com Gilmar Mendes e outros defensores da descriminalizao da poltica, a Lava Jato faz cada vez mais operaes, ampliando seu leque de atuao.

Toffoli entendeu tudo errado. A Lava Jato no morreu. E o Supremo tem onze ministros, e a maioria deles est calada, observando at onde vai a desfaatez dos defensores da impunidade daqueles que enriquecem s custas dos recursos pblicos e no percebem que tudo na vida tem um limite.

19 thoughts on “Toffoli rasga a fantasia e revela o dio que os heris da Lava Jato lhe despertam

  1. Heri, que burlam a lei, no so heris, so bandidos, s no v quem no quer, se fosse em outro pas, estariam presos, no sou partidario de nenhuma sigla, mas as reportagens , esto mostrando, como juiz e procuradores agieam, formando quadrilhas para condenar, pobre Brasil.

    • Deixa de ser fantico, idiota, a lei existe para todos e deve ser respeitada, aonde est o Fabrcio Queiroz ? No sou petista e nem de nenhum partido poltico, se roubaram devem responder pelos seus crimes, mas condenar sem provas crime.

      • Ento, da 13 de Curitiba, passando pelo TRF4/RS, at o STJ (que cumpriu ordens de gilmarmendes apenas para diminuir o tempo de priso do maior larpio que o mundo j conheceu) s houve erros e m interpretao de mais de 13 mil evidncias dos crimes cometidos, juntadas aos autos.
        Mas, no sofrero por muito tempo os que idolatram o ladro, pois gilmarmendes vai solt-lo e zerar sua capivara.

  2. As perguntas de hoje:

    O que Sergio Moro queria manter escondido ao proteger Eduardo Cunha?

    Qual o caminho do CNMP hoje? adiar o julgamento de DD? bem provvel.

    O que vai apenas manter a frigideira de Sergio Moro ligada, em fogo brando, pois DD vai permanecer nas cordas.

    Quando surgirem mais udios, a chapa do ex-juiz vai esquentar.

  3. Perguntem a qualquer cidado dos pases desenvolvidos, que lutaram nas grandes guerras, se uma nao no feita de heris, alm de canalha um babaca, deveria usar camiseta do Guevara e aquela boininha com bottom da foice e martelo!

  4. Toffoli s rasgou a fantasia para os aqueles que o tinham como chuchuzinho h no muito tempo. Chegaram a chama-lo de “ex-petista” por aqui.

    Brasileiro otrio demais. Quando algum magistrado vota segundo sus anseios, alado s alturas de um santo. Na poca que Toffoli era o chuchuzinho da TI, ningum lembrava que ele tinha sido Assessor Jurdico de Jos Dirceu na Casa Civil, tampouco lembravam que ele foi nomeado por Lula para o STF….. Ningum lembrava tambm que ele tinha sido reprovado em dois concursos de juiz…kkkkkkkkkkkkk xD

    Hoje, os mesmos trouxas que o idolatravam espumam de dio s de ouvir seu nome por aqui…

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  5. Enquanto se discute l em cima, h dcadas, o sexo dos anjos, na base, nos municpios, ante a segurana zero, ces de guarda que fazem a segurana da nossa casa, muro alto, mais de trs metros de altura, incomodado com a presena de drogados, traficantes e afins na rea, latem desesperadamente contra os mesmos tentando afugent-los, e os mesmos os apedrejam, o proprietrio sobe no muro e tenta chamar a ateno dos mesmos e tb apedrejado, assim como a sua casa, chama a polcia l aparece duas figuras patticas sem noo e ao invs de ajudar a afugentar os infratores, azeda ainda mais a situao mostrando fraqueza total, deixando o proprietrio e famlia em maus lenis, merc dos delinquentes e da organizao criminosa, sem se quer uma arma para defender a si e sua famlia. Vai fazer um B.O. numa delegacia, encontra l pessoas que por isso ou aquilo tentam se esquivar de sequer registrar a ocorrncia e no demonstram condies nem de redigir corretamente um breve histrico de um B.O. E isso, infelizmente, no um fato isolado, mas, isto sim, o retratado de um pas moralmente destrudo, produto final de uma sistema poltico apodrecido que mesmo assim continua impondo a todos uma repblica tb apodrecida, que, alis, transpira decadncia terminal explcita por todos os seus poros. E nessa ordem de coisas e “coisos”, vieram um tal “Mensalo”, apurado pelo STF, e um tal “Petrolo”, apurado pela tal “Lava Jato”, cujo mrito maior tem sido nos provar cabalmente, e at esfregar na cara de todos, “mocinhos” e “bandidos”, alienados e no alienados, que o sistema poltico est de fato podre, e que a repblica dos mesmos tb est podre, como, alis, a Revoluo Pacfica do Leo, a RPL-PNBC-DD-ME, o Projeto Novo e Alternativo de Poltica e de Nao, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, tem denunciado h mais de 20 anos, propondo a Revoluo Redentora, da poltica, do pas e da populao no lugar da falncia sistmica que ai est h 129 anos, com prazo de validade vencido h muito tempo, mais e mais falida a cada novo golpe ou nova eleio, sob a gide do mesmo e velho sistema apodrecido. E em nenhum momento algum o autor do Megaprojeto reivindicou qualquer tipo de ttulo de heri de coisa alguma, crente na assertiva de que “infeliz a nao que precisa de heris”, pior ainda de heris macunamicos, mequetrefes, mercenrios e aproveitadores, que se constroem, se promovem e se enriquecem tirando proveitos de situaes, prdigos no Brasil, que de Heri mesmo, de verdade, s consigo me lembrar de um at o presente momento histrico, para o qual vale a pena tirar o meu chapu, que o Grande Tiradentes, Joaquim Jos da Silva Xavier, que realmente expressava um projeto gigantesco de Brasil, com trocentos anos adiante do seu tempo, tempo esse que finalmente chegou, diga-se de passagem. Portanto, no conjunto da obra, faz algum sentido a expresso do Ministro Toffoli: Um pas no se faz de heris, se faz de projetos.

  6. O Gilmar Mendes est certo: Na Terra dos Gafanhotos, o aparelho excretor d ordens ao crebro do cachorro…
    …e um chefete de polcia, a servio de um presidente bandido, no mais que de repente inverte a ordem natural das coisas e da Teoria da Evoluo e passa a mandar em centenas de magistrados e procuradores srios, honrados e com amplo conhecimento jurdico, se esquecendo do carter de quem o colocou ali.

    E assim podemos ver onze Homens de Neandertal, de ccoras em uma caverna, se julgando o supra sumo da evoluo da humanidade, mas aplicando uma justia de envergonhar o Gngis Khan.

  7. Carlos Newton, a frase de Toffoli Um pas no se faz de heris, se faz de projetos faz sentido.

    Alis, hoje, todos j percebemos que o projeto dele, do Gilmar Mendes e demais comparsas e manter a impunidade de corruptos.

    parece que o filsofo de Ituverava tem razo quando afirma e reafirma que “o problema do Brasil aritmtico, para salvar 210 milhes necessrio mandar para o inferno uma meia dzia”.

  8. O cinema, como o teatro, traz retratos da vida. s vezes, a vida supera a fico. Ao invs de dizermos que a vida imita a arte, ao contrrio, a vida inspira as peas teatrais e os filmes. Estamos diante de um quadro dantesco no pas. Lembro, ento, dos filmes Cidado Kane e Um homem acima de qualquer suspeita, e aqui um juiz, um promotor, o udenismo, tudo cabe dentro dos enredos desses filmes clssicos.
    Enquanto os fins justificarem os meios, e que, por isso, pode-se fazer tudo para se atingir um objetivo planejadamente traado, l na frente qualquer cidado poder ser preso por um simples delito de opinio.
    MEDO DOS JUZES – Um ministro aposentado do Supremo, o gacho Eros Grau, afirmou no seu livro: Por que tenho medo dos juzes que o Direito Positivo contraditrio, pois est a servio do modo de produo social dominante, em detrimento das classes subalternas, abaixo do topo da pirmide
    No podendo tirar mais de quem no tm mais nada, o sistema avana na direo da classe mdia. J planejam o fim das dedues da Educao e da Sade no Imposto de Renda. Trata-se, com essas medidas de retrao econmica, de lanar o pas rumo a estagnao, ao reduzir o consumo das famlias.
    No filme O homem que sabia demais, o diretor Hitchcock j previa o aparecimento de Julian Assange e de Gleen Greenwald, do Intercept. Com os vazamentos a conta gotas, vai na contramo dos ensinamentos de Maquiavel, que afirmou em sua obra clssica, O Prncipe: o Mal tem que ser feito de uma nica vez, enquanto o Bem deve ser concedido aos poucos.
    SAUDADE DE GLAUBER – A Terra est em Transe, bom dia Glauber. A viso do cineasta, cone do Cinema Novo, nos remete aos tempos conservadores nos costumes e ultraliberais na economia. Ao Estado hoje, no interessa haver cidados com comportamento crtico e lutando por seus direitos. Ao Estado interessa s existirem cidados com comportamento de ovelhas, aceitando medidas provisrias e decretos, no escopo de aes que ferem o direito adquirido e a coisa julgada, tornando letra morta o contrato jurdico perfeito.
    Na esteira do retrocesso, negam a cincia e as teses do Iluminismo, tais como a bobagem do Terraplanismo. Apesar de todas as evidncias, creem que Galileu Galilei estava errado, quando demonstrou que a Terra era redonda, e por isso foi torturado pelos membros da Igreja Catlica da poca e ficou cego. Agora, os cegos so os governantes.

    • !!O ministro aposentado do Supremo, o gacho Eros Grau, afirmou no seu livro: Por que tenho medo dos juzes, que o Direito Positivo contraditrio, pois est a servio do modo de produo social dominante, em detrimento das classes subalternas, abaixo do topo da pirmide,”
      E acaso a conduta do Dr. Eros Grau como ministro do STF ter sido muito diferente daquilo que ele critica? No caso mais famoso que ele julgou, o dos supostos crimes eleitorais que culminou na “deseleio” de Jackson Lago e entrega do governo do Maranho a Roseana Sarney, Grau sofreu acusaes – por parte da mdia de esquerda – de ter favorecido a oligarquia Sarney em troca de uma cadeira na Academia Brasileira de Letras, que ele acabou nunca recebendo. Foi o que Luiz Nassif escreveu h uns dez anos:

      “A politizao espria do STF
      H algo de profundamente errado nesse processo pernicioso de politizao do Supremo Tribunal Federal (STF), escancarado pela ao deletria de seu presidente Gilmar Mendes.
      Tome-se o caso do Ministro Eros Grau. Paira sobre ele a suspeita de uma ambio maior do que a riqueza, do que o compadrio, menos espria do que a propina: ele almeja a imortalidade, ser um membro da Academia Brasileira de Letras (ABL).

      Uma das portas de entrada poderia ser o senador Jos Sarney que, dentre outros feitos, se imortalizou como acadmico.

      Em suas decises, votos ou opinies, Eros sempre preservou Sarney o que em nada o compromete.

      Mas o que est ocorrendo agora?

      Nas eleies de 2006, o grupo de Sarney entrou com recursos no TSE contra a diplomao do governador eleito Jackson Lago, acusado de abuso de poder poltico. Relator do recursos, Eros foi favorvel cassao. Lago caiu e s nesse pas macunamico a candidata derrotada assumiu como governadora.

      Antes da votao, o grupo de Lago entrou com um embargo, no reconhecendo o poder do TSE de apreciar casos originrios. Ficou mofando na gaveta de Eros.

      Agora, chegou a vez do TSE apreciar denncia de abuso de poder econmico por Roseana. Eros se afasta do TSE e resolve apreciar o recurso, agora beneficiando diretamente Roseana: impedindo que seja julgada e no estendendo esse benefcio ao processo que lhe deu de bandeja o cargo de governadora.

      Tenho para mim, que, com algumas honrosas excees,a atual gerao de Ministros responsvel pelo maior processo de desmoralizao do Supremo em perodo democrtico.

      Por Luiz Nassif”
      http://www.vermelho.org.br/noticia/115686-1

      No costumo ler Nassif, apenas procurei uma notcia sobre o assunto no google, mas no duvido que a opinio dele sobre Gilmar tenha mudado bastante nos dias atuais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.