Três opiniões sobre a ameaça de Lula usar o exército do MST

MST treinou favelados em São José dos Campos (SP) para a luta armada

Celso Serra

O conjunto de fatos ocorridos recentemente não me leva a crer que as palavras de Lula sejam meras bravatas. Para mim, foi uma ameaça concreta, ao se referir a colocar o exército do MST nas ruas.

O MST sempre foi considerado o braço armado do PT. E isso não é de hoje. Não devemos esquecer que – sorrateiramente – esteve no Brasil o vice-presidente e ministro para o Poder Popular das Comunas e Desenvolvimento Social da Venezuela, Elías Jaua, aquele cuja babá foi presa em São Paulo ao tentar ingressar no país com uma arma guardada em uma maleta. Até a babá tinha arma…

Veio fazer o quê? Assinar um “convênio” com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), conforme ele mesmo definiu, “para fortalecer o que é fundamental em uma revolução socialista”. Esse fato, além de significar uma interferência nos assuntos internos do país, pode ter íntima relação com ameaça feita por Lula e pertencer ao mesmo conjunto.

###
LULA DEVIA FICAR CALADO

Valmor Stédile

Já que estou marcado em algumas postagens nas redes sociais como autor do discurso de João Pedro Stédile, honrado líder do MST a quem fui apresentado por Leonel Brizola em 1997, reforço a breve análise que fiz sobre esta recente manifestação de defesa da Petrobras. Acho que Lula cooperaria mais em silêncio, embora reconheça o direito à exposição.

Nessa nova aparição precisou de escolta policial para chegar ao evento, devia deixar Dilma Rousseff viver seu momento, porque desta vez ela venceu mais por méritos próprios e que a meu ver superam os dele e de seu antecessor.

Observem como a TV Globo bate no PT, mas poupa Lula. E este, quando esbraveja sobre o PSDB, poupa FHC, sabem por quê? É tática triangular, pela qual o polvo global se move sob dois polos políticos que se entrelaçam nas pontas.

###
LULA QUER SE PROTEGER

Carlos Molina

O que “nunca sabia de nada” aciona a metralhadora giratória para intimidar os inimigos. A cada dia a crise causada pelos escândalos se aproxima cada vez mais da imagem dele, que está ficando menos blindado. Ele, grande responsável, ficou o tempo todo na moita, se preservou, enquanto os escândalos gerados por seu governo explodiam por cima do Planalto e da nova mandatária.

Como os seus braços nas negociatas (Vaccari, Gabrielli etc,) são citados nas declarações dos que se beneficiam com a delação premiada e começam a serem chamados para depor, o Lula quer o envolvimento direto da Dilma Rousseff e dos segmentos populares. Ou melhor, quer a Dilma como “advogada de defesa” e os movimentos sociais como escudo.

42 thoughts on “Três opiniões sobre a ameaça de Lula usar o exército do MST

  1. Isso tudo, no fim vai servir para o petismo e todos os brasileiros ficarem sabendo, que este tal de lula, na
    verdade é uma bananeira que já deu cacho, agora é apenas um tigre banguela, não morde mais.
    Não tenham grandes preocupações com ele, a situação do Brasil hoje, é o antídoto ao veneno que ele quer
    injetar nos brasileiros. Esta caindo de maduro, como o “chofer de ônibus”, da Venezuela.

  2. Exercito do cafetao da miseria que ha 36 anos arrasta os desvalidos para cima e para baixo. Esse burguesinho da Vinicula Stedile alem de tudo e irrresponsavel , a PM de SP tem mais de 100 mil homens armados e treinados. Procurem um calo nas maos desse demagogo !

  3. Alguém precisa buscar a responsabilização de Lulla e de outros, ainda a margem do caldeirão, em todos os tópicos e níveis.
    E não podemos deixar de buscá-la, usando o argumento de que a justiça é lerda e está comprometida.
    Se assim for, que busquemos fora do país, os recursos jurídicos e políticos para salvar-nos da corrupção que afoga a nação.
    Eu sempre acredito na justiça. Não foram poucas as vezes em que a busquei, ao longo de toda minha vida!
    Se for preciso provocá-la, estou a disposição, bastando que me indique os caminhos.

  4. O PMDB está com a faca e o queijo para destituir a quadrilha que nos desgoverna há 12 anos do poder.
    Será bom para o partido e muito melhor para o país.
    Que se faça isto, pois a lei assim determina.
    Que siga o exemplo do próprio PT, quando por muito menos articulou a derrubada de Collor.
    Quanto aos bandido que diz que o bando de criminosos do MST vai para a luta armada é mais uma bravata.
    Os novos governantes, em caso de levantes contra a república , pode colocar, dentro da legitimidade, o exército para combatê-los e facilmente colocar todos para correr.

    • Luiz Paixão
      Não apenas ve-los fugindo ao debate ou tentando empurrar o lixo que fieram para a responsabilidade de outros.
      O que acho mais engraçado é os petistas na tribuna da câmara ou do senado, levando assuntos outros, como se nada estivesse acontecendo.
      A casa em chamas e eles vendendo ingressos para quermesses.
      Patéticos, ridículos, vergonhosos e infantis os petistas fugindo ao debate, mentindo e tentando passar a idéia de que tudo está sob controle.
      Os mais espertos e que combatiam, agressivamente os opositores, quando aparecem, ficam calados.
      Como dissestes, é uma comédia.

  5. Bravatas ou não, de brincadeira ou não, não quis dizer ou coisa parecida, são desculpas que não cabem em nenhum episódio, ainda mais quando ditas por um ex-presidente de uma país.
    Não aceito isto como parte da política. Lulla tem de ir para as barras dos tribunais, mesmo que seja só para mentir, para dizer que não quis dizer ou qualquer coisa.
    Foi deixando passar atos assim, que chegamos onde estamos hoje.
    Reitero: se algum colega puder indicar os caminhos e as formas de responsabilizá-lo, agradecerei muito. Infelizmente, sou apenas um rábula.

  6. Eu queria saber qual é a fonte de renda deste tal de stédile. Sei que o governo dos petralhas dá dinheiro para ongs fajutas e o mst. Como este tal de stédile se sustenta. Gostaria de saber se este pilantra já trabalhou algum dia na vida. Quanto ao mula seu fim esta próximo, ninguém consegue enganar os outros eternamente.

  7. Compactuo com a opinião de Celso Serra sobre o MST.
    Quanto ao texto do Valmor Stédile, discordo veementemente que o outro Stédile, o João Pedro, seja um homem honrado!
    Um cidadão honrado não possui “exército” próprio;
    Não manipula incultos e incautos, como faz com o grupo que comanda, composto por homens e mulheres que pensam estar lutando contra as classes dominantes quando, na verdade, estão sendo treinadas para uma revolução;
    Não incentiva que seus compatriotas lutem entre si;
    Não poderia apoiar este governo corrupto e desonesto, muito menos este canalha do Lula, que, abertamente, ameaçou a população brasileira;
    Não incentivaria a segregação social;
    Não se julgaria um líder, neste caso, pois é um falso revolucionário, um enganador;
    Stédile faz questão do confronto, da batalha campal, de modo que tenha motivos para promover violentas invasões, a matança de animais, destruição de lavouras, e fazendeiros ou donos de sítios assassinados pela seu grupelho de vagabundos e criminosos!
    De forma alguma concordo que Stédile seja um homem honrado, mas um traidor desta Pátria, um indivíduo maléfico, sem caráter e hombridade.
    O comentário de Molina é procedente, e também concordo com o que escreveu.

    • PRECONCEITOS À PARTE, IMPORTAM OS FATOS

      O Brasil vive momentos conturbados, espera-se que a presidente Dilma Rousseff não caia na furada da TV Globo, que há décadas estimula a divisão em torno do binômio ‘FHLula’ – o país partido ao meio com os interesses atados em três pontas (divergem no varejo e se ajustam no atacado).

      Se toda unanimidade é burra embarcar nessa bifurcação induzida seria o cúmulo da burrice. Dilma deve conclamar a união do povo para um governo novo de novas ideias.. http://www.cartacapital.com.br/revista/837/o-governo-comecou-mal-405.html http://www.cartacapital.com.br/revista/837/o-governo-comecou-mal-405.html

      A entrevista de João Pedro Stédile acessível acima, por seu conteúdo cortante de grande relevância nacional, responde às ilações do agressor que na falta de argumentos para contrapor com ideias se apega ao ataca de nervos à citação feita escorregando em generalizações e pessoalidades.

      • Deixa de tergiversar, Stédile,
        Não sou eu que tenho exército particular, tampouco partiu de mim que eu iria convocar o contingente do teu xará para a briga!
        E, se escrever verdades é ser preconceituoso, na tua ótica, reafirmo o que escrevi acima sobre o “líder” do MST, que tanto defendes.
        Aliás, é típico de políticos aliar-se a corruptos, desonestos, baderneiros, agitadores, que supostamente encabeçam movimentos sociais!
        Se o teu amigo ou parente, não sei, João Pedro, erguesse mesmo a bandeira que alega desfraldar, o primeiro passo era pedir pela diminuição dos impostos, que aflige a população brasileira totalmente.
        Seguiria pedindo pelo fim dos crimes petistas, e terminaria o discurso bradando por entendimento, menos enfrentamento!
        Quanto à falta de argumentos, quem não os tem és tu, que me agride pessoalmente, enquanto em nenhuma frase dos meus comentários eu me dirigi à tua pessoa.
        Aliás, até no que está escrito tentas desmentir, crias uma versão capciosa, comportamento do político e partidário que pende para o lado onde se encontra o poder, menos para atender o povo e País nas suas necessidades mais gritantes!
        Meus comentários ao longo de mais de três anos bastam para comprovar o meu comportamento e atuação neste blog incomparável, minhas posições, meus pensamentos, absolutamente afastados de qualquer tipo de preconceito, diferente do ódio que vocês nutrem por aqueles que discordam dos discursos ideológicos rançosos que os caracterizam, a luta de classes, a revolução, o banho de sangue.
        A tua conversa mole não dará certo comigo jamais, Stédile, pois estou vacinado contra elementos que se dizem líderes de movimentos sociais, na verdade espertalhões, que se aproveitam das carências alheias para se projetarem no cenário nacional, exemplos clássicos de vadiagem e inutilidade para o Brasil.

  8. Dia desses, li um artigo sobre como a humanidade seria exterminada.
    Em 1972, o pesquisador John Calhoun decidiu construir um paraíso para ratos, com belos edifícios e alimento ilimitado. Ele introduziu oito ratos a essa população. Dois anos depois, os animais tinham criado seu próprio apocalipse.
    “Universo 25” era o nome da caixa gigante, projetada para ser uma “utopia roedora”. O problema era que essa utopia não tinha um criador benevolente. John B. Calhoun queria ver o circo pegar fogo. Ele já tinha projetado outros ambientes para ratos até chegar ao 25º, e não esperava uma história com final feliz.
    Dividida em “praças principais” por sua vez subdivididas em níveis, com rampas indo até os “apartamentos”, o Universo 25 era um lugar maravilhoso, sempre abastecido com comida, mas que logo começou a ficar apertado demais.
    Tendo iniciado com oito ratos, quatro machos e quatro fêmeas, o Universo 25 chegou ao dia 560 com uma população de 2.200 animais. Em seguida, diminuiu de forma constante até a extinção irrecuperável.
    Durante os terríveis dias dessa população de pico, a maioria dos ratos gastava cada segundo que vivia na companhia de centenas de outros ratos. Eles se reuniam nas principais praças à espera de ser alimentados e, ocasionalmente, atacavam uns aos outros. Poucas fêmeas levavam suas gestações a termo, e as que faziam pareciam simplesmente esquecer seus bebês. Às vezes, abandonavam um filhote enquanto o estavam carregando, deixando que caísse.
    Os poucos espaços isolados da enorme caixa abrigavam uma população que Calhoun nomeou de “Os Bonitos”. Geralmente guardada por um macho, as fêmeas e os poucos machos no interior do espaço não se reproduziam, lutavam ou faziam qualquer coisa a não ser comer e dormir. Quando a população geral começou a diminuir, os bonitos foram poupados da violência e da morte, mas tinham perdido completamente o contato com os comportamentos sociais, incluindo ter relações sexuais ou cuidar de seus filhotes.
    O PT serve como exemplo de como vão se exterminar quando acabar a distribuição dos roubos entre eles!
    Preocupados unicamente em locupletarem-se com o erário público e sem qualquer constrangimento, o dia que deixarem o poder vão se matar, pois somente aprenderam a lesar o País e povo brasileiro.
    Afastados da população porque se julgam superiores, ricos, imunes às leis e códigos sociais, interrompidos nas tarefas que eram hábeis, petista matará petista, o concorrente direto, diante da falta do alimento principal:
    O produto do roubo!
    Quem disse que não há esperança para o Brasil e sua população?!

  9. Oi. Mauro Júlio.
    Realmente o PMDB está com a faca e o queijo na mão. E ainda, COM A GOIABADA DE LADO.
    Não sou peemedebista e nem nunca fui.
    Mas, ”dos males, o menor”

  10. A grande mídia contribui muito para a situação que se encontra a política brasileira. Qual o interesse em dar repercussão para os discursos vazios deste cidadão? Ele, se fosse um patriota verdadeiro, estaria articulando humildemente uma aliança interna para a governabilidade e estabilidade social e econômica deste país. Convergência em vez de divergência, esta é a necessidade. No entanto, o cidadão tenta desagregar de maneira irresponsável a nossa alienada gente.
    O Brasil parece viver em uma bolha crescente de insanidade geral, análoga com a crise das tulipas holandesas no ano de 1636. Naquela época, a mentalidade reinante estava tão deslocada da realidade a ponto de fazer uma tulipa mais rara valer mais que uma mansão. Todos achavam normal este devaneio, até que, diz a lenda, um marinheiro bêbado ficou fora de si, perdeu o senso daquela ” realidade” bizarra e comeu uma tulipa que estava exposta no bar como símbolo de valor social do proprietário. Os homens que não estavam tão bêbados e viram o ocorrido, sentindo-se inicialmente ultrajados pela conduta criminosa do marinheiro, hostilizando-o, perguntaram como ele tinha coragem de comer uma tulipa como aquela. A resposta do marinheiro bêbado foi o choque que em menos de uma semana explodiu a bolha das tulipas. Todos acordaram do sono hipnótico da opinião reinante após o marinheiro responder simplesmente que comeu aquela florzinha porque estava com fome. Simples assim, a tulipa era uma flor e ponto final.
    Estamos precisando acordar de um hipnotismo que nos tira a razão e o vislumbre da realidade dos fatos.
    Falta-nos o marinheiro bêbado.

    • dePinho,
      Excelente comentário que escreveste.
      Pergunto:
      Teremos de ter esperança em mais um bêbado para solucionar nossos problemas?!
      Será que resolver nossas questões teremos de ser um País de ébrios?!
      Um abraço.

      • Sr Bendl
        Agradeço o elogio. Sempre acompanho com interesse seus vários comentários e os aprecio muito.
        O marinheiro bêbado, para mim, é um ser coletivo que representa todos aqueles que querem um país melhor, mais sincero e justo, livre de ameaças de fantasmas do passado que arrastam correntes até hoje para nos dizer que ainda estão vivos. A roda deve girar no sentido horário para o seu eixo caminhar para frente. Um abraço.

        • dePinho,
          Por favor!
          Claro que aproveitei o teu texto irrepreensível para me dirigir ao Lula, que tu bem entendeste.
          Concordo que estamos meio anestesiados diante de tantos descalabros, tanta desfaçatez, escândalos, corrupção e desonestidade.
          Parece que não nos atingem mais com o devido impacto, que a violência da rotina exigiria.
          A dificuldade, a meu ver, está em encontrarmos um marinheiro bêbado ou mesmo sóbrio para nos tirar desta letargia, desta passividade aterradora, e que os criminosos tanto gostam para se aproveitar da nossa contemplação enquanto agem sem qualquer empecilho!
          Um abraço.

  11. Francisco Bendl
    Parabéns! esse artigo reproduz a Teoria de Malthus, pena que pouca gente sabe. Para consumo, uso frequentemente a frase simplificada: “quem procria como rato, está condenado a viver como tal ( no kaos);

  12. Lula sempre copiou tudo que Hugo Chávez dizia . Agora, é Elías Jaua. Só não copiou o preço da gasolina que, naquele país, é um terço do Brasil. Lula baixará a bola quando a Rose for indiciada pela PF e a Receita apurar como um triplex um Guarujá-SP tem o valor de compra de 47 mil. O criador de tudo que é ruim na política brasileira, sem credibilidade externa e interna e o país sem rumo, está prestes a cair na TARRAFA.

  13. Que vergonha usando foto de outro episódio para rechear uma matéria…que feio!

    Esta foto do texto nada tem a ver com treinamento do MST…é uma foto feita por um jornalista durante a reintegração de posse da favela do Pinheiro em SJC, no ano de 2012, durante gestão do PSDB. Esse episódio foi muito comentado por ter sido recheado de violência por parte da polícia, conforme foi denunciado na época pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, vinculada ao Ministério Público Federal.
    Aqui estão outras fotos do mesmo episódio feitas pelo fotógrafo-jornalista! Posso denunciar isso ao dono das fotos?? http://tribunadainternet.com.br/tres-opinioes-sobre-a-ameaca-de-lula-usar-o-exercito-do-mst/

  14. Agrego ao meu texto um fato que vale recordar.

    Quem se lembra dos últimos “acertos” da UNASUL ?

    Vou lembrar: ESCOLA MILITAR COMUM, LIVRE TRÁFEGO AÉREO E MUITOS OUTROS “AJUSTES” COM AS DITADURAS E OS DITADORES DE PLANTÃO.

  15. Pessoal, vez por outra converso com os meus botões: se Lula, realmente fez o curso nos EEUU, com o braço sindical da Cia (e eu acredito que sim) ele não representa perigo (lembro do comentarista Laco Silva e outros que falavam isso aqui, neste blog incomparável, conforme diz o Bendl). O ex-presidente é especialista em lançar frases de efeito e as mídias perdem-se em divagações. Lula é um conservador de direita, seu partido idem, deixaram os banqueiros bilionários. Obama estava certíssimo quando disse: “Ele é o cara”(que convém ao Neoliberalismo, completo). Quanto ao exército do Stédile, lembro que em antiga entrevista o presidente do MST dizia querer uma reforma agrária igual ao Estados Unidos, logo… não tenham medo, é só bravata… Lula e alguns petistas/governistas já são habitantes das “elites”, jamais irão derrubar sua classe política-econômica… o povão já percebe isso por onde ando… Baixada Fluminense, Grande Rio… e afins… quem faz manifestação é militante a soldo, digo, a troco de alguns minutos de fama nas fotos… funcionários estatais e afins…

  16. O PT não é um partido político, é uma seita fundamentalista formada por fanáticos que seguem cegamente seu aiatolá e o adora. São verdadeiros demônios dirigidos por Lúcifer, são legiões diabólicas e nunca agem sozinhos, vivem das sombras da escuridão da morte, roubando a nação.
    A Besta (Lula) e o Falso profeta (Dilma) faz seu trabalho em perfeita harmonia. Infelizmente, esses nefastos procurou a terra para fazer seu reino.
    Estamos ferrados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *