Tumulto nas principais cidades do país. A quem isso interessa? Aonde vamos parar?

Manifestantes tentam chegar próximo ao Estádio Mané Garrincha, em Brasília Foto: Givaldo Barbosa / O Globo

Carlos Newton

Embora não goste de escrever sobre minhas experiências pessoais, preferindo trabalhar no terreno das ideias, desta vez vamos quebrar a regra, para falar sobre as manifestações do Sete de Setembro no Rio de Janeiro. Como moro bem perto do Palácio Guanabara, onde se concentram os protestos, tenho visão privilegiada, estou bem no meio da confusão, independentemente de minha vontade.

Meu ponto é o Mercadinho São José, na Rua das Laranjeiras, onde meu filho tem um estúdio musical e eu uso o escritório dele para editar o Blog. A rotina é sempre igual. Primeiro, a gente ouve o barulho dos helicópteros da polícia e das emissoras de TV. Depois os manifestantes vem subindo a rua, com o trânsito interrompido.

Na trajetória, as lojas e bares vão fechando, porque ainda se veem as marcas da manifestação anterior, que quebrou todas as agências bancárias e até abrigos para passageiros que esperam ônibus. Há calçadas em péssimo estado, as pedras portuguesas são usadas nos enfrentamentos com a polícia.

SEM MÁSCARAS

A maioria dos manifestantes vem de cara limpa, muitos deles são funcionários públicos, especialmente professores, que trazem faixas e cartazes contra o governo de Sérgio Cabral. Mas a imensa maioria é formada de jovens, inclusive ainda adolescentes, usando camisetas negras, mas tem de tudo – neste Sete de Setembro, apareceu até um baixinho de terno preto e gravata vermelha, sobressaindo na multidão.

Ando no meio dos manifestantes, fico observando. Não parecem ameaçadores e não há lideranças aparentes. Apenas um deles, com o rosto pintado como palhaço, tenta mostrar serviço, gritando palavras de ordem, mas dá para notar que ninguém o conhece nem liga para ele.

Fica parecendo que vai ser apenas mais uma manifestação contra Cabral, um governador de merda, conforme classificação na escala Richter de corrupção e incompetência deste Blog.

BLACK BLOCS

Mas é só aparência. Quando chegam os Black Blocs, tudo muda. A multidão vai ficando cada vez mais furiosa, começam os xingamentos aos policiais, os confrontos, as pedras e garrafas, as bombas de gás lacrimogêneo, os sprays de gás pimenta, os cassetetes, as pistolas de choque elétrico e as balas de borracha.

As bombas explodem na porta do Mercadinho. O gás lacrimogêneo invade o local. corro para o estúdio, mas não adianta, a fumaça me intoxica. Os olhos ardem demais, começo a tossir. É uma sensação horrorosa. Lavo os olhos na pia. E depois fico lá dentro, trancado no escritório, observando pelo vidro da janela as pessoas correndo na Rua das Laranjeiras.

Nas outras grandes cidades, tumultos e confusões semelhantes. Aonde isso vai nos levar? Lembro dos protestos estudantis na década de 60, tomando cerveja com os amigos do célebre edifício Zacatecas antes de participar da Passeata dos 100 Mil. Quanta esperança e empolgação. Tudo jogado fora, por falta de habilidade política. Agora a gente vê a cena se repetindo, com o desvirtuamento progressivo das manifestações populares iniciadas em junho, quando não havia Black Blocs, Anonymous nem vandalismo.

Respondam: aonde isso vai nos levar? Acham que desta maneira, fazendo quebra-quebra, mudaremos o governo, a política e a justiça deste país? Se é isso que acham, nem precisam atirar a primeira pedra. Os Black Blocs já se encarregaram de fazê-lo.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

23 thoughts on “Tumulto nas principais cidades do país. A quem isso interessa? Aonde vamos parar?

  1. Mas o ponto é justamente esse: esses vagabundos desses Black Blocks são financiados pelo PT e por partidos satélites de esquerda para afastar a classe-média das ruas, desviar a atenção dos problemas do pais…
    A idéia é essa: a esquerda não se permite perder o controle das ruas e por isso soltam esses animais em cima do cidadão ordeiro.
    O objetivo é que fique tudo como está, ou então que o Brasil dê uma guinada ainda mais à esquerda, vire uma Venezuela, uma Cuba…

    • Por que essa mentalidade de macaquito colonizado de que viraremos países estrangeiros, seguidores de seus modelos, ao invés de nos tornarmos vanguarda dos outros? O que não concordo é a mentalidade de serviçal eternamente dependente de exemplos estrangeiros para se solucionar nossos problemas. E frequentemente esses exemplos servem a interesses estrangeiros e não nos beneficiam.

  2. Hoje de manhã foi na Rua do Lavradio com a Visconde de Rio Branco. Moro perto.

    Aí quando vc se mostra contra, mesmo vindo de quem viveu a história, tem sempre um desavisado, que diz que fulano é à favor do Cabral e da milícia!

    Pessoal usa de pragmatismo (burro) para crescer em cima ou sofre de disfunção cognitiva. Só pode.

  3. Fiz uma reflexão agora, e me assustei,sai Cabral,entra Pezão,não entra Pezão,vem Pedro Melo,assim não dá é um verdadeiro filme de terror.Peço sempre a mudança nos meus comentários pelo voto,porém imaginem os candidatos de 2014;Pezão,Garotinho,Lindinho,assim papai não aguenta.Chama deus, eu quero subir……..

  4. Li em um muro de Santa Teresa, RJ:”Quem semeia miséria colhe fúria”. Infelizmente, governos e elites, há 513 anos semeiam miséria, inclusive atualmente nas filas dos hospitais públicos, nos transporte coletivos, no descaso com a educação. Parece que o país está acordando… e quando se acorda a cama fica desarrumada, infelizmente nosso Brasil está assim.

  5. Na globo quando é contra ella é baderneiro, vândalo, mas quando é contra Dilma é manifestante o nome das bestas-feras. Enfim,os violentos, baderneiros e vandálicos estão ficando a cada dia mais isolados pela sociedade, na qual, em princípio elles se infiltraram, se misturaram, tentaram até mudar a cor do rebando mas quebraram a cara. A casa delles caiu. Caiu a ficha do povão. Ninguém consegue enganar muita gente por muito tempo. “Anonymous ” e seus pares, violentos, são apenas mercenários porralocas, oportunistas, pagos para promoverem a baderna, impedir os avanços e criar clima propício ao golpe. São impostores pollíticos temporais da pior espécie: mercenários, violentos e golllpistas. Já foram detectados pela sociedade que está demonstrando que sabe separar o joio do trigo. O pior de tudo é que esses picaretas porralocas, mercenários e violentos, estão impedindo que a sociedade cabeça, pacífica, que tem Projeto Novo e Alternativo saia às ruas. Esses pilantras violentos estão queimando o filme de todo mundo. Urge colocarmos esses merdas, brucutus, violentos e criminosos, nos seus devidos lugares: celas de segurança máxima. Esses canalhas violentos, não representam ninguém, senão elles mesmos, o capital e o golpismo-ditatorial. Valha-nos, Senhor, 513 anos de lutas para passarmos este país à limpo, e quando a hora está chegando, aparecem esses lixos sociais viollentos, filhotes das viuvas da dita cuja, para estragar tudo outra vez, e até impedir que o Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política saia à ruas, pacificamente, abraçado à sociedade consciente, democrática, mentalmente sadia e evolutiva. Fala sério. Fora das ruas, lixos sociais violentos, baderneiros, gollpistas, o filme de vocês já está queimado, a sociedade já sacou qual é da de você, malandros. Vocês estão impedindo o advento do Fato Novo de Verdade.

  6. Quer queira, quer não queira,
    Cabral foi eleito pelo voto
    livre, democrático e com lar-
    ga margem sobre seu oponente.

    Caso isso acontecesse com o
    Governo do RS, estaria ele
    com os olhos esbugalhados
    acusando golpe da elite.

    É uma meia dúzia que quer impor
    a sua ditadura.

  7. Na globo quando é contra ella e a oposição é baderneiro, vândalo, mas quando é contra a situação é manifestante o nome das bestas-feras. Enfim,os violentos, baderneiros e vandálicos estão ficando a cada dia mais isolados pela sociedade, na qual, em princípio, em junho, elles se infiltraram, se misturaram, tentaram até mudar a cor do rebando mas quebraram a cara, o povo é pacífico. A casa delles caiu. Caiu a ficha do povão. Ninguém consegue enganar muita gente por muito tempo. “Anonymous ” e seus pares, violentos, são apenas mercenários porralocas, oportunistas, pagos para promoverem a baderna, impedir os avanços e criar clima propício ao golpe. São impostores pollíticos temporais da pior espécie: mercenários, violentos e gollpistas. Todavia, á foram detectados, filmados pela sociedade que está demonstrando que sabe separar o joio do trigo. O pior de tudo é que esses picaretas porralocas, mercenários e violentos, estão impedindo que a sociedade cabeça, pacífica, que tem Projeto Novo e Alternativo saia às ruas. Esses pilantras violentos estão queimando o filme de todo mundo. Urge colocarmos esses merdas, brucutus, violentos e criminosos, nos seus devidos lugares: celas de segurança máxima. Esses canalhas violentos, não representam ninguém, senão elles mesmos, o capital e o golpismo-ditatorial. Valha-nos, Senhor, 513 anos de lutas e espera para passarmos este país à limpo, e quando a hora está chegando, aparecem esses lixos sociais viollentos, filhotes das viuvas da dita cuja, financiados pelo capital sujo, para estragar tudo outra vez, e até impedir que o Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política saia à ruas, pacificamente, abraçado à sociedade consciente, democrática, mentalmente sadia e evoluida. Fala sério. Fora das ruas, lixos sociais violentos, baderneiros, gollpistas, o filme de vocês já está queimado, a sociedade já sacou qual é a de vocês, malandros, mercenários,dissimulados, vigaristas. Vocês estão impedindo o advento do Fato Novo de Verdade e o descortino de novos horizontes democráticos.

  8. Tenho um reparo a fazer no texto do articulista relacionado a frase TUDO JOGADO FORA, POR FALTA DE HABILIDADE POLÍTICA, no que respeita aos anos 60. Confesso que achei nebuloso, porque o articulista diz ter apoiado a manifestação dos 100 mil e parece, se não estou enganado, culpar por falta de habilidade os manifestantes de então. Ora, o articulista deve se lembrar que aquelas manifestações ESTUDANTIS eram reprimidas à bala, o Edson Luiz, no Rio, já tinha sido assassinado e as testemunhas que presenciaram nas proximidades do antigo Calabouço estavam sendo perseguidas para o mesmo destino, a dos 100 mil preocupou muito e acabou por ser uma das causas do fechamento total das vias legais de luta contra a ditadura Costa e Silva, com a decretação logo em seguida do Ato 5, antes que o número de manifestantes ESTUDANTIS aumentasse, como expressava floreadamente os considerandos do Ato 5 lido nas TVs à época. Assim, se houve inabilidade no jogo de pressão legal na luta, foi da ditadura que não dialogou e deixou a oposição com as opções de se acovardar ou sair para outros métodos, que é o que aconteceu.

  9. Oras, é uma analogia à falta de habilidade políticas atuais, sem foco, sem direção! Não continuam sendo os ESTUDANTES que vão para as ruas (ainda que sejam da classe média na sua maioria)?Para onde está nos levando estas manifestações? Por acaso à verdadeira social democracia? Não estou vendo isso hoje.Perdemos o BONDE DA HISTÓRIA depois da última manifestação em massa de junho. Por falta de habilidade política, continuamos com um congresso e uma constituição podres.

  10. Os Black Blocs, mascarados e outros que vão para as passeatas cometer atos de violência e
    depredações, tem a única finalidade de desmoralizar as passeatas pacíficas. A quem interessa
    isso?

  11. Pelo que vi acompanhando os protestos pelo Midia Ninja não foram os manifestantes que começaram a confusão. A polícia estava reprimindo os protestos sem motivo algum. Não é à toa que um jornalista do jornal O Dia foi agredido. Eu sei que as manifestações perderam um pouco o foco, mas a verdade é que o povo está revoltado e está pondo pra fora o que ele vivencia há anos.

  12. Acho que está na hora de a polícia parar com essa história de balas de borracha e gás de pimenta e abrir fogo de verdade, matando uma centena. Está na hora de iniciar uma verdadeira revolução.

  13. A verdadeira e maior manifestação será realizada em 3 de outubro de 2014. Quando o povo não fara as badernas que hoje e feita pelos contratados do PT e será uma manifestação silenciosa e seria. Como diria o falecido Janio Quadro a vassoura vai mandar toda essa sujeira para dentro do esgoto, lugar de onde ela nunca deveria ter saido.

  14. Tenho a mais nítida certeza que o PT e seus mercenários estão por trás de todo esse banditismo, para desmoralizar o movimento dos bons brasileiros. Nunca mais esses canalhas terão meu voto.

  15. Bráulio Nélles

    De uma coisa você tem certeza estes porralouca falados, malandros, mercenáriose vigaristas, são Ptralhas disfarçados, ou não viu que queimaram a bandeira do nosso país trancando pela de Cuba.
    Acorda.

  16. MEU CARO CARLOS NEWTON: JAMAIS O CONHECI, MAS TEMOS ALGO EM COMUM: MOREI NO EDIFÍCIO ZACATECAS POR MUITOS ANOS. E MAIS: SUAS IDÉIAS SÃO IGUAIS ÀS MINHAS. HOJE, AOS QUASE 80 ANOS, MORO NO CEARÁ E LAMENTO, IGUALMENTE, A SITUAÇÃO AMORFA E INODORA POR QUE PASSA NOSSO PAÍS. NÃO SEI SE TEREI A VENTURA DE VER TEMPOS MELHORES ANTES DA VIAGEM SÓ DE IDA. DEUS TENHA PIEDADE DO NOSSO POVO!

  17. A quem interessa isso? Óbvio, pt e seus meliantes! Intimidam a população com as manifestações pacíficas.

    Antonio Ranauro Soares: esqueceu das urnas eletrônicas? Enquanto essas malditas urnas existirem não nos livraremos dessa corja.

  18. Se não me falha a memória corrompida por tanta birita no passado, os anonymous e os BBs já estavam presentes em junho, mas ainda sutilmente. Lembro de máscaras de Guy Fawkes já nos primeiros protestos, assim como “mascarados”. Apenas a nomenclatura é que foi abordada posteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *