Um agradecimento aos heróis anônimos que nos amparam

O Hospital Ernesto Dornelles é referência no Sul do país

Francisco Bendl

Quase que na mesma situação de paralisia do governo Dilma, fiquei hospitalizado por sete dias, e deixei a Tribuna da Internet bem melhor com a minha ausência.

Mas, como a alegria dura pouco …

Uma grave crise renal me levou para uma cirurgia de emergência porque um dos rins havia parado e o outro se negava a “completar” a tarefa.

Resultado: mais um dia eu seria um paciente de hemodiálise.

Foi a primeira vez na minha vida que baixei hospital. Jamais eu havia sido internado em 65 anos, e não foi uma experiência agradável ou que me faça repeti-la, ao contrário.

No entanto, deverei passar pelo mesmo processo em 30 dias, com a retirada do cateter interno, e constatar se a cirurgia foi de fato exitosa conforme se mostraram os exames hoje pela manhã quando dei alta.

SOFRIMENTO

Quero aproveitar a ocasião para deixar claro que a maioria das pessoas não sabe o que se sofre em um hospital por melhor que se esteja sendo atendido.

As dores, o sofrimento, a solidão, as noites intermináveis, tais vicissitudes diminuem com a chegada dos familiares e amigos, que se dissipam também quando vão embora.

A cirurgia havia sido marcada para domingo último passado, ao meio dia, pois desde quinta-feira, 3/9, eu me encontrava hospitalizado.

Claro que a expectativa é enorme. Os nervos ficam à flor da pele, a ansiedade é grande, mas o que mais me chamou atenção e perturbou, confesso, foi a passagem pela UTI, antes das salas de cirurgias, e ver os pacientes ligados a tubos, mangueiras, máquinas, computadores, pessoas tomadas de aparelhos para respirar, controlar a pressão, sangue, alterações vasculares, um laboratório de seres humanos na esperança que a ciência e a tecnologia ou ajudem a resolver seus males, suas deficiências orgânicas e mentais.

BELO ATENDIMENTO

Neste intervalo de dois/três minutos que levei percorrendo esta seção, a minha cama empurrada por dois enfermeiros para evitar qualquer batida em outras macas, vi o empenho do corpo clínico em atender os pacientes.

A calma, a voz suave, os gestos de amparo, o carinho ao esfregar-lhes os cabelos, percebi que ainda existe dentro de nós um sentimento que prepondera sobre aqueles que não enaltecem a grandiosidade do homem, tais como a vaidade, o orgulho, a ostentação, a falsidade, o ódio.

Dentro de um hospital e precisando de um estranho que nos auxilie de qualquer jeito, percebemos como somos frágeis, toscos, um monte de carne e ossos que se amontoam em si mesmos se não têm a mão erguida para ajudar, levar ao banheiro, limpar, dar remédios, conceder palavras de incentivo, e suportar os gemidos, o sofrimento alheio.

HERÓIS ANÔNIMOS

Permaneci no quarto 1523, 5º andar, do Hospital Ernesto Dornelles, em Porto Alegre, de sexta-feira até hoje, uma semana, e conheci homens e mulheres que eu os conceituo como heróis anônimos.

Dedicados, profissionais, competentes, atenciosos, gente comum que faz o incomum, pois lavar um doente que não pode ir ao banheiro, trocar-lhe as fraldas, dar-lhe de comer, massagear-lhe a pele, os músculos, os pés, são funções que muitos familiares se negam, sentem nojo, enquanto que esses anjos terrenos se esmeram em fazer o melhor, em se doar, em transmitir tranquilidade, paz e bem-estar.

Agradeço aos meus anjos e anjas que me trataram nesta semana.

Prometo que em homenagem a tanta dedicação e desvelo, tentarei ser melhor, mais compreensivo, mais tolerante, pois fui alvo de atenções de gente especialíssima, de pessoas amorosas, de seres humanos, verdadeiramente.

Fui um paciente que reclamava querer ir embora todo o tempo, que passou por uma cirurgia de instalação de um Duplo J, mas que sente saudade do acolhimento extraordinário que lhe concederam nesses últimos sete dias. Muito obrigado à equipe médica e clínica que atende o 1523.

Um forte e fraterno abraço a todos.

68 thoughts on “Um agradecimento aos heróis anônimos que nos amparam

  1. Caro amigo Newton,
    Muito obrigado pela deferência, e pela bela foto do hospital, exatamente por onde entrei na sexta-feira passada.
    Conta sempre com o meu afeto.
    Um abraço.

  2. Francisco Bendl setembro 10, 2015 10:05 pm

    Meus agradecimentos profundos pelos telefonemas diários que o nosso Dr.Béja entrava em contato comigo.
    Ouvir as suas palavras de ânimo e incentivo, seu carinho por um comentarista deste espaço extraordinário, serviam como bálsamo para aquele dia, pois uma pessoa que não conheço pessoalmente se preocupava comigo e me desejava o mais rápido restabelecimento.
    O nosso advogado e admirado articulista sabe do poder que as palavras de alento têm quando proferidas com sinceridade, amizade, preocupação e consideração.
    Agradeço esta demonstração de amizade inequívoca, pura, consciente, que me deixava ao mesmo tempo orgulhoso e desejando que eu superasse o mais rápido possível o grave problema de saúde que eu me encontrava, de modo que eu pudesse voltar ao convívio daqueles que gosto, admiro, que me fazem bem, que conversam e dialogam comigo, inclusive debatendo e discutindo.
    Aceitem, de coração, o meu desejo de muita saúde a todos, indistintamente, mas acreditem que, na mesma medida, a importância da amizade tem a sua eficácia e eficiência como se fosse o melhor remédio para qualquer doença, então coloco a minha amizade à disposição dos meu colegas de forma absoluta e inegociável.
    Obrigado, caríssimo Dr. Béja.

    • Querida Carmen Lins,
      Obrigado pela solidariedade.
      Pessoas como tu me animam a seguir em frente porque desejamos o mesmo para o País e ao próximo.
      Um beijo respeitoso.

  3. Amigo Bendl.
    Desejo a sua mais breve recuperação, a TI só perdeu com a sua ausência. Também estou um pouco de molho, pois operei um desvio de retina, quem sabe causado por certos comentários.
    Bem vindo novamente.
    Forte abraço !

    • Caro Virgílio,
      Grato pelas palavras afáveis.
      Também te desejo pronto restabelecimento nesta tua cirurgia.
      Conta sempre comigo.
      Um abraço forte e caloroso.

  4. Caro Bendl

    Desejo-lhe franco e rápido restabelecimento físico, porquanto tenho certeza de que sua solidez espiritual em nada se abateu diante da provação que, se de um lado aviva o sofrimento de ser em face de aflições físicas diretas, de outro leva à reflexão sobre o entorno, onde avultam pessoas de altíssimo calibre moral, cuja operosíssima e anônima existência se nos revela, nesses momentos de inquietação, como verdadeiro refrigério diante das vicissitudes mundanas que ocupam, cotidianamente, nossa atenção. Dessas lições dolorosas, extraímos limpas pérolas para a vida. Efetivamente, os médicos, o pessoal abnegado da enfermagem e demais profissionais e assistentes ligados àquela faina ininterrupta nosocomial, nos fazem pensar em como fazemos pouco. E com que isenção de contato humano fazemos esse mínimo!
    Abraços fraternos

    • Caríssimo Bordignon,
      Reitero a necessidade que fazes à Tribuna com teus comentários de elevado teor cultural e mensagens positivas.
      Mereces a nossa atenção e admiração pela sensatez, equilíbrio e palavras de ordem oportunas e adequadas.
      Muito obrigado pelo recado que me deste, que me honra e me deixa ao mesmo tempo comprometido contigo no que diz respeito à verdade, à sinceridade, a esta amizade leal que temos porque apenas visa o que podemos oferecer de bom, de nós mesmos, do que somos, do que demonstramos de legítimo.
      Espero que eu jamais te decepcione, e consiga traduzir com as minhas conhecidas limitações os mesmos sentimentos que nos une, de um Brasil melhor, mais realista e esperançoso para todos nós, indistintamente.
      Um abraço afetivo, forte e caloroso, meu caro.

  5. Preado Sr. Francisco Bendl,

    Espero que o senhor tenha a mais pronta recuperação. Pelo teor do comunicado, parece que o pior já passou. Espero que em poucos dias o senhor esteja livre, leve e solto para sua vida cotidiana.

    Saúde, muita saúde,

    Ednei Freitas

    • Prezado Ednei Freitas,
      Obrigado pelo incentivo e palavras amáveis.
      A tua participação neste blog é imprescindível em face dos teus conhecimentos, cultura, visão e experiência.
      Um abraço do meu tamanho, meu caro.

  6. Sr. Francisco Bendl
    Consulte seu médico para ver o que ele diz sobre tomar cápsula de Granberry. Minha médica passou 1, 3 vezes ao dia e é para infecção urinária. Veja no Google tanta gente ficando boa com estas cápsulas. Também tomo suco, comprado em Super-mercado. Abraço

  7. Ora viva Chicão, bom que estejas de volta à ativa ! Uma dica metafísica: espiritualistas afirmam que problemas nos rins é raiva. Portanto, amigo, a solução é praticar o que Jesus e todos os demais Mestres da Humanidade ensinaram = “perdoar 70 vezes 7 vezes” ou seja, para cada assunto, perdoar 490 vezes. Livro: “Cure seu Corpo – as causas mentais dos males físicos e o modo metafísico de combatê-los”, terapeuta dos EUA, Louise L. Hay (mais de 1 milhão de exemplares vendidos em diversas línguas), editora Best Seller. A autora tem outros livros, sempre muito bons. Bons perdões !

    • Meu querido professor Rocha,
      Olha, pode ser que os espiritualistas tenham razão. Afinal das contas, ultimamente o governo só nos tem deixado muita raiva, revolta e indignação.
      No entanto, como eu pequei em alimentar este sentimento de ódio, é justo que recaia sobra mim as consequências de pensamentos que em nada contribuiriam para que a situação melhorasse, ao contrário, para que se deteriorasse.
      Desta forma, aceito humildemente o meu sofrimento, e agradeço a Deus passar por esta fase em vida, e alertar aos meus colegas comentaristas que não se deixem conduzir pela ira, mas pela bondade e compreensão, tolerância e paciência.
      Grato, professor, pelas sábias palavras, que me abriram os olhos quanto a esta parte que geralmente a desconsideramos.
      Um abraço grande, deste seu aluno.

  8. Prezado Sr. FRANCISCO BENDL,
    Ficamos Felizes em saber que o senhor já está em casa, escrevendo no bom Jornal TRIBUNA DA INTERNET onLine, depois de uma intervenção cirúrgica/tratamento de uma semana, no Hospital ERNESTO DORNELLES PA-RS.
    Desejamos-lhe pronta recuperação.
    Sua Humanidade e senso de Justiça, ficam caracterizadas no belo agradecimento aos “Heróis Anônimos”que nos amparam quando ficamos doentes e baixamos Hospital, especialmente Médicos(as)/Enfermeiros(as)/Administradores(as),Serventes(as),Auxiliares, etc.
    Também fiquei impressionado com a extrema gentileza do grande Advogado Dr. JORGE BÉJA, Escritor-Titular do TI onLine, que TODO DIA lhe ligava para saber como o senhor estava, e principalmente para “com BOAS PALAVRAS, ANIMÁ-LO”, pois como o senhor bem diz, “Não estando sozinho” é mais fácil enfrentar a crise.
    Abração.

    • Mestre Bortolotto,
      Certamente a maior colaboração que temos da Tribuna da Internet é a amizade, a preocupação que temos com os colegas e de esperar que estejam bem de saúde.
      As demonstrações acima de boas-vindas e que eu me restabeleça o quanto antes, enaltecem a esta aproximação que temos porque reflete a verdade, sentimentos positivos, que nos alegram e obrigam que façamos o melhor quando comentamos sobre os temas postados pelo nosso incansável Mediador e responsável por esta corrente extraordinária que formamos, de pensamentos voltados para o bem comum.
      Obrigado pelo apoio e solidariedade.
      Grato pelas palavras amáveis e confiantes.
      Sinto-me honrado em ser teu amigo e discípulo, reafirmando que podes contar comigo permanentemente.
      Um abraço forte e de grande consideração, mestre Bortolotto.

    • Minha querida Mara,
      Obrigado pela simpatia irradiante e carinho, que somente uma mulher com teus predicados poderia transmitir.
      Felicito o teu marido/companheiro por te ter junto dele, pois és simplesmente encantadora.
      Um beijo muito amável e paternal deste teu admirador.

  9. Caro Bendl,
    Que Deus o ajude a se recuperar o mais rápido possível e continuar ajudando o nosso convívio aqui no blog. Já passei por coisa parecida e compartilho todas as suas observações a respeito do CTI. Ter estado internado em um, apesar de ser experiência que ninguém quer repetir, é uma lição de humildade e solidariedade.
    Um grande abraço do
    Wilson

    • Querido Wilson,
      Então sabes perfeitamente avaliar o quanto sou agradecido pelas demonstrações de boas-vindas e palavras amáveis.
      Obrigado, meu caro, pela consideração, e saibas que é a mesma que tenho para contigo, que se soma à minha admiração e respeito que nutro por ti, meu caro.
      Um forte abraço.

    • Caro Jacob,
      Grato pelo incentivo e boas-vindas.
      No entanto, especial és tu, Jacob, uma pessoa que enaltece a Tribuna pela elegância, cordialidade, educação, e trato com os colegas.
      Um abraço de elevada estima, meu amigo Jacob.

    • Meu prezado Alverga,
      Obrigado pela solidariedade.
      Alegra-me em demasia a tua presença na Tribuna, pois tu a engrandeces com teus conhecimentos e a seriedade como expões os teus pensamentos, afora a relação amistosa que desfrutamos porque calcada no respeito e compromisso com a verdade.
      Um abraço fraterno.

  10. Amigo Bendl, feliz em saber que estás melhor, estava sentindo tua ausência, mas não sabias que tinha passado por este tormento. Meus votos sinceros de completo reestabelecimento e no aguardo, dos teus excelentes comentários. Baita abraço.

  11. Efrom, meu jovem,
    Obrigado pelo acolhimento.
    Depois desses agradecimentos vou parar por hoje, pois não devo permanecer sentado por muito tempo, devo me mexer mais.
    Mas eu não poderia deixar de expressar a minha gratidão pelos comentários tão amáveis e solidários pelo meu retorno, a ponto de eu afirmar que voltar a escrever faz parte do tratamento!
    Um abração, gaudério.

  12. Prezado Bendl, estimo plena recuperação e felicito seu retorno nesta trincheira virtual de luta de ideias e ideais. Permita-me sugerir que faça amplo uso alimentar de salsa, conhecida amiga dos rins! Saudações brizolistas

    • Caro Rodrigo de Carvalho,
      Obrigado pelo incentivo.
      Tenho aprendido muito contigo nesses anos que dividimos este espaço democrático.
      Tua lucidez, pensamentos claros e objetivos, a tua maneira característica de apresentares as tuas ideias são por mim admiradas e permanentemente elogiadas porque fundamentadas na razão, no bom senso, na realidade sem tergiversações.
      Um forte abraço, meu amigo Rodrigo.

  13. Ferreira, meu caro,
    Muito obrigado pelo incentivo!
    Tentarei ser bem melhor após esta “esfrega”, que me colocou a pensar o quanto nada somos se não tivermos apoio e consideração de outras pessoas.
    Na razão direta que tive atenção e cuidados exemplares no hospital, a Tribuna tem sido o meu refúgio mental, a minha oficina do pensamento, onde conserto as ideias ruins e brotam alguns pensamentos razoáveis em face das minhas limitações.
    Ora, se dizia o filósofo, Mente sã, em Corpo são, certamente estou bem equipado para melhorar o meu desempenho e estudar com mais eficiência e eficácia as razões pelas quais ainda somos atrelados a bobagens, a questões minúsculas, e não àquelas que nos engrandeceriam e que nos poderiam transformar em pessoas mais úteis e honestas, decentes e corretas.
    Saúde e Paz, Ferreira, meu amigo.

    • Pedro Rios, meu querido amigo,
      Tu és o homem que jorra ideias e pensamentos positivos, altruístas e úteis.
      Grato pela consideração, meu caro.
      Um abraço forte e caloroso.

    • Meu querido Edilson,
      A Tribuna não é a mesma sem vocês, sem esta solidariedade que nos une, que nos transforma em uma tribo coesa em prol de uma vida melhor e um País que nos dê esperança.
      Se, lá pelas tantas, escrevo algo que meus colegas concordem, inegavelmente que o convívio com pessoas tão extraordinárias me aponta o caminho da verdade, da razão, da coerência, e dele não posso fugir sob pena de trair a confiança que já depositamos uns nos outros.
      Assim, a Tribuna se equivale a uma fortaleza inexpugnável pois verdadeira, legítima, séria, comprometida com o povo e Brasil e, nós, conosco, entre os comentaristas que, se mais poderes tivéssemos além da liberdade de expressão, inegavelmente o País seria outro.
      Evidentemente que nesse meio tempo reconheço que por pior que seja o PT, a democracia em termos de críticas ao atual governo e muitas delas contundentes, só poderiam ser registradas porque ainda se obedece o pleno Estado Democrático de Direito, que acredito continuará sendo o estandarte que defenderemos com honra e galhardia.
      Um abração, Edilson.

  14. Eu estou rodeado pelo ser puro, e no Espírito Santo da vida, amor e sabedoria.
    Eu conheço a tua presença e poder,
    Oh abençoado espírito.
    A tua divina sabedoria aumenta sempre
    A minha fé na vida e na tua perfeita lei.
    Eu sou nascido de Deus puro dos puros e sendo feito a sua imagem e semelhança, sou puro.
    A vida de Deus é a minha vida, e com Ele vibro em harmonia e integridade,
    O conhecimento de que tudo é bom me libertou do mal.
    Eu sou sábio, pois expresso a sabedoria da mente e tenho o conhecimento de todas as coisas.
    Por isso vivo o meu direito na divina Luz, vida e liberdade, com toda a sabedoria, humildade, amor e pureza.
    Sou iluminado nas minhas forças e vou aumentando forças, vida, amor e sabedoria, coragem, liberdade e caridade, a missão que do meu Pai foi confiada.

    Em nome do Pai, do Filho e do Espírito,

    Salve Deus!

    Ps. :Bendl*, estou viajando e parei para lhe deixar esta prece de Sabá. Neste plano tudo é transitório. Fique com Deus.

  15. Querido Wagner Pires,
    Que Deus te ilumine e guarde!
    Muito obrigado pela oração, que também a dedico a todos nós, indistintamente.
    O nosso abençoado Dr.Béja e incansável Mediador, Carlos Newton, devem estar comemorando esta página com tantos comentários positivos, de desejos mútuos e recíprocos de saúde e paz.
    Portanto, o blog é viável, e conta com pessoas maravilhosas para enaltecê-lo, que dignificam o ser humano, que sabem discernir uma simples discussão política do que deve ser considerado como importante e não meramente transitório, que somos nós, menos a nossa honra, dignidade, decência, coragem, destemor, comprometimentos.
    Indiscutivelmente o dia de hoje é especial porque nos aproxima para o mesmo objetivo, o bem de todos, a saúde fortalecida e a paz espiritual, alicerces para ideias, pensamentos e conceitos que vencerão o tempo pela verdade neles contida, que deve ser mesmo apenas uma:
    Que todos vivam bem, que sejam amigos, que se deem às mãos, que lutem em busca do bem comum.
    Meu caro Wagner, que a tua viagem seja estupenda e inesquecível, e muito obrigado pelas palavras enternecedoras, de calma e agradecimentos a Deus por este momento sublime, e que a nossa Tribuna da Internet siga nesta trajetória auspiciosa, comandada por líderes de elevadas estaturas ética e moral, honra e decência, comportamento ilibado e honestidade, afeto e amizade!
    Louvado seja Deus!
    O meu abraço carinhoso, Wagner.

  16. Lindo depoimento, amigo Chicão!

    É bom que saibamos que cada de nós pode ir parar num hospital, hoje, amanhã, ou talvez já na próxima semana.

    E lá, em cada hospital da parte física deste planeta Terra (e nos de outras dimensões também!), há incontáveis nobres trabalhadores da área da saúde, que fazem o melhor que podem, dentro das condições que possuem, para colaborar no restabelecimento da saúde dos pacientes.

    Para esse verdadeiro exército de trabalhadores da área da saúde qualquer dia pode ser um dia de trabalho árduo. Seja sábado, domingo, feriado, Natal, Carnaval, Páscoa, etc… E qualquer hora também é, seja dia, noite, chuva, temporal, vendaval…

    Você, amigo Chicão, aproveitou essa sua necessária primeira vez numa internação hospitalar para ver – com olhos de ternura e reconhecimento – o quanto são importantes esses referidos trabalhadores.

    E fique certo que esse seu olhar atento e justo certamente lhe ajudou bastante na sua própria recuperação. Pois gerou inimagináveis energias de positividade.

    Forte abraço. Recupere-se bem, amigo. Confiança em Deus sempre!

    • Ah, meu querido Isac,
      Quanta bondade e ternura nas tuas palavras, meu caro.
      Como tenho reiteradamente escrito, a Tribuna e seus comentaristas excepcionais me ensinam diariamente os pequenos segredos de se viver em harmonia, de se viver bem, em paz, e desejando-se mútua e reciprocamente saúde.
      Eu ter reconhecido o valor dos trabalhadores em saúde foi uma obrigação. Não só pela atenção que fui alvo, mas pelas dificuldades que lutam para poder dar a mesma atenção que me foi designada a todos que precisam de médico, de enfermeiras (os), de gente que afora ganhar o pão com o suor do rosto e de um trabalho de altíssimo valor social e humano, amam o próximo, e não medem esforços para que se recupere bem e rápido.
      Obrigado pelas palavras tão meigas e amistosas, Isac, pois é inegável que esta página hoje se caracteriza pela positividade e anseios de vida plena de alegrias e felicidades para todos, indistintamente, repito.
      Um abraço do meu tamanho, meu amigo Isac.

  17. Caro Francisco Bendl,

    Saúde e Paz!

    Nossos Agradecimentos aos profissionais da saúde, heróis cotidianos.

    Você estará em nossas orações ao Bom Jesus e à Mãe Aparecida por Restauração Plena!

    Um Forte Abraço,
    Cordialmente,
    Christian

  18. Meu prezado Christian Cardoso,
    Obrigado pelos votos de pleno restabelecimento.
    Chegamos à conclusão que existem categorias que merecem a nossa unanimidade e reconhecimento pelo bem que fazem ao próximo, os trabalhadores em saúde.
    Inegavelmente teríamos os mestres, os bombeiros, policiais, na sua maioria absoluta, gente que se doa para os outros, que os ensina, cuida e protege.
    Também compõe um blog de renome como a Tribuna da Internet, que seus comentaristas elogiem esses profissionais tão esquecidos pelo poder público e tão mal pagos.
    Eu não poderia deixar passar esta oportunidade tão bondosamente oferecida pelo Newton, de agradecer às pessoas que me ajudaram nos sete dias que passei hospitalizado, pois reacendeu em mim a gratidão esquecida por essas pessoas fundamentais em nossas vidas, e que delas nos lembramos somente quando as precisamos, e depois as deixamos de lado.
    Agora, maravilhosa tem sido as demonstrações de apreço dos comentaristas com relação a esta categoria, que me deixa duplamente feliz.
    Um abraço, meu caro Christian, e obrigado pelo apoio.

  19. Os anjos dos hospitais são as equipes de enfermagem. Muito justa é a homenagem. Já os médicos, quanta indiferença. Acompanhando meus pais num hospital particular de SP, recebia aquele comportamento de quem só pensava em sua reputação de excelente doutor e mais nada, uns pousudos. Tratam assim até os demais profissionais, como os enfermeiros, fisioterapeutas e nutricionistas. Um figurao cardiologista aqui de Sampa foi um enorme filho da puta com minha família. Dei-lhe o desprezo que ele merecia.

    • Prezado Marcos,
      Obrigado pelo apoio e teres concordado comigo nesta justa homenagem ao corpo clínico dos hospitais.
      Lamento o episódio com o senhor teu pai, exceção nestes infindáveis exemplos de atitudes humanas e altamente elogiosas que temos para registrar.
      Minha solidariedade a ti e queridos familiares.
      Um forte abraço, meu caro.

  20. Minhas saudações, me somando aos demais, desejando-lhe pronta recuperação! Estava procurando por seus comentários e encontrei este artigo, tomando ciência da sua situação…
    Um abraço…

    • Muito obrigado, Edson.
      Não tens ideia do quanto me sinto bem ao lado de vocês, comentaristas deste blog incomparável, amigos e solidários nas horas difíceis.
      Um forte abraço, guri.

  21. Fisher, gostaria muito de te ver lá dentro, como o Bendl esteve e eu estive mais de uma vez, para que você sentisse na carne a grosseria, a estupidez e a insensibilidade do comentário que fez. Não deveria nem ter me dado ao trabalho de responder, e nem tenho nenhuma procuração para defender o Bendl, mas há coisas que não se consegue deixar passar.

    • Caro Wilson,
      Grato pelo apoio.
      Mas, observa:
      Dentre dezenas de comentários, um deles, apenas um deles, é diferente no seu conteúdo porque esta é a característica do ser humano.
      Não me importo com este “desejo” de breve retorno à UTI, pois voltarei a ela em 30 dias, mas a necessidade de os holofotes pairarem sobre o comentarista que não se contenta com a harmonia, a paz entre nós, que não comunga conosco dos mesmos objetivos e preocupações.
      Se a diferença o enaltecesse, vá lá, mas sabemos que se trata de uma questão de caráter mal formado, a começar que se utiliza da falsidade ideológica, pois o seu nome verdadeiro não é o registrado, então …
      O meu abraço forte e caloroso, meu amigo Wilson.

  22. Boa Noite!

    Sr. Bendl, enquanto teu anjo protetor, do topo do Hospital Ernesto Dornelles, cuidava de ti abaixo, podia mirar a paisagem de tua Porto Alegre no entorno.

    Essas imagens que desfrutava estão no link a seguir.

    Recomendo que quando convalescerdes agende uma visita ao topo do HED para conferir as imagens.

    Boas Vistas!

    “fotos do topo do Hospital Ernesto Dornelles
    com vistas de varios bairros da cidade.

    Fotos tiradas no final de Junho.2009.” :

    http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=925984

    • Meu caro Ferreira,
      Considerei a foto do HED muito bonita, pois estampa a nova fachada do setor de emergência do hospital.
      Muito obrigado pelas palavras amáveis e animadoras, principalmente pela crença no anjo protetor, que todos nós temos, indiscutivelmente.
      E que Ele também te proteja junto com teus familiares, e tenhas sempre contigo saúde e paz.
      Um abração, meu amigo.

  23. Caro Bendl, me junto aos comentários dos amigos, que agora, tardiamente, vi. Belíssimo o seu depoimento. Belíssimo e verdadeiro.

    Os hospitais têm algo de sacro, no sentido mais puro da palavra. Não sei se é porque nos fazem lembrar de nossa fragilidade perante à existência, assim como as igrejas, que sempre nos fazem lembrar nossa diminuta grandeza nesse mundo tão infinito quanto desconhecido e incompreensível.

    Há três anos, me submeti a uma rápida intervenção cirúrgica. Só queria ir embora. Por mais que o ambiente tenha essa carga humana de afeto ou de afeto humano, sempre preferiremos estar em nosso aconchego, longe dos carmas a que os centros de saúde, que têm muita doença, nos remetem.

    E a associação entre hospital e cemitério é inerente e inevitável, ainda que subconsciente. Nós, que não somos da área de saúde, na verdade, achamos que a saúde é eternamente estável, ainda que não tomemos cuidado.

    Diariamente, penso eu, somos vítimas de ataques; assim como os computadores sofrem com os hackers, nós sofremos com esses micróbios, vermes, vírus, bactérias, seres que – te confesso – nem sei distinguir. (Nem quero saber: quero é distância deles!)

    O pior, não sendo pessimista, é que, apesar de tomar todos os cuidados, como nos convém, não temos controle sobre a passagem do tempo. Essa variável não nos pertence. A linha do tempo anda inexoravelmente para a frente. E só para a frente. Envelhecer é nosso destino. Mas pode ser dar de um modo belo, bom, ou não. Mas a “luta”, ao final, sob o aspecto da sobrevivência, sempre perdemos. Por isso, precisamos ter uma supervivência. Viver o máximo em paz, em harmonia com o mundo que nos cerca, com nossos semelhantes e dessemelhantes. Sem ódios, rancores, egoísmos, reis na barriga, mas com simplicidade, inteligência, espírito de união, de ajuda, de compreensão. Precisamos praticar mais o ouvir que o falar. Mais o calar do que o interpelar.

    Vida longa, meu caro. Prazer em tê-lo de volta a este blog.

    • Meu querido Martinelli,
      O teu comentário é belo e verdadeiro, o meu apenas um agradecimento à equipe que tão bem me tratou enquanto hospitalizado.
      Obrigado pelas palavras gentis e pela acolhida calorosa, e devo te confessar o seguinte:
      Tenho cerca de VINTE MIL PPS sobre cinco itens que coleciono, que busco em sites do mundo inteiro e que abordem o Oriente Médio, China, África, Igrejas, Castelos e Palácios pelo mundo!
      Inegavelmente me impressionam a imponência e a beleza das catedrais, igrejas, basílicas, santuários, mosteiros, ermidas, mesquitas, sinagogas, templos, espalhados pelo Planeta.
      Construções milenares, que são testemunhas da história, de períodos de pujança e horror da humanidade, onde o silêncio dentro dessas edificações é como se fosse o grito de antepassados nossos pedindo por ajuda divina e remissão de suas faltas ou súplicas por uma vida melhor.
      Quanto segredo guardado;
      Quantas faltas confessadas;
      Quantos não foram os dramas, as intrigas, paradoxalmente aos milagres e revelações.
      E a fortaleza dessas obras feitas há centenas de anos?!
      As suas abóbodas?
      O estilo gótico, que predominava em face dos arcos e altura do pé direito?
      Pela quantidade de fotos que possuo, posso quase que apostar, Martinelli, que não há país com mais catedrais e tão esplêndidas e maravilhosas quanto à Espanha.
      A Itália tem as suas basílicas, mas em termos de catedrais, igrejas, mosteiros, a Espanha é incomparável.
      Interessante esta tua comparação – e lógica, inclusive – entre o silêncio dos hospitais com o respeito que visitamos esses templos, evidenciando um comportamento do ser humano quando em um ou outro ambiente, de dor, sofrimento, pedidos, clamores, então ele se cala, emudece, volta-se para si mesmo e tenta descobrir ou resgatar forças que desconhece ou sequer acredita.
      Muito obrigado, Martinelli, por este texto importante, e pelos votos de vida longa, que te desejo o mesmo, de coração, além de muita saúde e paz!
      Um forte abraço, meu amigo.

  24. Estimado gaudério Bendl … Bom dia!

    Gaudério verdadeiro, barbaridade, tchê!!! gaúcho guapo que dá nó nos problemas de coração e rins … que São Rafael e o Senhor Papá continuem protegendo nosso presidente do blog!!!

    Se o anti-inflamatório é para problemas de coluna … deixei de tomá-los após perceber que, me deitando de lado na posição fetal, me dava a sensação de que ia tudo para o lugar original … e que me deitando com as pernas esticadas, a coisa piorava!!!

    http://tribunadainternet.com.br/corte-de-ministerios-se-arrasta-devagar-quase-parando/#comment-288393 tem uma mensagem do nosso CN … Forte abraço!!! !!! !!!

    • Meu querido Lionço,
      Grato pela mensagem e acolhida, meu amigo, mas não sou presidente do Blog, Tribuna da Internet, apenas um colaborador e, medíocre, por sinal!
      Sinto-me animado com as palavras de coragem que me enviaste, e as retribuo a ti com a mesma vontade e intensidade, pois és um lutador invejável na defesa que fazes dos teus pensamentos e convicções, onde as tuas qualidades se salientam porque calcadas na crença em Deus e na religião que proferes.
      Um abraço do meu tamanho, saúde e paz, meu caro Lionço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *