Um chocolate à moda espanhola, na final da Eurocopa

REUTERS/Michael Dalder

Carlos Newton

A Espanha atropelou a Itália por 4 a 0 e sagrou-se campeã da Euro pela segunda vez seguida, um fato inédito. O placar também é inédito: o maior de uma final de européia na história, superando o 3 a 0 da Alemanha OcidentaL sobre a União Soviética em 1972.

David Silva e Jordi Alba marcaram no primeiro tempo e Fernando Torres e Juan Mata, no segundo. Com o título, a Espanha também iguala a Alemanha, com três troféus continentais, como o maior vencedor do torneio. A vitória na Ucrânia também prova a boa fase espanhola, campeã do mundo em 2010 pela primeira vez.

Para a Itália, a condição de finalista já pode ser considerada um sucesso. A equipe chegou desacreditada para a Euro, depois de decepcionar na Copa do Mundo 2010, sendo eliminada na primeira fase, mas mostrou bom futebol e capacidade para derrotar a favorita Alemanha na semifinal.

Mas o melhor time venceu realmente, e é isso que interessa. A Espanha é o melhor time do mundo, hoje.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *