Um poema em defesa da libertação do amor proibido

Eda faz poesias como quem ama

Eda Carneiro da Rocha, poeta carioca e professora universitária de Línguas e Literatura Francesa,  criou um belo poema em defesa da libertação do amor proibido.

AMOR PROIBIDO
Eda Carneiro

Amor Proibido
decretado pelos homens!

Sou aquela ave que passa pela vida,
com seu eterno passar,
nada obedecendo,
somente ao coração!

Feitos e fatos realizados,
sem muita explicação!
O amor é a junção,
nada mais do que isso!

Compreendam-me de uma vez!
Sou Aquela Ave que passa,
transmitindo muita emoção,
de penas roçadas,
bicos entreabertos,
gritando,
clamando Vida!

Nada mais sou do que Amor
em doce profusão,
a nada obedecendo,
pois Amor é sentimento vivo,
eterno pulsar de dois corações!
E, coração não tem sexo.
É livre, leve, solto…

Nada me prenderá.
Sou apenas a Ave que Passa
que te ama e te amará, no cimo do céu azul,
imaculado, com a força do meu amor
que finalmente se libertou!..

                  (Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

4 thoughts on “Um poema em defesa da libertação do amor proibido

  1. 1) Belo poema, letra significativa.

    2) Lembrei que, cada pessoa tem uma (ou mais de uma) definição para a palavra amor.

    3) Por exemplo, no meu dicionário “amor é Espiritual” e tem a ver com Karma, com o que fizemos em vidas anteriores e fazemos ou deixamos de fazer nesta vida.

    4) Licença: em 4 de agosto de 1738 nascia em pleno Oceano, dirigindo-se ao RJ, o poeta satírico Domingos Caldas Barbosa, autor entre outros de “Almanaque das Musas (1793)”.

    5) Fonte: BN, Agenda, 1993.

  2. Ilmo. Sr. Antonio Rocha
    A Definição da palavra Amor, para mim, é Indefinível.
    Cada um de nós a sente e compreendo seu ponto de vista.
    Amor é Amar Indistintamente, como eu o faço, em minha vida real.Meu Amor abrange ao píncaro do Infinito e cresce dentro de mim.Assim, eu faço meus Poemas Soprados ou Não. Tornei-me Poeta, como me chamam, sem o saber.Foi, para mim, uma Graça recebida, junto ao meu Milagre de Vida.
    Obrigada por seu comentário e a parte Espiritual é importantíssima para mim. Quanto ao Meu Karma foi pesadíssimo, mas consegui superá-lo com a Graça deste Jesus que me guia, em todas as procelas. Um abraço afetuoso.
    Eda Carneiro da Rocha

Deixe uma resposta para Antonio Rocha Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *