Um poeta da Cambada Mineira

Amarildo Silva é cantor, compositor, poeta e integra o grupo musical Cambada Mineira. Em Contos de Fada, usa e abusa das figuras de linguagem, tornando pois mais bonito o conteúdo poético da letra, na qual ele relembra um pouco da sua vivência em Raul Soares (MG).

###
CONTO DE FADA

Rodrigo Santiago e Amarildo Silva

Hoje amanheceu
Chovendo brisa nos varais
Lençóis, mais de mil sois
Hoje apareceu
Um ar mais leve nos liriais
Balés, sons matinais
E o meu amor desceu num instante
De um galope no horizonte
Numa estrela da manhã
Navegava por entre nuvens
E os brilhos dos raios na imensidão
Tinha o meu amor a cor dos sonhos
Reluzentes da mais bela fada
De qualquer país
E no brilho do seu olhar
Vinha o tom de toda certeza do amor
Eu queria mesmo lhe falar
Destas coisas de pomar
Destes dias tão iguais
Dos portais dos livros na varanda
Dos poemas encantados
Que eu lia pra você
Dos mais simples instantes
Estradas, ruas de chão
Que eu corria com você
Nestes versos que lhe escrevo…

(Colaboração enviada pelo poeta Paulo Peres – site Poemas & Canções)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *