Uma estratégia para Dilma

Carlos Chagas

Não chega a ser um desastre porque um ano, um   mês  e quinze dias nos separam das eleições, mas parece  preocupante para o presidente Lula e o PT que    Dilma Rousseff  perca em todas as simulações feitas pelo Datafolha.  Aparece  atrás de José Serra,  numa, e de Ciro Gomes, em outra, ainda que mantenha o segundo lugar na disputa com cada um deles.   Dirão os companheiros  estarem se realizando as previsões, pois a candidata antes de um  dígito recebe agora  entre 16 e 20% das preferências, conforme o adversário. O problema é que se as eleições fossem hoje, Dilma seria derrotada, caso as tendências para o segundo turno repetissem as do primeiro.

Aqui deverá repousar a estratégia oficial: levar a chefe da Casa Civil para a decisão plebiscitária do segundo turno,  contra o governador paulista. Seu maior objetivo será bater  Ciro Gomes na  corrida inicial, caso o  deputado se lance. Melhor,  no  entanto, seria tê-lo como companheiro de chapa, montagem por  enquanto  precária por dois motivos:  Ciro mostra-se disposto a concorrer para presidente e o PMDB conta como certa a indicação de Michel Temer para vice de Dilma.

A pesquisa divulgada no final da semana surpreende pelos  razoáveis percentuais de Heloísa Helena, assim como fica imperfeita pelo fato de os consultados não terem tido tempo de absorver a candidatura de Marina Silva.

Caçada ao Requião

Roberto Requião estará quarta-feira em Brasília para um jantar a três, no palácio da Alvorada: ele, o presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff. É fundamental o  apoio do governador do Paraná ao esquema oficial, tanto para encerrar a hipótese da candidatura própria do PMDB quanto para tentarem chegar a um entendimento sobre a sucessão paranaense. O presidente  inclina-se pelo senador  Osmar Dias, do PDT, não  propriamente o candidato dos sonhos de Requião. Os planos do governador envolvem sua candidatura ao Senado

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *