Uma semana após anunciar teste positivo para o novo coronavírus, Augusto Heleno volta ao Planalto

Heleno não cumpriu o isolamento de ao menos 14 dias

Guilherme Mazui
G1

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, voltou nesta quarta-feira, dia 25, a trabalhar no Palácio do Planalto, uma semana após ter anunciado que seu teste para identificar o novo coronavírus teve resultado positivo.

Segundo a assessoria do GSI, o ministro retornou ao trabalho no Planalto mediante autorização médica. Heleno, junto com outros auxiliares de Bolsonaro, participou nesta quarta-feira de videoconferência entre o presidente e governadores dos estados do Sudeste. Durante ela, Bolsonaro trocou farpas com o governador de São Paulo, João Doria.

ISOLAMENTO –  Heleno fez um primeiro teste para Covid-19, com resultado negativo, e repetiu o exame no dia 17, quando resultado foi positivo. Ele iniciou o isolamento na quarta-feira, dia 18, e retornou nesta quarta ao trabalho.

O ministro integrou a comitiva de Bolsonaro na viagem à Flórida (EUA), no início do mês. Até o momento, 23 pessoas que participaram da viagem estão com o coronavírus.

DOIS TESTES – Heleno, outros ministros e Bolsonaro fizeram dois testes para identificar o novo coronavírus depois da confirmação de que o secretário de Comunicação do governo, Fábio Wajngarten, que viajou aos EUA, estava com o vírus.

Nos dois testes realizados, Bolsonaro informou pelas redes sociais que o resultado foi negativo. Ele não apresentou o laudo com os resultados.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGPara dar força a Bolsonaro, que está cada vez mais isolado e perde apoio até nas Forças Armadas, o general Augusto Heleno voltou ao Planalto, ao invés de cumprir o isolamento de 14 dias. Julgava-se que Heleno serviria para evitar as maluquices de Bolsonaro, mas não é bem isso que está acontecendo. O general-ministro parece apoiar o presidente em qualquer circunstância, e isso não combina com sua brilhante carreira militar. (C.N.)

31 thoughts on “Uma semana após anunciar teste positivo para o novo coronavírus, Augusto Heleno volta ao Planalto

    • Há controvérsias. Já teve demissão de general por fofoca. E é bom separar as forças armadas destes generais da reserva. Quanto ao povo, teve a passeata do dia 15 e tb panelaços contra e a favor. Aguardemos as próximas pesquisas. Só mais uma observação: NÃO AO GOLPE.

  1. As Forças Armadas são monolíticas.
    Heleno, Mourão e Braga Netto, constituem o EM do Presidente.
    O Braga Netto é o operações.
    Não há fissuras.
    Estado de calamidade.
    Estado de defesa.
    Estado de sítio.
    Poderá ser necessário.
    O governo é ativo, fazendo e tomando as providências necessárias.
    Nem penso o que poderia ser com um imbecil no ministério da saúde, como o deputado que foi ministro do ladrão.

  2. Mandetta defende discurso de Bolsonaro e diz que quarentena precisa de prazo
    https://www.poder360.com.br/coronavirus/mandetta-defende-discurso-de-bolsonaro-e-diz-que-quarentena-precisa-de-prazo/

    O Poder360 diz:

    As colocações de Mandetta concordam com o pronunciamento do presidente Bolsonaro em rede nacional de rádio e TV na última 3ª (24.mar). Na ocasião, Bolsonaro pediu a autoridades para que “abandonem o conceito de terra arrasada” e criticou o fechamento de comércios, escolas e o “confinamento em massa.”

  3. “Nos dois testes realizados, Bolsonaro informou pelas redes sociais que o resultado foi negativo. Ele não apresentou o laudo com os resultados.”

    -Seria muita maluquice trazer alguém com o vírus para trabalhar contigo.

    • Caro al,

      É fácil encontrar na Internet em sites confiáveis.

      O Coronavírus tem taxa de mortalidade de 2%, muito inferior à do H1N1.

      Então, obviamente, a H1N1 foi muito mais grave. E naquela epidemia não se fez o alarde que se faz agora com o CoronaVírus.

      Como exemplo, o H1N1 teve, no Brasil, de janeiro a agosto de 2016, 9631 casos confirmados, o que causou 1774 mortes.
      Ou seja, taxa de mortalidade de 18,4%.

      Fonte: Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo.

      http://www.crfsp.org.br/noticias/7569-mortes.html

  4. Neste imbrolio todo, bem faz Lula e o PT. Sumiram do mapa e estão deixando o Centrão e Centro-Esquerda se queimarem sozinhos. Em 2022 não teremos Ciro, Doria, Witzel ou Nhonho representando a Esquerda contra Bolsonaro. Teremos alguém do PT contra Bolsonaro. Só um tolo não consegue enxergar isso.

  5. “Em um artigo divulgado na segunda-feira , Martin S. Eichenbaum e Sergio Rebelo da Northwestern University, com Mathias Trabandt da Free University, em Berlim, usaram o número da EPA para descobrir a maneira ideal de retardar a propagação da doença sem custos econômicos que excedam o benefícios.
    A economia contrairia acentuadamente, mesmo sem um bloqueio imposto pelo governo, pois as pessoas optariam por ficar longe dos locais de trabalho e das lojas, na esperança de evitar o contágio. Nesse caso de isolamento voluntário, Eichenbaum e seus colegas estimaram que a demanda dos consumidores nos EUA diminuiria em US $ 800 bilhões em 2020, ou cerca de 5,5%.
    Com base em projeções epidemiológicas, com o vírus circulando sem controle, ele se expandiria rapidamente para infectar um pouco mais da metade da população antes que a imunidade das pessoas diminuísse seu curso. Assumindo uma taxa de mortalidade de cerca de 1% dos infectados, cerca de 1,7 milhão de americanos morreriam dentro de um ano.
    Uma política para conter o vírus reduzindo a atividade econômica reduziria a progressão do vírus e reduziria a taxa de mortalidade, mas também imporia um custo econômico maior.
    Eichenbaum e seus colegas dizem que a política “ideal” – avaliar perdas econômicas ao longo da vida – exige restrições que afetariam substancialmente a economia. Segundo essa abordagem, o declínio no consumo em 2020 mais do que duplicaria, para US $ 1,8 trilhão, mas as mortes caem em meio milhão de pessoas. Isso equivaleria a US $ 2 milhões em atividades econômicas perdidas por vida salva.
    Nesse caso, “você quer piorar a recessão”, disse Eichenbaum. Mas um corolário importante é que há limites para o sacrifício: além de um certo ponto, não valeria a pena perder mais atividade econômica para salvar mais pessoas.
    O modelo, observou ele, é fortemente dependente das suposições que o envolvem, destinadas a transmitir a magnitude das compensações. E os economistas ainda estão aprimorando. A relação custo-benefício mudará se considerarmos que o sistema de saúde pode ficar sobrecarregado pelos casos do Covid-19, aumentando as taxas de mortalidade. Isso justificaria um bloqueio mais agressivo que aumentaria mais rapidamente.”

  6. Quando a imprensa canalha, o Dória Cara de Boneco e o Psicopata pararem com a tentativa de golpe, o país terá paz para achar uma solução entre o isolamento horizontal e o isolamento vertical baseado em dados do coronavirus. Após a crise, sugiro ao presidente, eleito democraticamente, que comece a discutir como ficará a situação destes canalhas e da mídia no país. Tem que ter uma solução na lei para punir estes crimes contra o país. Não estamos falando de Jair Bolsonaro e sim do cargo da Presidência que merece o respeito destas Instituições.

      • Não estamos falando de Jair Bolsonaro e sim da presidência. Os governadores e as Instituições devem respeito ao PR. Como pode um governador chamar a atenção de presidente em uma reunião? Bolsonaro não pode pensar diferente? Mesmo pensando diferente, ele está impondo a sua vontade ou está sendo democrático e deixando para o seu ministro definir as diretrizes. Ele só está mediando duas posições e tentando achar um meio termo. Qual é o problema nisso?

  7. O país não pode ficar refém de Instituições que hoje atacam a democracia como o STF, Congresso, alguns governadores e a mídia. Tem que ter uma solução para este ataque sujo ao país na figura da sua Presidência. Um país em que não se respeita o presidente, os criminosos devem ser presos, para se voltar a normalidade.

      • Francamente, você não tem outro interesse na vida que não seja o de patrulhar o que as pessoas comentam aqui? O que vai fazer quando Bolsonaro não for mais presidente?
        Às vezes passo dias seguidos sem acessar a TI, para evitar os chatos que só tem por objetivo regular o pensamento alheio. Devia deixar de vez de ler o site.
        Fui bolsotrouxa, mas penso em votar no PT na próxima eleição. É preciso salvar o país ou o que sobrou dele dos Maias, Dorias e Hucks.

  8. Aí CN, paga para ver. Pede o golpe. Você vai ver o que vai acontecer. Esse blog fecha no dia seguinte, o congresso será dissolvido (Câmara e senado), o STF substituído, e pela glória de DEUS e alegria da nação os militares retornam ao poder para mais uma vez salvar o Brasil. Simples assim.

  9. Estão tentando colocar na mão do General Heleno uma pistola Desert Eagle cal .50 para acertar a cabeça do Bolsonaro.
    Vamos lá Carlos Newton e Marcelo Copelli o que falta para dar a ordem de execução?
    Pequim e Moscou ainda estão deliberando onde fazer a mira?

  10. O general Heleno está jogando o jogo do”Engana Trouxa”. Esse afastamento temporário foi por ordem de Bolsonaro. A volta de Heleno é para dizer que é uma gripezinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *