Vaccarezza segue Dirceu e Palocci e também abre “consultoria”

Ex-líder do PT diz que “tudo está dentro da lei”

Andréia Sadi e Bruno Boghossian
Folha

Alvo da Operação Lava Jato, Cândido Vaccarezza (PT-SP) abriu uma consultoria empresarial uma semana após o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki autorizar investigação contra ele e outros políticos por suposto envolvimento no desvio de recursos da Petrobras.

O petista, que é ex-deputado federal e ex-líder dos governos Lula e Dilma, é alvo de inquérito porque o doleiro Alberto Youssef declarou ter feito “três ou quatro” entregas de R$ 150 mil para ele a pedido do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. O petista nega as acusações.

Dados da Junta Comercial de São Paulo mostram que as atividades da CB Assessoria e Consultoria Empresarial começaram em 13 de março. A lista dos investigados na Lava Jato foi liberada no dia 6. A CB foi constituída para ”outras atividades profissionais, científicas e técnicas”, além de ”serviços combinados de escritório e apoio administrativo”.

OUTRA EMPRESA

Vaccarezza tem outra consultoria: a CESV Assessoria e Planejamento Eireli, que começou a funcionar em 30 de janeiro de 2015, véspera da posse do novo Congresso. Foi constituída para prestar ”atividades de consultoria em gestão empresarial” e ”preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo”.

O ex-deputado não é o primeiro petista que, após deixar a vida pública, abre uma consultoria. Adotaram o modelo os ex-ministros Antonio Palocci e José Dirceu.

Procurado pela reportagem, Vaccarezza disse que, como ex-deputado, pode prestar consultoria ”em qualquer área” e que está tudo ”dentro da lei”.

O petista não quis dizer para quais empresas presta serviços e negou trabalhar para firmas investigadas na Operação Lava Jato. ”Nunca fiz nenhuma consultoria para empreiteira, nem quando era deputado nem agora. Na minha casa só entrou até hoje fruto do meu trabalho, não tem nenhuma facilidade”, disse.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A reportagem ficou pela metade. Esqueceu de mencionar no PT abrir consultorias no PT já é uma tradição partidária. Além dos citados Palocci e Dirceu, também tiveram grande êxito no negócio do tráfico de influência os petistas Fernando Pimentel, que hoje governa Minas Gerais, Delúbio Soares, que comanda uma consultoria em Goiânia, onde a prefeitura é do PT, e a ex-ministra Erenice Guerra, que dirige a mais bem sucedida empresa do ramo na capital. Para os petistas, é o negócio do momento, Vaccarezza mostra apenas ser mais um empresário de visão. (C.N.)

8 thoughts on “Vaccarezza segue Dirceu e Palocci e também abre “consultoria”

  1. Mais um do governo dos ‘ecléticos’…
    “Não se pode dizer que Jovair Arantes (PTB-GO), um dos líderes da bancada da bola, se esforça somente pelos cartolas brasileiros. Arantes também sabe ser um tio generoso. Rogério Papalardo Arantes que o diga.

    Sob o guarda-chuva do tio deputado, Papalardo ocupou a Superintendência do Incra em Goiás entre 2008 e 2011 e agora volta a ocupar outro cargo comissionado e vistoso: o de superintendente do Inmetro em Goiás. Sua nomeação saiu hoje no Diário Oficial da União. Vai substituir Wilibaldo de Souza Júnior, que ocupava o cargo desde 2006.

    O sobrinho de Jovair Arantes até poderia ser um poço de sabedoria sobre reforma agrária ou controle de qualidade, mas não é: Rogério é dentista.

    Por Lauro Jardim

  2. Na razão social de sua empresa consta a de dar apoio moral à familiares de presos da Lava Jato ?
    “A Polícia Federal interceptou, às 15h do dia 24 de novembro, um telefonema do então ainda deputado para a mulher de Léo Pinheiro, dono da OAS, cuja prisão preventiva acabara de ser decretada. Diz o petista:
    “Alô, Ângela, aqui é o Vaccarezza. Eu sei que não está tudo bem, eu estava no exterior. Eu estou ligando primeiro para me solidarizar e para dizer que sou amigo do Léo. Eu sei que você não precisa de nada, mas se você precisar de alguma coisa, queria que contasse comigo”.

    E acrescentou: “Eu sou amigo dele [Léo Pinheiro] de muitos anos. Não tem nada de política, não tem negócios, eu gosto de Léo pessoalmente. Acho injustiça como ele está sendo tratado. Pode ter certeza e falar para os seus filhos que ele é um homem de bem, que não merecia ser tratado desse jeito”. E se pôs à disposição: “Esse [telefone] de Brasília fica ligado direto, pode ligar, se quiser, alguém ligar, pode mandar… No que precisar eu estou à disposição”.

  3. Esse é o cara de pau que trocava mensagens com Sérgio Cabral, em falar neste senhor, é o único que continua comemorando com os guardanapos na cabeça, não deu nada para ele e sua trupe.

  4. O tipo de “consultoria” que a petralhada costuma prestar é na verdade “abertura de porteiras” para o fechamento de negócios com a administração pública ou com estatais!

    Tráfico de influência puro e simples, porém muito bem enfeitado, feito pavão. Ou maquiado.

  5. Como se parece com atual “consultor econômico”, que foi ministro da Fazenda e deixou o cargo com uma inflação de mais de 80% AO MÊS, chamado MAILSON DA NÓBREGA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *