Venda de rádio de Cunha é investigada e vai sujar a TV Globo

Crime de Cunha é brincadeira comparado ao de Roberto Marinho

Luciana Nunes Leal
Estadão

Três organizações da sociedade civil são autoras de representação contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), feita ao Ministério Público Federal (MPF) do Rio por ele ser sócio da Rádio Satélite Ltda., de Pernambuco. As instituições citam o artigo 54, que proíbe deputados e senadores de firmar ou manter contrato com concessionárias de serviço público, como são as empresas de radiodifusão.

Cunha diz ter vendido a rádio em 2007, mas seu nome consta como sócio nos registros oficiais da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do Ministério das Comunicações.

A pasta informou que a venda ocorreu sem sua autorização, obrigatória no caso de emissoras de rádio e TV. Segundo o ministério, o pedido para “realizar alteração contratual” foi protocolado em 12 de abril de 2011 – quatro anos após a venda – e “o processo ainda está em análise”, sem prazo para conclusão.

DECLARAÇÃO DE BENS

A sociedade na Rádio Satélite não consta da declaração de bens de Cunha enviada à Justiça Eleitoral. A assessoria do presidente da Câmara diz que a venda seguiu os procedimentos legais e foi informada na declaração de renda do deputado de 2007. Portanto, não poderia estar na lista de bens de Cunha. Segundo a assessoria, não há irregularidade no negócio. A notícia da sociedade de Cunha na Rádio Satélite foi publicada pela Revista Época na semana passada.

O MPF do Rio informou que a representação está em análise pela procuradora Marylucy Santiago Barra, do Ofício do Patrimônio Público e Social.

Além de Cunha, os sócios da Satélite, voltada para o público evangélico, registrados na Anatel são o pastor Everaldo Pereira, da Assembleia de Deus, candidato do PSC à Presidência da República em 2014, e o ex-deputado e dono da Rádio Melodia, também evangélica, Francisco Silva, da Igreja Sara Nossa Terra, amigo do presidente da Câmara e responsável pela conversão dele à religião evangélica. A convite de Silva, Cunha chegou à Sara Nossa Terra. No começo deste ano, ele ingressou na Assembleia de Deus.

REGISTRO DA VENDA

O pastor Everaldo informou que a venda da rádio foi feita em 9 de abril de 2007 e declarada no Imposto de Renda dos três sócios. “O problema é que até hoje o Ministério das Comunicações não fez o registro da venda. Nós fizemos tudo de acordo com as exigências legais”, afirmou o político. Segundo ele, a venda foi um “negócio normal” em decisão tomada pelos sócios, que compraram a rádio em 2005. O comprador, informou Everaldo, foi Romildo Ribeiro Soares, o R.R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus. O Estado não conseguiu contato com R.R. Soares.

A representação ao Ministério Público foi feita pela Intervozes, pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e pela organização Artigo 19. Na representação, as denunciantes pedem em o MPF tome medidas para cancelar a transferência acionária da Satélite, se a venda de fato foi efetivada, com devolução dos valores aos cofres públicos. Solicitam ainda que a Procuradoria regional tome providências para cancelar a permissão de radiodifusão da rádio – seja pela venda supostamente irregular ou pelo fato de ter um parlamentar como sócio -; a realização de nova licitação para o funcionamento da emissora e a responsabilização da União pela falta de fiscalização do serviço público de radiodifusão.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO GLOBO
Era só o que faltava… Este problema de Cunha vai acabar sujando também a barra da TV Globo, no caso da usurpação do Canal 5 de São Paulo por Roberto Marinho, seguida de fraude na concessão a ele outorgada no regime militar, com irregularidades recentemente denunciadas pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao Ministério das Comunicações. Vamos voltar ao instigante assunto, que sempre publicamos com absoluta exclusividade. (C.N.)

20 thoughts on “Venda de rádio de Cunha é investigada e vai sujar a TV Globo

  1. Pô, este cara está mais sujo do que pau de galinheiro, é tantas denúncias de corrupção, falcatruas, maracutaias, como este cara consegue fazer tantas armações e ficar impune tanto tempo, assim como ele, imagino se fizerem uma varredura em senadores, deputados, ministros, etc…, o Brasil vai afundar de vez.

  2. Nem a censura petista está conseguindo sufocar…

    ” Aproximam-se de 2 milhões de assinaturas a petição pública que pede o impeachment de Dilma, apesar da decisão do Supremo Tribunal Federal que a favorece. A petição está no site Avaaz, especializado em petições públicas, que no Brasil é controlado pelo petista Pedro Abramovay, ex-secretário Antidrogas de Dilma. O Avaaz é suspeito de manipulação, mas, ainda assim, as adesões não param de crescer.

    O impeachment de Dilma já somava até ontem 1.927.012 assinaturas de brasileiros. O objetivo é atingir 5 milhões de adesões.

    A justificativa da petição online diz que o impeachment de Dilma destina-se a acabar com a corrupção e desvio de dinheiro público.

    No mesmo site Avaaz, a petição pela cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, já reúne 278 mil assinaturas.

  3. O Eduardo Cunha, é o que diziam que um antigo presidente da FPF, o falecido MENDONÇA FALCÃO, costumava dizer, quando lhe atribuíam algum mal-feito. Era o “bode respiratório” de alguma situação.
    Pois não é que o Cunha esta na mesma situação? É o BODE porque esta levando a culpa de tudo de errado
    que os governos do PT fizeram.
    RESPIRATÓRIO, porque ao acusar o Cunha de todos os pecados cometidos, o governo parece que voltou a res-
    pirar sem aparelhos. Claro que o Doutor Supremo, de uma mãozinha, afinal, amor com amor se paga.
    Quanto a sujar a Globo, penso, seria isto possível? Já não estaria a VÊNUS PLATINADA, parecida com um
    mineiro de carvão, quando deixa a labuta? Sem ofensa aos heroicos soldados da hulha.

  4. Enquanto falta até luvas cirúrgicas nos Hospitais Federais, a Rede Goebbels de Comunicação Petista, não cortou em nada as verbas publicitárias usadas para a propaganda enganosa. Ao contrário as aumentou, de forma disfarçada, patrocinando o Jornal Nacional, através da semiestatal Sadia e o Domingão do Faustão, pela idem Perdigão.
    Nos pagamos o fascismo……

  5. A Divisão Judicialis do Grã Circus Petralis…

    ” Horas depois de o Supremo Tribunal Federal ratificar, nesta sexta, 18, as decisões da quinta-feira, 17, sobre o rito a ser adotado no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o ministro Gilmar Mendes afirmou, em São Paulo, onde almoçou com amigos, que o tribunal se comportou de forma “bolivariana” naquela sessão.

    Em entrevista à rádio Jovem Pan, o ministro também criticou a decisão do plenário do Supremo sobre o rito do impeachment. “Lembra que eu tinha falado do risco de cooptação da Corte? Eu acho que nesse caso isso ocorreu”, disse Mendes. “Há todo um processo de bolivarianização da Corte. Assim como se opera em outros ramos do Estado também pretende-se fazer isso no Tribunal E, infelizmente, ontem se deu mostra disso.”

    Ele disse concordar, de modo geral, com as críticas feitas pelo jurista Miguel Reale Jr., que afirmou que houve “ativismo político”. Ele repetiu a frase do jurista e um dos autores de pedido de impeachment de Dilma segundo a qual o Supremo decidiu “legislar em vez de julgar”. “Eu também disse isso, no final da sessão.”

    “Mas o que mais me preocupou”, afirmou o ministro ao Estado, “foi a opção do tribunal pela intervenção no sistema de eleição da comissão na Câmara. Achei lamentável.” E prosseguiu: “Tem jeito de coisa direcionada. Líderes indicados, voto aberto. Ora, a gente vê o que está acontecendo nos partidos. Foi para isso que o tribunal se reuniu? Achei aquilo constrangedor”.

    No julgamento do rito do impeachment, na quinta-feira, o Supremo, por maioria, reconheceu o poder do Senado em barrar o processo, mesmo após eventual aprovação na Câmara. Além disso, a Corte derrubou a eleição dos membros da Comissão Especial instalada para avaliar o processo do impeachment, estabeleceu que os membros da comissão devem ser nomeados pelos líderes partidários, e rejeitou a exigência da defesa prévia da presidente em caso de abertura do processo. Gilmar Mendes foi voto vencido em todas os casos.

    Reconhecido por suas declarações críticas aos governos petistas, Mendes insinuou que o Supremo usou de “artificialismos” para beneficiar o governo. “Imagine que diante de todo quadro de crise de corrupção vamos fazer artificialismos jurídicos para colocar um balão de oxigênio para quem tem morte cerebral”, afirmou.

  6. E o amigão do Brahma, que não era ‘tão amigo assim’ até dormia na Granja do Torto..

    ” O ex-presidente Lula confirmou em seu depoimento quase secreto à Polícia Federal sua relação de amizade com o pecuarista José Carlos Bumlai, preso na Operação Lava Jato. No depoimento, colhido nesta semana, Lula disse que recebeu o empresário em Brasília e que “não sabe precisar quantas vezes” o pecuarista se hospedou na Granja do Torto, uma das duas residências oficiais da Presidência da República. A Granja do Torto é mais afastada do centro de Brasília, mais reservada.

    Os investigadores fizeram diversos questionamentos a Lula sobre suas relações com Bumlai. O empresário, preso em Curitiba, confessou ter tomado, em seu nome, empréstimo de R$ 12 milhões no banco Schahin para o caixa 2 do PT – e o valor nunca foi pago de volta ao banco. A PF investiga se o Schahin teria então se beneficiado dessa relação para obter vantagens em contratos depois fechados com a Petrobras.

    No depoimento, Lula afirma que conheceu Bumlai na campanha para as eleições presidenciais de 2002, quando gravou um programa eleitoral sobre agricultura em uma fazenda do empresário. O ex-presidente disse que não falou com Bumlai sobre empréstimo em benefício do PT e que “jamais tratou sobre dinheiro ou valores” sobre o empresário ou realizou qualquer transação financeira.

    O ex-presidente declarou que Bumlai “nunca pediu qualquer cargo” e nega ter tratado com o empresário sobre as indicações dos ex-diretores Néstor Cerveró ou Jorge Zelada para a Petrobrás. O petista afirmou achar que “todos os seus filhos e noras” possuem relação de amizade com Bumlai. Ao listar o nome dos familiares, o ex-presidente afirma que não recorda os nomes completos de todas as noras.

  7. Sr. Newton, além de exclusividade do problema que a rede globo tem com a emissora em São Paulo, fora o terreno “doado” pelo então des-governador de Plantão, o Vampiro do Vinho, até hoje uma área “iméxivel” pela Grande Mídia Chapa Branca, o blog também tem matérias exclusivas sobre o “Monumental Roubo do Metrô Paulista” e o “Precátorios de Bilhões” do Parque do Povo, que de povo não tem nada…,
    Só para lembrar.:

    Carlos Newton

    O Conselho Nacional de Justiça deu prazo até 17 de fevereiro para que o Tribunal de Justiça de São Paulo envie informações sobre o precatório de R$ 4 bilhões, do Parque Villa Lobos, e sobre os estratosféricos honorários advocatícios de R$ 400 milhões, pagos pela Fazenda do Estado de São Paulo, com juros moratórios ilegais.

    Com absoluta exclusividade, a denúncia desses pagamentos irregulares foi divulgada só por este Blog em abril de 2010. E continuamos trabalhando com exclusividade, porque a mídia não se interessa por assuntos sem importância como este.

  8. A história da Globo é mais suja do que pau de galinheiro, só não é mais suja do que a ficha do Cunha. Isso sem falar nos bilhões de dólares de propina que a Globo pagou para a empresa de marketing esportivo do J. Hawilla, a Traffic, para obter a exclusividade dos jogos da Copa do Mundo.,

    • Uma pequena ressalva:
      Ficha pior que a petista NÃO EXISTE!
      Comparar a trajetória corrupta, desonesta, imoral e antiética do PT com a breve ocupação de Cunha na presidência da Câmara é exagerada.
      Lula, Dilma, Zé Dirceu, Vaccari, Delúbio, João Paulo, Rui Falcão, Tarso Genro, Berzoini (exterminador de idosos), Delcídio, os diretores da Petrobrás escolhidos a dedo por Lula e Dilma, que roubaram e quebraram a Petrobrás para enriquecer o PT e sua cúpula, por favor, trata-se de um bando de criminosos que jamais se viu igual no mundo!
      A máfia americana no seu auge, na década de trinta do século passado era amadora, se comparada aos profissionais do crime petistas!
      Sabidamente Cunha não é flor que se cheire mas, o PT, é uma planta carnívora, venenosa, e cresce ininterruptamente, inclusive resistente a inseticidas comuns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *