Vereadores inúteis

São 16 e 30 minutos, tomem nota: dentro de duas horas às 19, o Congresso dará posse a novos 7 mil (isso mesmo: 7 M-I-L) representantes municipais. É uma aberração, uma excrescência, (quero lembrar outra excrescência e aberração, que foi a ditadura de 64, só que no caso, (raríssimo) positivo. Os ditadores de 64 limitaram os vereadores do país todo. Um máximo de 21 e mínimo de 7, o que não prejudicou ninguém. Estapafúrdio. (Exclusiva)

O suplente inútil

João Pedro, que sem eleição está no senado há quase três anos, discursou sobre o assunto, dizendo: “Zelaya foi ELEITO, isso é tudo”. E o suplente que falava, nunca foi eleito, então não é nada. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *