Vietnã exorta China a solucionar diferenças amistosamente

Carlos Newton

Além dos graves problemas de disputa de ilhas com o Japão, a China também tem divergências com o Vietnã, pelo mesmo motivo, criando um clima de tensão naquela parte do Oceano Pacífico. Num mundo já desestabilizado por problemas econômicos e sociais, essas disputas de territórios trazem grande preocupação aos analistas internacionais.

 

Segundo a agência Prensa Latina, a chancelaria do Vietnã exortou a China a respeitar o que ambos os países já estabeleceram para a solução das questões marítimas, em prol do desenvolvimento das relações de amizade e cooperação, paz e estabilidade na região.
Na coletiva de imprensa, seu porta-voz Luong Thanh Nghi considerou que a China cometeu ações interpretadas como violatórias à soberania do Vietnã nos arquipélagos de Hoang Sa (Paracel) e Truong Sa (Spratly).
O diplomata recordou o pronunciamento bilateral de princípios básicos compartilhado por ambos os Estados em outubro de 2011 e a declaração de conduta das partes concernentes no diferendo no Mar do Leste, assinado pela China e a Associação de nações do Sudeste Asiático (Asean) em 2012.
Entre recentes atos que qualificou de preocupantes, o representante vietnamita citou a formação da cidade de Sansha, o hasteamento de uma bandeira chinesa em uma das ilhas no dia 1º de outubro, bem como os exercícios militares da Frota de Nahai nas zonas em litígio dois dias depois.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *