Visita de Aécio ao Rio Grande do Sul já se inclui na agenda de campanha presidencial

Políbio Braga

A viagem do senador Aécio Neves a Porto Alegre e Pelotas, neste início de semana, pode ser considerada o primeiro ato político do mineiro no espraiamento da sua candidatura a presidente.

Aécio executa forte agenda de visitas aos Estados, porque considera como favas contadas a consolidação da sua posição eleitoral em Minas, onde reelege o socialista Maurício Lacerda.

Aécio em Porto Alegre

Também o seu partido, o PSDB, apresenta surpreendentes músculos eleitorais, já que
do grupo de 22 capitais que apresentam pesquisas eleitorais, ele mostra-se altamente competitivo em 10 delas, seguido pelo PT em 7 e pelo PSB em 6.

O número foi levantado pelo jornalista Fernando Rodrigues, da Folha de São Paulo. Ao montar a equação, ele considerou competitivos: 1) quem lidera. 2) os vice-líderes.

Mesmo no RS, onde o PSDB tem pouca expressão, candidatos tucanos poderão vencer em municípios importantes como Pelotas, Uruguaiana, São Leopoldo e Viamão.

Aécio Neves visitaria apenas Pelotas. Ele tinha compromissos com Eduardo Leite, candidato que disputa a prefeitura com o deputado Fernando Marroni, a grande aposta do PT, mas no domingo a noite a ex-governadora Yeda Crusius convenceu-o a se reunir com candidatos do Partido em vários municípios, em ato agendado para o Hotel Deville, para fotos e entrevistas.

Outros presidenciáveis, como Dilma e Lula (PT), Eduardo Campos (PSB) e Alckmin (PSDB) não programaram visitas de campanha ao RS. Além de Aécio, apenas Marina Silva agendou visita de caráter estritamente eleitoral ao RS. Marina virá apoiar Adão Villaverde, do PT.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *