Caíram as máscaras no Supremo

Carlos Chagas

Arrasta-se o  Congresso sobre a lama da preservação do mandato de um deputado presidiário condenado pela Justiça mas ainda detentor de seu mandato, além da falsa comemoração pelo fim do voto secreto, que nem tão cedo deixará de existir.  Imaginava-se que o Judiciário manteria acesa a chama da ética e da renovação dos costumes políticos, pela rápida confirmação das sentenças que condenaram os mensaleiros à cadeia.

Ledo engano. Ontem, o  Supremo Tribunal Federal começou a mover-se no sentido de preservar  a liberdade dos bandidos.  Na penúltima sessão de julgamento dos embargos declaratórios, rompeu-se o véu  das esperanças pelo fim da impunidade. Em vez de confirmar a condenação dos autores de um dos maiores escândalos da República, a  maioria dos ministros da maior corte nacional de justiça do país engrenou a marcha-a-ré.

Reforçados pelos dois últimos  ministros nomeados pelo governo do PT, outros também aquinhoados pelos atuais detentores do poder aderiram  à velhacaria. Começou com Luis Roberto Barroso, seguido por Teori Zavaski e, em seguida, por Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Luis Fux  e Carmen Lúcia. Depois de a maioria haver condenado os 25 réus às penas que merecem, o grupo palaciano começou a admitir alterações em suas sentenças anteriores. Primeiro beneficiando os bagrinhos, para em seguida chegarem aos tubarões, começaram a aceitar a alteração nas multas e nas condenações.

Admitiram que os embargos de declaração podem mudar sentenças, ante-sala para apoiarem os discutíveis  embargos infringentes capazes de absolver parte da quadrilha. Começaram por reconhecer que Breno Fischberg deve ter sua punição reduzida porque Emivaldo Caiado cometeu os mesmos crimes que ele mas recebeu  penas menores. Para corrigir o que contraria  o princípio da  individualidade da pena, aderiram ao princípio de que a mesma punição deve ser dada aos mesmos crimes, no caso das mesmas pessoas.  Programaram para hoje o  refrigério dos menores para chegarem aos maiores.Depois de João Paulo será a  vez de Delúbio Soares, e finalmente,  de José Dirceu.

Que Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli vinham chefiando o bloco dos “amigos do Planalto”, empenhados em poupar os companheiros, não constituía segredo. A óbvia adesão de Teori e Barroso era previsível, mas diante dos outros, desfazem-se as expectativas. São  vinhos da mesma pipa, exceção de Joaquim Barbosa, Celso Mello e Gilmar Mendes.  Oito a três, caso não sobrevenham milagres, será o  placar dos derrotados.

Com os embargos infringentes a um passo de ser examinados, mesmo sem apoio na lei, o julgamento do mensalão se estenderá  até o Natal.  Não deste ano,  mas de 2014…

VOTO ABERTO SEM RESSALVAS

Na discussão da PEC do voto aberto, na Câmara, razão mesmo teve o deputado Reguffe, do Distrito Federal.Por que abrir exceções e manter o voto secreto para a apreciação dos vetos presidenciais a projetos de lei, ou, também, para a eleição dos integrantes da mesa da casa? Se um deputado  representa o seu eleitorado, como admitir que em certas votações ele possa omitir de seus representados qualquer de suas decisões? Argumenta-se que no caso dos vetos presidenciais, o sigilo serve para evitar  pressões do Executivo. Ora, se a  um deputado carecem forças para resistir a pressões, melhor que não seja deputado.

Todas as votações precisam ser abertas, claras e conhecidas. Na hipótese da eleição para a mesa, pior ainda: transforma-se a votação num jogo de compromissos sentimentais e de traições encobertas. Um candidato a qualquer dos cargos de direção parlamentar contou com  a promessa do apoio de um colega e não a  recebeu, que na próxima vez aprenda a conhecer melhor  seus aliados. E que estes tenham a coragem de negar respaldo a amigos e companheiros, sem precisar enganá-los. A Câmara não é uma ação entre amigos, muito menos um clubinho de amigos.

A franqueza de dizer “não” parece material em falta no plenário, ao contrario da mentira de dizer “sim” sem a intenção de cumprir a palavra demonstra personalidades fracas.

Numa palavra, não há porque um parlamentar esconder-se atrás do voto  secreto, prerrogativa exclusiva do eleitor na hora de escolher seu representante.  Não há impedimento para que um cidadão revele sua preferência, ainda que possa guardá-la como quiser. Mesmo assim, dia virá em que um empresário não precise esconder que votou num operário, por medo de seus sócios, ou, no reverso da medalha, que um trabalhador votou conscientemente no seu patrão.

A diferença de situações está em que o voto secreto, para o eleitor, ainda constitui uma defesa, e para o eleito, uma tramóia. Nos tempos em que frequentávamos o Catecismo, isso se chamava “respeito humano”, quando os votos eram comprados nos dois planos.   Daqui a séculos certamente prevalecerá a democracia plena. Até  lá,  há que subir a escada degrau por degrau…

AS ALGEMAS PERMANECERÃO

Dá-se como provável que no final do ano a presidente Dilma antecipe a reforma ministerial prevista pela lei apenas para abril do próximo ano, ou seja, o prazo fatal para os ministros candidatos ás eleições de outubro venham a desincompatibilizar-se. Podem ser 12, podem ser 16, entre os 39 que hoje formam a equipe de governo. Alguns ainda não decidiram se disputam governos estaduais e o Congresso, ou se arriscam continuar no segundo mandato, no caso da reeleição.  Ambas as alternativas são  variáveis, uma na dependência do eleitorado, outra da decisão de Dilma.

O problema, no entanto, está em que ela  continuará de mãos amarradas. Não conseguirá formar o ministério dos seus sonhos, escolhendo os melhores para cada função. Permanecerá  atrelada aos interesses partidários, ate mais sufocada por conta das eleições presidenciais.  Engoliu imposições, nesse tempo em que exerceu a chefia do governo, obrigada a  premiar partidos que se fossem satisfeitos, abandonariam sua base parlamentar. Pois agora será pior: se descontentá-los, perderá apoio eleitoral. Sendo assim, depois da aceitação  sucessiva   de ministros que nunca tinha visto, ou, mais grave, tinha e rejeitava, aumentarão as pressões.

Os feudos exigirão suas compensações. Não apenas o PMDB, ou mesmo o PT, mas legendas como o PDT, o PR, o PC do B, o PTB e outros penduricalhos, se tiverem ministros candidatos, imporão seus substitutos.  Será aceitar ou perder votos, ficando para mais tarde o sonho da composição de um ministério  ideal, formado pelos melhores. Quem sabe depois de reeleita, se vier a ser, poderá selecionar uma equipe acorde com suas intenções. Mesmo assim, há dúvidas, porque precisará continuar dispondo de maioria no futuro Congresso…

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

11 thoughts on “Caíram as máscaras no Supremo

  1. Enquanto 200 milhões de cidadãos forem reféns de pouco mais que 500 (não é possível chama-los de cidadãos), não adianta comentar absolutamente nada.

  2. Não se pode contestar os artigos do grande jornalista Carlos Chagas, tudo que escreve é
    verdadeiro, há quem não goste, não se sabe o motivo. Carlos Chagas foi funcionário durante a
    ditadura como muitos outros brasileiros o foram, isso não quer dizer apoio a ditadura. Para quem acompanhou este jornalista a décadas, tem certeza que dentro das possibilidades trabalhava para dar fim a ditadura, através de um conselho ou opinião.

  3. EU PENSO QUE O JORNALISTA CARLOS CHAGAS, TEM SUAS PREOCUPAÇÕES LATENTES COM ESSE JULGAMENTO, NA MINHA OPINIÃO, O NOBRE JORNALISTA, QUER VER OS RÉUS PRESOS NÃO IMPORTANDO, O RITO DO STF, PENSO QUE VAMOS ESGOTAR TODAS AS QUESTÕES JURÍDICAS,ATÉ O FINAL,DEPOIS SIM,QUEM FOI REALMENTE CULPADO, CUMPRE-SE A LEI. EMBORA, ESSE JULGAMENTO FOI UM CIRCO, ARMADO PRA PREJUDICAR O PT.MAS TEMOS QUE ACREDITAR NA JUSTIÇA,CARO JORNALISTA,SE O NOBRE JORNALISTA NÃO ACREDITA, QUE É UM FORMADOR DE OPINIÃO RESPEITADO, QUE DIREMOS DO POVO., MÃO É?

  4. “Arrasta-se o Congresso sobre a lama da preservação do mandato de um deputado presidiário…” EM QUE PAIS VC ACHA QUE VIVE carlinhos???? ESSA PORRA E BRASIL, O PAIS DO PECULATO E DA CONCUSSAO. O CONGRESSO NAO PODE SER ARRASTADO, POIS ESTA SUBMERGIDO NA MERDA HUMANA QUE LA ESTA PRA MONTAR SEUS ESQUEMAS E ABOCANHAR O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE OTARIO. E INCRIVEL COMO ESSES JORNALEIROS ESCREVEM COM SE VIVESSEM NA SUICA. PQP, ESSE PAIS TA FUDIDO, FALIDO MORALMENTE, NUMA MERDA IMENSURAVEL, E ESSE OTARIO TRATANDO AQUELE ANTRO DE VAGABUNDO, GANGSTERS, SEMI-ANALFABETOS COMO SE FOSSE UMA INSTITUICAO DE RESPEITO.

  5. Interessante como esse blog é totalmente contra o PT.
    A presidente Dilma e seu governo são os mais citados.
    Aqui não se fala das Falcatruas do PSDB bem mais grave do que as do PT.
    Por exemplo: Escândalo do Propinoduto tucano em São Paulo,nem pensar.
    Mensalão Tucano nem pensar.
    Gostaria de ver o Carlos Chagas comentar algo a respeito dos exemplos acima.
    Meu querido Carlos Chagas, o pau que bate em Chico tem que bater no Francisco.

  6. Ja´venho alguns dias atrás dizendo que esse Sr. Carlos Chagas, já foi há tempos. Vive
    BATENDO NA TECLA deixando transparecer que TUDO que estamos vivenciando nestes dias
    macabros sob o sistema politico do PT ( Partido dos Trairas ), é apenas culpa deste “PT’.

    Que essa corrupção desenfreada em “todos ” os poderes é somente agora sob o governo
    do “PT”, pelo visto este jornalista…já vive seus dias de desilusão e agora só assinala
    tudo de mal e macabro …só para o “PT”.

    Pois vejo nisso somente uma cousa: BURRICE JORNALISTICA, E SER TENDENCIOSO.

    O resto após isso …é ….Bem melhor nem escrever.

    Mas a vida segue…é o nobre jornalista desiludido com tudo e com todos…vai sabendo
    que no fundo ..no fundo …TUDO é nada…e NADA acaba sendo TUDO.

    Que essa ” merda” toda como bem assinalou o nobre comentarista Sr. Marcelo , já não é
    de hoje ..TODOS sabem ..menos ( assim me parece) o desiludido jornalista Carlos Chagas
    um velhissimo veterano do jornalismo Brasileiro.

    Vamos tomar um exemplo de que no fundo ..no fundo a maioria digamos 97,5% de toda
    população …gosta é mesmo desta baderna que ora estamos vivendo…gostaram no passado
    gostam agora no presente …e tb ..vão continuar gostando da mesma baderna no futuro.

    Vamos ao ponto de exemplo: Há alguns anos atrás, um momento politico ora vigorava na
    nossa NAÇÃO … E a sociedade estarrecida assistia tanto no congresso ..como nos demais
    “três poderes” uma VERDADEIRA BADERNA , CORRUPÇÃO E ROUBALHEIRA , estou me referindo
    a “era FHC” , um partido que “hoje” posa de “oposição”, fazia a “festa” com o dinheiro
    público…e então ..o que mudou de lá para cá ? O que fez a sociedade para mudar tal
    cenário de horror ? Nem vou me delongar a assinalar que “MERDA” nenhuma foi feita para
    trazer de volta os trilhões e trilhões roubados dos impostos dos que sustentam essa
    máquina “chamada de democracia “…NADA MUDOU…TUDO É IGUAL A ANTES… Portanto…caro
    jornalista ( por favor não me obrigue a colocar aspas…por favor ), seja coerente , não
    fique escrevendo..algo como o que estamos vivenciando..como se estes fatos já não FOSSEM
    do nosso “cotidiano”. Uma nação de “bananas e covardes ” me refiro é claro
    aos 97,5% CITADOS ACIMA …OK.

    Mas esperar o que mais de um “povo” que vai ao “delirio” cantando o hino de sua nação em
    um “armação de copa confederada ” ? Sabendo esse mesmo “povo” ( sim os : 97,5% ) que
    milhões e milhões desta nação …não tem esgotos, agua tratada, moradias dignas, Escolas
    com transmissão do conhecimento nivel 100, transportes dignos e confortáveis, Hospitais e
    Postos médicos funcionando 24 Hrs dia após dia, alimentos baratos e nutritivos para
    seus filhos…etc..etc..etc.. Esperar o que mais dete povo ? Que este PENSE antes de
    VOTAR ? E isso o que vai adiantar…Se: A ” MÁQUINA” que se vota ..é manipulada e
    fraudada ..para PERPÉTUAR no poder a MESMA QUADRILHA ….DE ANTES QUE ROUBAVA E QUE
    AGORA FAZ “OPOSIÇÃO” ? faço menção aqui a TODOS os partidos politicos sejam ELES quais
    FOREM…SÃO TODOS CONIVENTES E ENTRELAÇADOS COM INTERESSES ESCUSOS E TORPES.

    O QUE ME ALEGRA , É SABER QUE ESTAS DESGRAÇAS VIVAS..VÃO SER JULGADOS PELO
    ALTISSIMO…E VÃO SEGUIR SEUS DESTINOS NAS DESGRAÇAS DE SEUS FEITOS MALÉFICOS E MAUS.

    Quando eu era criança ( lá pelos idos de 1972 ), minha escola não tinha merenda,
    bebedouro, banheiros dignos ( papel higiênico nem pensar..cada um levava seu jornal ),

    Mas tinha ótimos mestres, me lembro de cada uma delas…seus ensinamentos, a atenção destas professoras amenizava nossas dificuldades materiais..Me lembro de minha amada DIRETORA

    ZILDA CONDE BARRETO ( JÁ FALECIDA ), ESSA SIM UMA MESTRA , E UMA DIRETORA DIGNA DE HONRA, ELA FAZIA UMA “VAQUINHA” COM AS DEMAIS PROFESSORAS E COMPRAVA FUBA E LEGUMES PARA QUE
    A NOSSA QUERIDA COZINHEIRA DONA NEUZA PUDESSE FAZER UMA SOPA PARA TODOS NÓS ALUNOS
    EU MESMO..VIVENCIEI ISSO..NA MINHA ESCOLA MUNICIPAL SARA KUBISCHEK …EM
    CIDADE DOS MENINOS – DUQUE DE CAXIAS..LÁ PELOS IDOS DE 1972…HOJE ESSAS LEMBRANÇAS
    ME VEM A MENTE.. QUANDO VEJO QUE ESSA ROUBALHEIRA, RAPINAGEM E PERVERSIDADE..CONTRA A POPULAÇÃO..JÁ NÃO É ALGO “EXCLUSIVO” DOS NOSSOS DIAS.

    OUTRA MENÇÃO HONROSA A SE FAZER A ESSA MESTRA E DIRETORA DIGNA DE UMA ESTÁTUA …

    Dª ZILDA, jamais deixou uma turma voltar para casa sem a devida aula quando faltava
    uma professora…ELA simplesmente DAVA a AULA ..no lugar da professora que faltou.
    Eu mesmo VIVENCIEI duas turmas , juntas em uma sala só e tudo na mais pura e correta
    disciplina ESPARTANA…que só a INIGUALÁVEL DONA ZILDA SABIA FAZER E CONDUZIR.

    Nos dias impiedosos , cruéis e macabros que vivemos ..VEMOS “professores” ..brigando
    e fazendo “greve” por estar dando “aulas” para 20 ALUNOS.

    O que esperar de um fundo de poço como este ?

    YAWHE seja louvado e adorado…em YESHUA nosso SALVADOR ..

    Carlos de Jesus – Salvador -Bahia

  7. Brasileiro que não for artista e malandro, é produto contrabandeado, é farsa!

    Embora minha brava resistência, dos meus 67 anos, em 50 fui escravo das alienantes atividades das áreas politécnicas, inclusive coisas de capitão-do-mato com prerrogativas de castração e escalpos, diga-se, investiduras de 90% demônio, 5% violeiro e o resto para literato do absurdo, Astro do Nosso Cinema, bordeleiro… não sobrando nadica para Bobo da Corte e cabo-eleitoral. Assim quando bato de frente com espíritos com acesso às artes de dar nó em pingo d’água, tal qual Carlos Chagas e a maioria de sua invejável geração, acabo acometido de manifesta inveja e agradecimento aos céus pela graça de não ser cego…também aos meus inseparáveis companheiros virtuais Dicionário Aurélio e Google Tradutor, ferramentas sem as quais, pelas inerentes dificuldades com o Português, não teria obtido tamanho privilégio, chegando mesmo a patética “situação de vaca desconhecer o Bezerro”.

    Carlos de Jesus, nao se amofina! Lá na minha maloca, a Bahia ainda é capital, já Rio de Janeiro e Brasília, goma de mascar e sapato alto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *