“Washington Post” diz que entre os líderes globais que minimizam coronavírus, “Bolsonaro é o pior”

Jornal sugere que Trump aconselhe Bolsonaro sobre isolamento

Deu no Correio Braziliense

O tradicional jornal norte-americano Washington Post publicou, nesta terça-feira, dia 14, um editorial que “elegeu” o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como o pior líder global que minimiza o coronavírus. O “pleito” foi feito pelo conselho editorial do periódico, levando em consideração os chefes de estado que estão diminuindo a Covid-19.

O editorial relembrou o episódio em que Bolsonaro se referiu ao coronavírus como ‘gripezinha’ e disse que o presidente “tenta enfraquecer os esforços tomados pelos 27 governadores para conter a epidemia”.

“GRIPEZINHA” – “Quando as infecções começaram a espalhar no país com mais de 200 milhões de pessoas, o populista de direita chamou o coronavírus de ‘gripezinha’ e pediu que os brasileiros ‘enfrentassem o vírus como homem, não como moleques’”, descreve o editorial.

Atrás de Bolsonaro estão os presidentes do Turcomenistão, Belarus e Nicarágua. O chefe de estado deste último não aparece em público há mais de um mês para tratar das questões da crise gerada pela pandemia.

CONSELHEIRO – O jornal também recomendou ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que aconselhasse Bolsonaro quanto ao isolamento social. Trump, que era contra a medida, passou a apoiar ações recomendadas por profissionais de saúde para conter o coronavírus.

“Ele (Trump) poderia fazer um grande favor ao telefonar para o Sr. Bolsonaro, que tem sido um aliado político, e pedir que ele faça o mesmo”, conclui o editorial.

23 thoughts on ““Washington Post” diz que entre os líderes globais que minimizam coronavírus, “Bolsonaro é o pior”

    • Realmente, a esquerda costuma formar um monte de bocós.
      Até eu, sujeito de pouco estudo e carente de conhecimento sei que o Washington Post e o New Iorque Times são jornais com viés esquerdista. Os dois sempre apoiam candidatos do Partido Democrata à presidência. Precisa falar que o Partido Democrata flerta com a Esquerda?
      Precisa dizer também que, assim como a Mídia tradicional do Brasil persegue e tenta desmoralizar o governo Bolsonaro, a também Mídia americana faz o mesmo com Trump?
      Ah, esses esquerdistas tupiniquins!

  1. THE NEW YORK TIMES

    OPINIÃO

    BUSCA MORTAL DE TRUMP POR UM BODE EXPIATÓRIO

    Se o presidente tivesse ouvido a Organização Mundial da Saúde, vidas americanas teriam sido salvas.

    Por: Nicholas Kristof
    15 de abril de 2020

    https://www.nytimes.com/2020/04/15/opinion/coronavirus-trump-world-health-organization-who.html?campaign_id=45&emc=edit_nk_20200415&instance_id=17666&nl=nicholas-kristof&regi_id=54886176&segment_id=25235&te=1&user_id=276daff541354d2e2e7aff86a50073cc

    • Fico pensando como o Mr. Micholas Kristof e tantos outros sapientes da mídia não poderia se apresentar como candidato a cargos eletivos e resolver os problemas do universo na prática, em vez de fazê-lo apenas teoricamente, na mídia. É muito desperdício de talento ficar apenas escrevendo sobre como o mundo deve ser, como fulano ou beltrano tinha de fazer isso ou aquilo. Se bem que a mídia, na maioria das vezes, oferece apenas sabedoria retroativa, aquela que diz, depois das coisas acontecerem, o que deveria ter sido feito para evitá-las.

  2. Seria interessante que a grande mídia analisasse porque a Nicarágua tem tão poucos casos até agora, só onze e um óbito até o presente momento. Suponho que a explicação padrão seria sub-notificação, mas não deveriam haver mais mortos? Honduras, com isolamento e toque de recolher, tem 419 casos e 31 mortes.

  3. Parabéns a Trump, o presidente que colocou o desemprego nos EUA em 3%, o menor em 50 anos.
    Com Trump, os EUA agora está com pleno emprego.

    A boa notícia é que Trump já decidiu não dar mais dinheiro para a OMS.

    • Obama e Hilary incendiaram a Síria ao apoiar os rebeldes contra Assad, causando uma das maiores convulsões naquele país com mortes e fugas de milhões da população civil.

  4. Eliel, boa tarde.
    Já temos muito maluco falando por aí ou aqui.
    Se o que ele falar interessar a direita a esquerda vai falar que o que “maluco fala não se escreve” e vice versa.
    O cara foi declarado insano para o bem ou para o mal.

    • Boa tarde José! Tem muitas perguntas sem respostas nesse crime.

      Os advogados dele também são insanos? E o mandante também é insano? E quem registrou ele na camara no dia do atentado também era insano? Você acredita mesmo que o Adélio é insano?

      Sei não, acho que tem muitos interesses em jogo. Muito interesse em esconder o mandante. Deve ser alguém muito poderoso.

      Um abraço!

      • Concordo com o Sr. o Adélio de maluco não tem nada. Além do mais é inadmissível que num caso desses, os advogados não possam ser investigados, até porque era a tentativa de assassinato daquele que se tornou presidente da república.
        Digo e repito, votei no bolsonaro, mas não votaria de novo. JAMAIS!
        Mas que tem alguém gigante por trás disso, não resta a menor dúvida!!
        Atenciosamente.

  5. Embora Bolsonaro, não seja médico nem tem aptidão política, com apoio de seus apoiadores com relação ao não isolamento para combater ao covid-19, e o remédio recomendado, está certo. Errados estão o Ministro Mandetta que é médico e tem capacidade política, toda a área cientifica do mundo, a OMS, os líderes de 141 países que defendem a quarentena, e todos os governadores do Brasil e do EUA. O que que é isso?

  6. Tudo bem Eliel mas quem deu o laudo, foram os médicos e o que eu quis dizer foi que a parte contrariada vai usar este argumento até no stf que nós conhecemos e nunca chegaremos a lugar nenhum. Agora; concordo com o que foi falado acima, mas a própria OAB não deixará os advogados falar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *