Weintraub revela que Bolsonaro j interferia na Polcia Federal antes mesmo de tomar posse

Ex-ministro afirmou que, em novembro de 2018, presidente já tinha conhecimento sobre a possibilidade de Flávio ser investigado. Declaração foi dada um mês antes de a operação que apontou movimentações financeiras suspeitas na conta de Queiroz, ex-motorista do senador, ser deflagrada.

Weintraub entregou Bolsonaro e ainda citou as testemunhas

Bernardo Yoneshigue
O Globo

O ex-ministro da Educao Abraham Weintraub afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse saber que estava para aparecer uma acusao sobre o seu filho, o senador Flvio Bolsonaro (PL-RJ), durante uma reunio em novembro de 2018, aps as eleies.

De acordo com a fala de Weintraub, o presidente teria conhecimento sobre a possibilidade de uma acusao contra seu filho antes mesmo de a operao Furna da Ona, desdobramento da Lava-jato no Rio, ter sido deflagrada.

COM ANTECEDNCIA- Segundo Weintraub, a declarao de Bolsonaro foi dada ainda na fase de transio do governo, um ms antes de o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) divulgar um relatrio, como parte da operao Furna da Ona, que apontou movimentaes financeiras de mais de R$ 1,2 milho consideradas suspeitas pelo ex-assessor de Flvio, Fabrcio Queiroz.

Eu vou contar ento uma coisa aqui que eu acho que eu nunca contei em pblico. Eu tava no governo de transio, estamos falando em novembro, e eu fui chamado em uma sala com pouca gente. Ministros, pessoas assim (…). A juntou assim numa mesa comprida e (Bolsonaro) falou: Seguinte, eu chamei pelo seguinte, t para aparecer uma acusao, t pegando esse cara aqui, apontou para o Flvio, e o governo no tem nada a ver com ele. Se ele cometeu alguma coisa errada, ele que vai pagar por isso disse Weintraub em entrevista ao podcast Inteligncia Ltda., neste domingo.

OS PARTICIPANTES- Weintraub afirma que, alm de Bolsonaro e Flvio, estariam no encontro “alguns ministros” do presidente, e cita Onyx Lorenzoni (atual titular da pasta do Trabalho e Previdncia), o general da reserva Santos Cruz (ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidncia), Gustavo Bebianno (ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidncia, morto em maro de 2020), e Jorge Oliveira (ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidncia).

Weintraub disse que o presidente tinha conhecimento da acusao contra seu filho antes mesmo de acontecer a operao Furna da Ona. Alvo da operao, Fabrcio Queiroz, que foi assessor de Flvio Bolsonaro em sua poca como deputado estadual do Rio, foi posteriormente apontado pelo Ministrio Pblico como operador do esquema das rachadinhas, prtica em que funcionrios devolviam parte de seus salrios, no gabinete de Flvio Bolsonaro na Assembleia Legislativa.

NO FATO NOVO- A suspeita de que informaes sobre a operao teriam sido vazadas para a famlia Bolsonaro antes de ter sido deflagrada, porm, no nova.

Em fevereiro de 2020, o empresrio Paulo Marinho que suplente de Flvio Bolsonaro e foi aliado do presidente nas eleies de 2018 j havia afirmado que o senador teria sido informado sobre a investigao por um delegado da Polcia Federal antes mesmo do segundo turno das eleies.

Na poca, Bolsonaro disse que Marinho teria que apresentar provas sobre o suposto vazamento. Ele vai ter que provar, no vou entrar em detalhe, quem foi o delegado que teria dito para um assessor do meu filho… sempre assim, n, ouvi “dizer. No, no ouvi dizer, disse o presidente.

CANDIDATO- Essa entrevista em que Weintraub sugere que Bolsonaro j teria conhecimento sobre a operao foi realizada um dia aps o ex-ministro retornar ao Brasil, no momento em que busca viabilizar sua candidatura ao governo de So Paulo.

Weintraub estava nos Estados Unidos desde junho de 2020, quando passou a ocupar um mandato como diretor-executivo do conselho do Banco Mundial, cargo indicado por Bolsonaro, que termina neste ano.

Quanto a Flvio Bolsonaro, foi salvo pelo Supremo. Em novembro do ano passado, o STF anulou quatro dos cinco relatrios feitos pelo Coaf que embasavam a investigao sobre as rachadinhas envolvendo o senador, alm de ter negado pedido do MP para devolver a investigao primeira instncia.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Nada de novo no front ocidental, diria o escritor alemo Erick Maria Remarque. Todo mundo est cansado de saber que Bolsonaro interfere na Polcia Federal, na Abin e onde mais for necessrio. O nico fato novo que ele j interferia na PF antes mesmo de tomar posse. por isso que Francelino Pereira e Renato Russo costumavam perguntar: Que pas esse?. E a resposta todos sabem o pas da esculhambao.(C.N.)

8 thoughts on “Weintraub revela que Bolsonaro j interferia na Polcia Federal antes mesmo de tomar posse

  1. “Menas”. Como Presidente eleito dentre as muitas atribuies do seu mandato esto claramente definida a sua autoridade em TODOS os rgos do Poder Executivo.
    Logo no tem como interferir. Ele o CHEFE.
    Se houve qq interferncia antes da posse, a sim est ao foi ilegal.

    • Caro Ronaldo, no bem assim. Sabes que o ato administrativo mesmo discricionrio tem sua discricionariedade no limite da prpria lei, e nenhum outro fim que no o interesse pblico deve norte-lo. Se o Presidente nomeia porque “sua gente” deve ser protegida ento tem no ato um desvio de finalidade, com o vcio de motivao.
      A coisa pblica.
      A Polcia ou qualquer outro rgo no quintal da casa de nenhum governante agente poltico ou agente pblico…

  2. Realmente agora as coisas comeam a fazer sentido; logo aps as primeiras denncias contra o filho zero1 o mito tratou de pedir ajuda ao Tffoli, porque tanto a mulher dele quanto do GM tambm foram “vtimas” do famigerado Coaf. Da o resto o
    j sabemos, canalhice sem tamanho desde o comeo do desgoverno do mito.

  3. Sr. Editor. Concordo que no seja nada de novo. Mas fato que antes mesmo das eleies servidores pblicos do Ministrio Pblico e da Polcia, todos eles com parcialidade conduziram as investigaes sob alegao de no interferir nas eleies presidenciais.
    Isso fato pblico e notrio. Os prprios Promotores e Delegados afirmaram isso.
    Detalhe que seno todos, grande parte – e sabemos que quase totalidade de direita nestas duas instituies.
    Curiosamente que a no interferncia foi seletiva. O outro candidato sofreu todo tipo de ataques e artimanhas de agentes pblicos. Vrios inquritos e aes apresentadas ainda em 2018, logo depois de passada a eleio foram sendo arquivadas…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.