Weintraub se cala em depoimento à PF sobre a acusação de racismo e entrega depoimento por escrito

Ministro insinuou que chineses poderiam se beneficiar da pandemia

Aguirre Talento
O Globo

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, compareceu à sede da Polícia Federal na tarde desta quinta-feira, dia 4, para prestar depoimento sobre a acusação de racismo em uma manifestação sobre chineses, mas se negou a responder às perguntas da PF e entregou suas declarações por escrito. O inquérito tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), sob relatoria do ministro Celso de Mello, e foi aberto a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

A defesa tentou suspender junto ao STF a realização do depoimento, mas não obteve sucesso. Com isso, Weintraub teve que comparecer pessoalmente à PF hoje. No início do mês, em meio à pandemia do novo coronavírus, Weintraub publicou em seu Twitter um post satirizando o modo de falar dos chineses, que provocou dura reação da embaixada da China no Brasil.

DEBOCHE – O ministro da Educação insinuou que os chineses poderiam se beneficiar da crise decorrente do coronavírus e chegou a usar a forma de o personagem Cebolinha, de Maurício de Sousa, falar trocando o “r” pelo “l”, em uma referência ao sotaque de chineses que falam português. O embaixador da China, Yang Wanming, chamou Weintraub de racista e o ministro apagou a publicação.

Em uma rede social, Weintraub fez nesta quinta-feira uma postagem defendendo sua “liberdade de expressão”, horas antes de ter que ir à PF prestar depoimento. “Enriquecimento ilícito, servidor público bilionário e roubar o dinheiro do cidadão, do pagador de impostos, deveria ser o principal crime a constar na Lei de Segurança Nacional. A liberdade de expressão não pode ser violada, sob nenhum pretexto”, escreveu o ministro. Weintraub também já havia afirmado que não foi racista nessas declarações.

 

PUNIÇÃO – A prática de ato considerado como preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional é punível com reclusão de um a três anos e multa, de acordo com o artigo 20 da lei 7.716/1989. Um agravante, o fato de realizar esse ato usando publicações em meios de comunicação, torna o crime punível com reclusão de dois a cinco anos.

Após o depoimento, Weintraub também fez uma manifestação em rede social dizendo que foi “muito bem recebido” pelo novo diretor-geral da PF Rolando Alexandre de Souza, escolhido por Bolsonaro após a saída do diretor Maurício Valeixo, que era nome de confiança do ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

“Prestei depoimento à PF, em respeito à polícia. Fui muito bem recebido pelo diretor-geral Rolando e por toda sua equipe. Agradeço especialmente a você, que me apoia na luta pela liberdade”, escreveu.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG 
Weintraub, várias vezes, perdeu a oportunidade de ficar calado, ainda mais sobre assuntos que não são da sua competência. Clama pela liberdade de expressão, mas confunde os limites e pensa (?) que pode atacar a tudo e a todos, publicamente, e ficar impune. Conforme já dito nesta TI, a sua saída do Ministério é questão de tempo. (Marcelo Copelli)

19 thoughts on “Weintraub se cala em depoimento à PF sobre a acusação de racismo e entrega depoimento por escrito

  1. Apesar do desejo de boa parte da imprensa podre, demagoga e atrelada aos interesses internacionais, inclusive esse comentarista da TI, Weintraub faz um grande trabalho no ministério. Está desmantelando as doutrinações políticas de algumas áreas universitárias e dando atenção maior a educação de base, que é o mais importante. O resto é mimimi dos esquerdopatas de plantão. Não adianta chorar, terão de engolir o presidente Bolsonaro até 2026.

    • Luiz, respeita Januário e a lógica cartesiana. Esse ministro da Deseducação é seguramente o pior da história republicana.
      Tosco. Mal educado, falastrão, politiqueiro. Não acerta uma.
      Como pode o país crescer tecnologicamente através da Educação, com um cidadão desse naipe.
      Uma vergonha.
      Parece que é deliberado metodicamente a destruição da Educação e da Cultura no nosso país. Depois que vem a destruição, a reconstrução demora décadas. E o país vai retrocedendo no cenário das nações.
      Hoje somos motivo de piadas no mundo inteiro.

  2. Alguém lembra de uma escola construída pelo ministro da (des) Educação?

    Alguém lembra de verbas que tenha destinado a reformar os prédios que estão caindo nas cabeças dos alunos?

    Alguém lembra que nossos níveis de analfabetismo absoluto e funcional diminuíram?

    Alguém lembra de o ministro montar bibliotecas ou entregar computadores nas escolas da periferia das grandes cidades?

    Alguém lembra de algo produtivo em prol dos alunos e professores das escolas públicas, originadas pelo Weintraub?

    Alguém lembra se o ministrozinho melhorou a merenda escolar?

    Não, claro que não, pois este incompetente nem saber escrever ele sabe!!!

    • Esse Ministro foi escolhido a dedo para destruir a imagem do Brasil.
      Ataca a China, humilha Israel citando a Noite dos Cristais e outros símbolos nazistas, e, é repudiado pela embaixada israelense. Ofende as pessoas, fala palavrão a vontade, tortura a língua portuguesa, não aceita opiniões contrárias ao seu campo ideológico da ultradireita, se lixa para os estudantes que vai às ruas chamando- os de vagabundos.
      Disse que odeia, quem fala em povos indígenas, orégano fechamento do Congresso e do STF, o que é isso?
      O Brasil virou um circo de horrores, pior do que palhaçada estamos no caminho de uma Tragédia anunciada.
      Tanta gente ruim reunida, Guedes, Damares, Camargo, o negro que odeia Zumbi dos Palmares.
      Caminhamos para o abismo desse jeito, e não vai ter general que dê jeito, porque milagres não existem ou não?

  3. Aonde foram encontrar este imbecil, para ser ministro da educação, que lástima, o cara só abre a boca para bostejar asneiras, declarou que a China é uma ditadura genocida, o maior parceiro do Brasil, este loucura por conveniência, para agradar os EUA, abre o esgoto e fala merda, se fosse outro governo, dava um pé na bunda deste idiota completo, ainda tem quem o admira, povo sofre pela burrice.

  4. Nos ministérios da educação, do meio ambiente e dos direitos humanos (Weintraub, Salles e Damares) estão concentrados o maior foco da infestação parasitária de petistas e afins. Elementar que, exatamente por isso, os supracitados ministros sejam os que mais sofrem ataques, tanto da militância no ambiente de trabalho como também por parte dessa imprensa rola bosta e venal.
    Essa perseguição, descarada, covarde, irresponsável e inconsequente é prova inequívoca que estão fazendo um ótimo trabalho para o País, atuando de acordo com o pretendido pelo presidente da república e por isto têm apoio da maioria dos brasileiros.
    O resto é fofoca.

    • Trabalho em órgão público com concursados, comissionados e terceirizados.
      Tem tanta gente de esquerda como também de direita (até mais).
      Nunca houve qualquer tipo de perseguição por escolha de ninguém.
      E espero que continue assim.
      Já nesses Ministérios o que há é justamente uma perseguição descarada.
      Veja o Presidente da Fundação Palmares o que chega a dizer na reunião (!) que demitiu 3 diretores esquerdistas e quer que tragam outros nomes (?)
      Vai me desculpar, mas no interesse público o que deve haver é uma seleção por critério objetivo de capacidade para as atividades da função: qualificações e experiências.
      Quem escolhe por conta da cor, da aparência, da religião, da posição política está cometendo crime, violação dos do artigos 5º e 37 da Constituição

    • Que ótimo trabalho que nada. São péssimos. A esquerda cometeu muitos erros, é verdade, mas, nesse caso, o erro é deles mesmos, péssimos ministros.
      A esquerda foi varrida desses ministérios, são eles mesmos, que estão afundando o Brasil interna e no campo externo.
      Isso é patriotismo, destruir a reputação da nação?
      Me poupe Rodrigo.

    • Bendl, esses direitopatas, são chulos, não pensam, não analisam os fatos, acho que devemos ignorar esses algoritmos, esses robôs, que atuam contra a lógica, contra o Brasil.
      São maus brasileiros.
      Eles querem apenas denegrir, não têm compromisso com o diálogo, o debate e a informação.

  5. QUANDO SE TEM O COMPROMISSO DE FAZER COM QUE O ESTADO DEVOLVA AOS CIDADAOS SERVICOS PUBLICOS DE QUALIDADE A POSIÇÃO POLITICA NÃO IMPORTA.O ACESSO NO SERVIÇO PUBLICO DEVERIA SER POR CONCURSO PUBLICO E EM ALGUNS CASOS SO O MINISTRO OU SECRETARIO DE FORA.

    • Também concordo Sylvio Rocha.
      Ele pode ser tudo menos ministro da Educação.
      Ele era o segundo do Onix Lorenzoni demitido por incompetência da Casa Civil. O general Braga Neto dá de 100 a zero no Onix. Uma boa escolha pelo menos.
      Mas, o Weintraub é um péssimo gestor, o pior da República. Retrocesso de 50 anos na Educação do Brasil.
      Caminho da ladeira.

  6. Lula, também não foi lá essas coisas na as escolhas do ministério da Educação. O melhor quadro, o professor Cristóvão Buarque, Lula demitiu pelo telefone. Um tosco o sapo barbudo, que se achava uma lenda.
    Um é lenda o outro é mito. Estamos perdidos e roubados, na as nossas escolhas eleitorais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *