Bolsonaristas atacam Barroso em rede social após ministro falar que o presidente defende ditadura

Bolsonaristas não admitem oposição ao presidente ou questionamentos

Deu no Correio Braziliense

O termo #BarrosoPalhaço ficou entre os assuntos mais discutidos no Twitter, nesta quinta-feira, dia 27. Na quarta-feira, dia 26, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso afirmou que a democracia brasileira tem se mostrado ‘resiliente’ aos ataques do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Parlamentares bolsonaristas e da oposição se posicionaram na rede social sobre o assunto.

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que em julho atacou outro ministro do STF, chamando Alexandre de Moraes de “lixo”, publicou: “É repugnante ver o comportamento partidário do ministro @LRobertoBarroso atacando o PR @jairbolsonaro, em uma entrevista na fundação do seu colega comunista FHC, o mesmo que corrompeu o congresso para ter o direito ao segundo mandato. Precisamos de ministros mais dignos”, disse Otoni no Twitter.

“MILITANTE SUPREMO” – Na mesma rede social, deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) também criticou a fala do ministro: “Barroso parte pro ataque e afirma que o Presidente Bolsonaro defende a ditadura e a tortura. Não é um ministro, é um militante supremo”.

Parlamentares da oposição saíram em defesa do ministro Barroso também no Twitter. O deputado federal José Guimarães (PT-CE) publicou: “Barroso não disse nada além da verdade. Bolsonaro coleciona episódios de flertes fascistas, com direito a adoração a torturadores e saudações à ditadura. Foi assim como deputado e continua sendo como presidente. Os bolsonaristas incomodados que reflitam de que lado estão”, escreveu o vice presidente nacional do Partido dos Trabalhadores.

SEM NOVIDADE – Na mesma linha, o deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) questionou: “Qual é a novidade nisso?”. O parlamentar publicou ainda: Estranho é o @gen_heleno falar “não adianta querer derrubar o presidente”.Vergonha defender presidente envolvido com milícia! #BolsonaroCorrupto”.

 

O ministro do Supremo disse que a democracia brasileira é resiliente, pontuando que o país tem “um presidente que defende a ditadura e a tortura e ninguém jamais considerou alguma solução diferente do respeito à igualdade constitucional”.

13 thoughts on “Bolsonaristas atacam Barroso em rede social após ministro falar que o presidente defende ditadura

  1. Barroso se considera uma pessoa ungida do iluminismo, que deve “empurrar a história” na direção “certa”. Mas isso quer dizer “progressismo radical”, autorizando o aborto em qualquer mês de gravidez, casamento gay ou legalização das drogas.
    Tudo isso, é claro, sem o consentimento do povo, ignorando o que o Congresso tem a dizer sobre essas questões.
    Bolsonaro está longe de ser um ditador e o seu governo respeita a Constituição. Infelizmente, não podemos dizer o mesmo do Supremo Tribunal Federal, cuja missão é proteger a nossa Constituição.”
    O ministro do STF Marco Aurélio Mello discorda do Barroso, ressaltando que “é preciso deixar o presidente trabalhar!”
    No Brasil não é preciso ser juiz para ser juiz do Supremo Tribunal Federal”.
    O próprio Barroso nunca foi juiz, mas advogado, que tinha como cliente gente como Cesare Battisti, o terrorista italiano que matou gente inocente em nome do comunismo.
    Vimos um exemplo outro dia, quando ele participou de uma palestra ao vivo com Felipe Neto, um YouTuber estúpido que fez fortuna imitando foca ou falando besteira para crianças”.
    Enfim, o que ele fala de Bolsonaro não se deve dar crédito.
    Esquerdista de carteirinha.
    Haja paciência!

    • “O próprio Barroso nunca foi juiz, mas advogado.

      O ministro Luiz Roberto Barroso era Procurador do Estado do Rio de Janeiro, dos mais respeitados no Brasil.

      Alguns ministros do STF, antes de o Barroso se tornar ministro, em seus votos, invariavelmente, citavam Barroso como referência.

      Só quem é do contra, simplesmente por ser do contra, fala uma asneira tamanha do ministro Barroso.

      Talvez se o Barroso falasse que o seu Jair é honesto a opinião seria diferente.

      • Que bom, que tenha ‘cidadãos” como você, comprometidos com a verdade e o bem estar do país e não com a destruição raivosa de reputações na defesa de um clã mafioso, corrupto e nocivo ao interesse nacional.

  2. O ministro está certíssimo. Gaiatos e imbecis, descarados vassalos do “mito” é que não sabem nada. Insultam Barroso na inútil tentativa de intimidá-lo.

  3. O Barroso esta desesperado. O Jornalista Allan dos Santos fez uma denúncia gravíssima, que o presidente estava sendo espionado pelas embaixadas da Coreia do Norte, China e o Adv. Kakay. Allan entregou os documentos ao Diretor Geral da ABIN Alexandre Ramagem, imediatamente o $TF limitou o poder da ABIN de investigar. Isso aconteceu por acaso? Não, claro que não! O Barroso sabia de tudo isso mas NÃO AVISOU AO PRESIDENTE DA REPUBLICA ou ao GSI como deveria e assim cometeu crime. Todos os envolvidos estão calados, esta questão vai explodir mais cedo ou mais tarde e o Barroso terá de ser impichado ou teremos uma guerra.

  4. “Investigado pelo STF, blogueiro Allan dos Santos foge do Brasil

    O dono do site Terça Livre é investigado no inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal”

    Quem é Allan dos Santos? Algum trabalhador?

    É um bandido bancado por bandido e defendido por…

Deixe uma resposta para Eliel Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *