Bolsonaro se interessa mais por teorias conspiratórias, o país fica em segundo plano

Resultado de imagem para bolsonaro

Bolsonaro agora passou a se declarar vítima dos outros Poderes

Carlos Newton

O texto do “país ingovernável” já foi esmiuçado de todas as formas pelos analistas da mídia. Mas alguns aspectos devem ser destacados. O mais importante é o fato concreto e inquestionável de que o presidente Jair Bolsonaro continua alvo fácil das teorias conspiratórias. Chega a ser uma fixação, que a partir das eleições vem contaminando toda a família Bolsonaro. No próprio Palácio do Planalto, desde a posse há um indisfarçável clima de constrangimento, que se agravou com a desmotivada demissão de Gustavo Bebianno, por ter aceitado receber em agenda o diretor institucional da Rede Globo.

Este foi o verdadeiro motivo, nada a ver com as candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais e Pernambuco, nem com irregularidades que não eram da alçada de Bebianno como presidente do partido, ele não se envolvera em nenhuma irregularidade.

DEMISSÃO INJUSTA – Instigado pelos filhos e por Olavo de Carvalho, o presidente decidiu demitir o ministro, que nada tinha a ver com o problema, era seu amigo pessoal e até advogado gratuito. Quando foi alertado por outros ministros para o fato de não haver motivo, porque nas democracias os governantes recebem normalmente representantes e membros da sociedade civil, o presidente caiu em si e ofereceu a Bebianno uma diretoria na Itaipu Binacional ou as Embaixadas em Roma e Lisboa, a escolher. Bebianno não aceitou e foi cuidar da vida.

À ESPERA DO GOLPE – A partir daí, foi uma bola de neve e Bolsonaro passou a viver por conta do golpe. Esse raciocínio conduz, logicamente, ao contragolpe. E são duas hipóteses absurdamente antidemocráticas, das quais não se pode nem cogitar.

Ao apoiar o texto do “autor desconhecido” Paulo Portinho, que exibe um “país ingovernável”, sem dúvida Bolsonaro está tácita e taticamente apoiando um contragolpe, que significa a derrocada das instituições.

Bolsonaro não prima pela inteligência, talvez nem perceba o que está fazendo. Mas o fato é que ele se dedica mais intensamente às teorias conspiratórias do que às necessidades de governo. Com isso, sua gestão está imobilizada, à espera das decisões do Congresso.

É ESPANTOSO – O amadorismo e a infantilidade de Bolsonaro causam espanto. Ele acha que, culpando o Judiciário e o Legislativo, estará preservando sua própria imagem e também a do Executivo. Mas não é assim que a coisa funciona.

 Seu principal auxiliar, o ministro Paulo Guedes, também não sabe o que fazer e defende premissas falsas. Diz que a reforma da Previdência não somente vai aliviar o problema da dívida pública, como atrairá investimentos externos que reduziram o desemprego, e nada isso não e verdade.   

Guedes não percebe que, com um governante instável como Bolsonaro, jamais haverá corrida de investidores, porque eles exigem exatamente o contrário – a estabilidade.

###
P.S.
– Paulo Guedes nunca foi um superstar da economia. Não conseguiu destaque nem mesmo entre os Chicago boys. Foi sempre do terceiro time. Sinceramente, não consigo vislumbrar como ele e Bolsonaro conseguirão tirar o país da crise. Minha esperança é que todo poço tem fundo, e quando se chega lá nas profundezas, a tendência é de que se volta a crescer, mas isso só acontece quando o governo não atrapalha, é claro. (C.N.)

16 thoughts on “Bolsonaro se interessa mais por teorias conspiratórias, o país fica em segundo plano

  1. Mensagem de um idiota útil em agradecimento ao Senhor Presidente

    “Caro Senhor Presidente,

    Sou formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia, situada no estado de Minas Gerais.

    Ao longo de toda minha carreira venho acumulando elogios e reconhecimentos, tanto à minha pessoa quanto ao meu profissional, mas nunca, nem de longe, alguém conseguiu traduzir tão adequadamente o que me tornei na vida: um idiota útil.

    De infância difícil, família pobre e morando na periferia da cidade, nunca precisei sair de dentro do meu lar para ter contato com violência doméstica, depressão, vício em alcoolismo, polícia na porta de casa, falecimento da mãe quando eu estava com sete anos e uma família completamente desestruturada. Essa era a minha rotina numa típica família tradicional que o senhor tanto defende no seu maravilhoso mundo de Alice, ou de Frozen? Lamento informar, mas há milhares de famílias iguais a minha. Por isso que somos tradicionais.

    Vivendo num ambiente desses há sempre reflexos, por exemplo, no meu desempenho escolar. Sempre fui um aluno mediano, mais para baixo da média do que para cima. Ia para escola mais para ter paz e comida do que para aprender. Nessa época eu não sabia a “fórmula da água” e, honestamente, nem estava interessado em saber. Sobrevivência vem sempre em primeiro lugar. Em anexo uma foto do meu registro escolar para vossa lamentação e desprezo.

    Aos treze anos de idade meu pai deixou o lar e passei a morar somente com minha irmã. Minha irmã trabalhava em dois empregos para suprir as despesas da casa e eu passei a trabalhar numa fábrica de calçados, passando cola em sapatos. Passava o dia respirando cola e durante a noite estudava num colégio técnico.

    Foi uma professora, Luíza, que lançou um olhar diferenciado para minha pessoa e conseguiu uma bolsa de estudos para mim em um dos melhores colégios particulares de ensino médio da cidade. Luíza justificou o pedido da bolsa para o dono da escola dizendo que eu era um menino desperdiçado e que a Educação era a oportunidade de transformação da minha vida. Em troca da bolsa de estudos eu passei a trabalhar na secretaria da escola. Feito um conto de fadas, eu deixei de passar cola em sapatos para ter acesso à Educação de qualidade.

    Frequentando um ambiente muito mais saudável, em meio a estudantes que se esforçavam para ingressar em faculdades e, trabalhando com os professores do colégio que, além de ensinarem, serviam de inspiração, eu passei a vislumbrar outros caminhos e oportunidades na vida. Passei a sonhar. Faculdade naqueles tempos era vista como lugar de gente rica.

    Pela primeira vez eu ousei em sonhar com uma faculdade. Não foi fácil, mas através de muito estudo e esforço eu consegui. Numa época que não havia programas de cotas ou financiamentos, fui aprovado na Universidade Federal de Uberlândia, na Universidade Estadual de São Paulo e na primeira fase da Universidade Estadual de Campinas, que me dei ao luxo de nem fazer a segunda fase pois Uberlândia era meu objetivo. Lá, além de ser uma excelente faculdade na época, eu poderia morar com meu irmão para reduzir ao máximo as despesas. Pobre tem que se virar. Consegui até bolsa alimentação na faculdade para comer de graça no restaurante universitário.

    A partir daí, uma nova pessoa se revelou dentro de mim: um idiota, como o senhor gosta de adjetivar. Só mesmo um idiota desacreditado na vida para passar a acreditar no valor do estudo, do esforço contínuo e do trabalho digno e honesto para obter resultados.

    O aluno mediano do ensino fundamental, que quase reprovou em Matemática, imagina, se tornou um dos melhores alunos da Faculdade de Engenharia, onde mais de 30% dos alunos ingressantes desistem ou reprovam nas disciplinas de Cálculo Diferencial e Integral, Física ou Química. Não peça para vosso atual Ministro da Educação fazer a conta do percentual, ele vai errar.

    Em anexo uma foto com o registro do meu desempenho no início da faculdade de Engenharia para vossa apreciação e admiração. Uma demonstração prática de como um pobre vira gente nesse país.

    Dentro da faculdade participei de programas de excelência fomentado pela CAPES, realizei pesquisas, auxiliei em teses de mestrado, participei da Empresa Júnior e realizei trabalhos de estudo e extensão visando também, além da formação técnica, a formação humana. Tudo para aprimorar o pensamento da existência humana, das necessidades e do convívio em sociedade e das relações com as diferenças. Se não me engano, essas áreas de estudo são conhecidas como Filosofia e Sociologia. Deixa pra lá, não tem importância para o senhor.

    De fato, eu sou mesmo um idiota. Como já disse, somente um idiota para valorizar tanto a Educação e, através de muito estudo, trabalho e sacrifício, ter uma formação de Excelência. Somente um idiota para ter trabalhado dez anos em empresas multinacionais no setor energético, gerenciando e administrando grandes contratos da área de transmissão e distribuição de Energia no país.

    Somente um idiota para ter construído uma sólida carreira internacional, com 5 anos de atuação em países como Estados Unidos, Portugal e Alemanha. Lá, os grandes líderes e diretores das empresas gostavam de se reunir e sentar à mesa comigo.

    Somente um idiota para falar três idiomas: Português, Inglês e Alemão. Somente um idiota para ter se beneficiado do dinheiro público para gerar valor para própria sociedade com intercâmbio de gestão e soluções tecnológicas pelo mundo.

    Numa coisa o Senhor Presidente tem razão. Não pode ser qualquer idiota. Tem que ser um idiota útil. Útil para a sociedade. Útil para a Vida. Útil para os seres humanos e para a natureza.

    A Luíza, minha professora, também tinha razão: a Educação poderia transformar minha vida como, de fato, transformou.
    Por ironia do destino, a Luíza foi minha professora de Química no ensino técnico. Com ela eu aprendi não somente a “fórmula da água”, mas também a fórmula da ética, do caráter e a fórmula da crença na Educação que enobrece uma pessoa e colabora para o desenvolvimento de uma sociedade.

    O resultado da minha vida poderia ter sido igual ao do Senhor, não um idiota, mas um esperto. Tem que ser muito esperto para se manter tantos anos se aproveitando e usufruindo da política sem nunca ter produzido nada de útil para sociedade.

    Tem que ser muito esperto para não abrir mão de benefícios como “auxílio-moradia” usados para “comer gente”. Tem que ser muito esperto para se envolver com milícias, laranjas e “chocolatinhos”.

    Tem que ser muito esperto para “insitar” a violência, primeiro contra a Língua Portuguesa, mas, principalmente, contra os menos favorecidos, as diferenças e desigualdades sociais, usando armas em nome de Deus, da Fé e da família tradicional.

    O Senhor Presidente não é um idiota. O Senhor é um esperto, mas é o esperto mais inútil que tive o desprazer de conhecer.

    Já eu, do alto de minha idiotice útil, por vezes fútil, resolvi redirecionar minha carreira. Hoje tenho uma escola no interior do Ceará. A motivação para esse redirecionamento foi simples. Quem mudou minha vida foi a Educação através do olhar de uma professora e o gestor de uma escola. Então hoje eu me tornei o professor e o gestor na vida de outras pessoas sonhadoras com um futuro melhor e com melhores oportunidades. A Educação transformou minha vida e estou tentando devolver para a Vida o que a Vida me deu. Coisa de idiota, fala a verdade???

    Há que se ter muito cuidado na interpretação dos fatos. Não tratem minha história de vida como uma exceção. Eu não sou e nem fui uma exceção. Exceção foi minha professora Luíza. Exceção foi o dono da escola que me concedeu a bolsa de estudos. Eles quem fizeram o papel do Estado e dos Governantes.

    De onde eu vim, havia milhares de jovens com o mesmo potencial ou talento muito maior do que o meu, mas infelizmente eles não tiveram as mesmas oportunidades e acessos que eu tive. Talvez porque desde sempre não pertençamos à família tradicional. Talvez porque pretos, pobres, gays, indígenas e ateus tenham mesmo que arder todos no fogo do caldeirão dos governantes de uma nação. Esse tipo de gente só serve mesmo, quando muito, para votar, e olhe lá.

    Apesar de tudo eu sou feliz e durmo em Paz. Eu prefiro continuar sendo esse idiota útil que uma Universidade Federal me fez. Eu sou o resultado da transformação através da Educação de Qualidade. Pessoas gostam de estar junto de mim.

    O Senhor Presidente, de família branca tradicional, tem grande apreço e admiração pela beleza da família branca americana, mas, ao que me consta, nem eles querem sentar a mesa com o senhor. Bem-vindo ao mundo da opressão, da humilhação, da enganação e do preconceito. O mérito é todo do Senhor, esperto Presidente.

    Na tentativa estúpida de fazer do Brasil uma inspiração no modelo americano, o senhor tem conseguido, através de tantas atrocidades, o descaso com a Educação e o armamento da população, transformar esse país num Afeganistão. No futuro estaremos todos correndo juntos “caçando pipas”. O senhor certamente não entenderá a metáfora pois prefere o Twiter a ler livros…

    Antes de finalizar deixo aqui meus sinceros agradecimentos e reconhecimento para todos meus Professores, Mestres e Doutores da Universidade Federal de Uberlândia e para toda comunidade docente e discente do ensino público do nosso País.

    Em especial para minha professora Luíza, por ter sido um anjo em minha vida.

    Para nosso ilustríssimo Presidente eu deixo aqui meus sinceros agradecimentos. Eu já sabia a fórmula da água, mas graças ao senhor, eu descobri o que é Golden Shower.

    Com estimas, de um idiota útil para um esperto inútil. “

    • Olha só o exemplo de que se deve ter muito cuidado com generalizações. Com certeza, a maioria dos integrantes de universidades públicas é como o exemplo dessa pessoa que prestou o seu depoimento e desabafo. Apenas uma minoria insignificante apesar de barulhenta é como Bolsonaro e seus ministros da educação gostam de retratar. Senhor presidente para o seu próprio bem e para que tenha condições de concluir seu mandato, procure amenizar um pouco suas atitudes beligerantes. Não adianta querer governar só para quem pensa de modo semelhante ou mesmo igual ao senhor. Há que se procurar um minimo de pacificação. Não estamos mais em campanha. Adjetivos como idiota, imbecil para se referir a quem pensa diferente não ajudam em nada para quem precisa governar para todos. Devem ser evitados.

  2. Caro Carlos Newton,
    E o texto que acabei de receber via WhatsApp abaixo transcrito é teoria conspiratória?
    Pois bem, fui checar a informação no sítio eletrônico da Câmara dos Deputados, e de fato existe essa trama diabólica encabeçada por esse partido que se diz dos trabalhadores, é a PEC 37/2019, que o leitor e comentarista da gloriosa TI poderá averiguar com os seus próprios olhos, cujo link de acesso a seguir transcrevo.
    https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2195722
    Estreme de dúvida o recém empossado governo federal está amordaçado, amarrado, pelo parlamento brasileiro.
    “Trama diabólica do PT inclui tirar poderes de Mourão antes de derrubar Bolsonaro
    A Constituição Federal que:

    Tanto no impedimento como na vacância, quem assume primeiramente a Presidência da República é o Vice-Presidente.
    Todavia, este assume a Chefia do Executivo enquanto durar o impedimento, enquanto que, havendo vacância, o Vice-Presidente assume até o final do mandato, em respeito ao art. 79, da CF.

    A Revista Sociedade Militar fez uma advertência sobre a qual vale a pena refletir:
    “Antes mesmo de Hamilton Mourão ser escolhido para vice na chapa de BOLSONARO, a presença de um militar na vice-presidência seria o maior empecilho contra a abertura de um processo de impeachment contra o presidente.

    Atento à esse fato, os comunistas não perderam tempo.

    Partido dos Trabalhadores já trabalha nos escombros para alterar o artigo 79 da CF (citado acima)
    .
    O PT não está morto e já apresentou uma PEC que, caso seja aprovada, poderá ‘excluir’ a possibilidade de que – afastado o presidente da república – Hamilton Mourão assuma o cargo.

    A intenção dos comunistas é aprovar essa PEC e, em seguida, apresentar um pedido de impeachment contra BOLSONARO.

    Toda a mídia seria cooptada para pressionar a aceitação … tanto da PEC quanto do impeachment.

    A PEC, de autoria dos deputados petistas Henrique Fontana e Paulo Texeira, foi apresentada no dia 1/4/2019 e já pode ser acessada no site da Câmara dos Deputados
    .
    O texto diz o seguinte:
    “Art. 1º. A presente Emenda Constitucional altera os artigos 28, 29, I, 32, §2º, 77 e seu §1º, 78, parágrafo único, 79, 80 e 81 da Constituição Federal para dispor sobre a substituição do cargo de Presidente da República, bem como de Governadores e Prefeitos, em caso de impedimento temporário e eleição direta em caso de vacância do cargo, estabelecendo que em nenhuma hipótese o vice assumirá o cargo em definitivo.

    No site do PT, alerta a Revista Militar, o deputado Fontana diz que “o poder imediatamente volta ao povo para eleger o substituto através de eleições diretas 90 dias após a vacância do cargo.
    O vice terá a função de ocupar a Presidência na ausência do titular temporariamente, mas em nenhuma hipótese em definitivo”.

    A PEC já conta com mais de 200 assinaturas, mas a adesão deve crescer depois do início da tramitação.
    A matéria vai para mesa diretora da Câmara que faz a distribuição nas comissões da casa para análise do projeto.

    Para ser aprovada, a proposta deverá obter os votos de três quintos, no mínimo, do número total de deputados da Câmara em cada turno da votação.
    Ou seja, aprovação de 308 dos 513 deputados.”

    • Tô dizendo, tô dizendo …

      Se não fecharmos o Legislativo, viveremos sob o tacão de um poder corrupto, ladrão, desonesto, vagabundo, perdulário e inútil!!

      Enquanto algumas vozes de traidores confesso deste país e do seu povo elaboram leis que conceda ao congresso mais poderes, essa mesma gentalha petista vocifera contra a ditadura de mais de três décadas atrás, porém agindo da mesma forma nos bastidores do antro de venais!

      Jango ao substituir Jânio, teve pela frente uma aguerrida resistência para não assumir a presidência, questão que até hoje a esquerda bate na tecla do golpe militar.
      Tempos depois, ela age da mesma forma, querendo impedir que o vice assuma, caso o presidente seja impedido de seguir adiante.

      Portanto, a crise de hoje, além da política, social e econômica, torna-se muito mais grave do que antes, pelo fato de que a intenção que move a oposição e a esquerda é ter mais poderes para o parlamento e inviabilizar o Brasil de tal maneira que, Lula ou alguém do PT, assuma uma possível eleição com o tempo limitado do vice na substituição ao primeiro mandatário e, em definitivo, a implantação de uma ditadura do proletariado, que foi frustrada décadas atrás!

      E, pelo que tudo indica, principalmente a omissão e acomodamento das FFAA, em seguida teremos Lula como nosso ditador ,finalmente.

  3. Caro CN … Bom dia!

    Não tenho divulgado teorias … tenho só LEMBRADO, né??? de coisas que aconteceram.

    O ilustre Jurista Dr. Jorge Béja já me respondeu confirmando que estamos com Governo Militar democraticamente eleito.

    E expus o que chamei de Jurisprudência Institucional, certo?

    No entanto, ninguém me respondeu ainda quando terminou a Revolução das Mulheres com Terço nas Mãos de 19/03/1964.

    Sds.

    • Entendo que a Crise foi sendo criada com os constantes remendos do Vice às declarações do Presidente, concordam???

      O Exército é fortemente Positivista … De acordo com os positivistas somente pode-se afirmar que uma teoria é correta se ela foi comprovada através de métodos científicos válidos.

      Ou seja … não ligam muito para Filosofia, Ideologia e Religião.

      É posição semelhante ao Cosmismo Russo … que sobreviveu durante o Comunismo … e hoje vige com Putin … que procura mostrar superioridade russa na Ciência … mesmo com sanções.

    • Sobre o Marxismo, tivemos um belo escrito pelo culto Bendl … deve-se considerar que tem sofrido derrotas nas eleições russas … depois do atual multipartidarismo … e abrem-se igrejas; enquanto se fecham na Europa de Marxismo Cultural.

      A Análise Marxista do Capital na realidade constata o modo de Ser dos Ricos … e conclui que há outra Classe – dos oprimidos, né???

      O problema é que os Dirigentes Partidários acabam tendo o mesmo comportamento dos ricos com a Nomenklatura!

    • A Filosofia Perene também foi muito bem explicada pelo Bendl … é a base dos pensamentos de Olavo de Carvalho, dos Bolsonaros e da maioria dos eleitores que deram Vitória a Jair … e querem que o Programa de Governo Perenealista se torne Realidade … … … e aí vem o dia 26 kkk KKK kkk

      • https://pt.wikipedia.org/wiki/Olavo_de_Carvalho … Olavo Luiz Pimentel de Carvalho (Campinas, 29 de abril de 1947)[5] é um ensaísta e pensador brasileiro,[6] tendo atuado no passado como jornalista e astrólogo, sendo considerado também um influenciador digital e ideólogo.[7] Autoproclamado filósofo, estudou filosofia por conta própria,[8] sendo um dos principais representantes do conservadorismo no Brasil.[8][9][10]

        https://pt.wikipedia.org/wiki/Conservadorismo_no_Brasil … Século XXI … Bertrand Maria José de Orléans e Bragança[88][89] … José Osvaldo de Meira Penna … Ives Gandra Martins … Luiz Felipe Pondé[90][91] … Olavo de Carvalho[92] … Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior[93][94] … Gerardo Melo Mourão … Percival Puggina … Jair Bolsonaro, membro da corrente chamada de conservadorismo liberal[95][63]

      • Meu prezado Lionço,

        Por favor, culto, não!
        Considera-me esforçado, nada mais.

        Na razão direta que te respeito e admiro, da mesma forma com os demais comentaristas, procuro antes pesquisar sobre assuntos complexos e de várias interpretações, opiniões e conceitos.

        Marx seria um deles, talvez o maior, apesar de encontrar um competidor à sua altura quando o assunto é religião!

        Logo, preciso postar verdades, nada de especulações, achismos, palpites. tanto para eu ser honesto comigo mesmo, quanto eu ser igual para quem irá ler meus registros.

        Dito isso, mesmo que essa espécie de “tronco universal”, que aborda a filosofia perenialista ou escola ou movimento ou estudos, ainda encontre resistências, confesso que concordo na sua essências sobre suas conclusões a respeito de nossos objetivos em comum.

        No fundo, no fundo, agimos igual como todos, diferenciando os caminhos escolhidos, mas que nos levarão ao mesmo lugar, incontestavelmente, e ao culto da mesma divindade ou deuses.

        Não há como entendermos que somos independentes do cosmos, que, por sermos humanos, racionais, inteligentes, que não estamos atrelados às questões universais, simples ignorância e síntese mal feita do que somos e poderemos ser.

        Logo, Lionço, podes escrever que concordo, sim, com a filosofia perenialista, tanto pela sua conclusão, quanto pela oferta de motivos e razões para acreditarmos no seu conteúdo.

        Abração.
        Saúde.

    • Como bem escreveu o Bendl … pega-se tudo de Filosofia, Religião etc … joga-se para o alto … e se terá o mesmo resultado … independente de época, país, raça, sexo etc etc etc pois HomeMulher é desde Adão e Eva, né???

      Segundo alguns Perenes, a coisa ficou fora do perene com o Iluminismo.

      E não adianta mostrar erros deles … os perenes não se consideram santos, messiânicos nem divinosa … sabem se arrepender quando dos malfeitos kkk KKK kkk

    • Terminando kkk KKK kkk

      Olavo Luiz Pimentel de Carvalho (Campinas, 29 de abril de 1947)[5] é um ensaísta e pensador brasileiro,[6] tendo atuado no passado como jornalista e astrólogo, sendo considerado também um influenciador digital e ideólogo.[7] Autoproclamado filósofo, estudou filosofia por conta própria,[8] sendo um dos principais representantes do conservadorismo no Brasil.[8][9][10]

      Os principais representantes do conservadorismo no Brasil … Século XXI … Bertrand Maria José de Orléans e Bragança[88][89] … José Osvaldo de Meira Penna … Ives Gandra Martins … Luiz Felipe Pondé[90][91] … Olavo de Carvalho[92] … Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior[93][94] … Gerardo Melo Mourão … Percival Puggina … Jair Bolsonaro, membro da corrente chamada de conservadorismo liberal[95][63]

      Deus nos proteja.

  4. Brasil
    Um presidente despreparado, três filhos descontrolados, um guru alucinado, um Congresso interesseiro e cheio de criminosos, um Supremo desmoralizado. Dois ministros competentes falando para o vento, um vice-presidente lúcido e amordaçado. Uma oposição trabalhando pela desgraça do país. Todos sabemos o final dessa história. Pobre Brasil. (Gilberto Tadros Oberhofer, Guarapari/ES)

  5. Concluindo o Terminando kkk KKK kkk

    Bolsonaro já cumpriu seu Programa Perenealista de Governo; conforme prometera em campanha.

    Dizem que exagera no uso de MPs … e com decretos inconstitucionais … e assim o Programa é postergado … … … é hora de PLEBISCITO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *