Com ataque ao STF, CPI e passeatas pedindo por ditadura, o governo desaba e só um milagre salva Bolsonaro

Manifestação

Manifestações defendem até a intervenção no Supremo

Pedro do Coutto

Ao receber a ligação do senador Jorge Kajuru neste domingo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, pediu que ele estendesse a CPI da Saúde para governadores e prefeitos, uma vez que não quer ser culpado sozinho.

O telefonema foi gravado pelo senador e, na mesma noite, o Fantástico divulgou o fato. A edição de ontem, de O Globo, reportagem de Eliane Oliveira e Bruno Goés, destaca o diálogo. Além de pedir a extensão da CPI, Bolsonaro atacou o STF propondo o impeachment do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. Kajuru divulgou o conteúdo do telefonema.

PERPLEXIDADE – O fato foi recebido com perplexidade, sobretudo porque inacreditavelmente, conforme revelou o jornal da GloboNews ontem à tarde, o presidente também ameaçou agredir Randolfe Rodrigues, autor do requerimento de criação da CPI da Covid-19. Jair Bolsonaro, a meu ver, está desorientado.  

É importante destacar que, com o seu conhecimento, passeatas ocorridas neste domingo na Avenida Paulista, na Praia de Copacabana, na Esplanada de Brasília, defenderam a implantação de uma ditadura militar, com ele no comando. Faixas apontavam o comunismo no país e militantes afirmavam estar com Deus e em defesa da liberdade cristã. A ditadura militar seria contra o Congresso e contra a Corte Suprema.

Se a crise já estava com temperatura elevadíssima, agora então subiu ainda mais, atingindo um perigoso limite. A ruptura pode ocorrer ainda esta semana. O presidente da República a cada dia revela mais que não tem condições de governar.  

VAGA NO STF – Thiago Prado, no O Globo, informa que Bolsonaro optou por André Mendonça para a vaga no STF que será aberta em julho com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello. Mas a Corte reage e não vê clima para aceitar Mendonça.

Por esse motivo, ministros entraram em contato com Rodrigo Pacheco para que o Senado, se a indicação vier a se confirmar, rejeite o nome do atual advogado-geral da União. O desentendimento entre os Poderes aprofunda-se.

RENDA DAS FAMÍLIAS – O Estado de São Paulo, através de reportagem de Fabrício Castro e Eduardo Rodrigues, destaca que segundo dados do Banco Central, o comprometimento da renda das famílias brasileiras com dívidas alcançou 31,1%, pico da série histórica, e que esse fato está influindo na queda da renda, o que reflete a perda do poder de compra ameaçando assim a economia nacional que vem sendo objeto de afirmações inverídicas do ministro da Economia.

E agora Paulo Guedes ? Não há resposta, pois o poder de consumo só pode baixar e não subir em razão do congelamento dos salários. Todos esses fatos formam uma cadeia que está levando a uma situação insuportável, inclusive no que se refere à corrupção. Paulo Guedes fixou em R$ 16 bilhões a privatização da Eletrobras. Já escrevi sobre isso ontem.

REMÉDIO SEM EFICÁCIA – Mas hoje, lendo Vinicius Sassine, Folha de São Paulo, vejo que o Ministério da Saúde gastou R $125 milhões com a compra de Tamiflu, remédio que não tem eficácia  contra à Covid-19. Além da impropriedade, Sassine aponta que o preço cobrado foi 33% maior que o de mercado.

Sem dúvida, o governo ingressou em um espiral e é quase impossível voltar à tona com o redemoinho que o próprio Bolsonaro criou. Todos se lembram da reunião ministerial de 22 de abril de 2020. Falta pouco para completar um ano.

LEGISLATIVO TOMA INICIATIVA –  Na tarde de ontem, no jornal das 16h, a GloboNews informou que o senador Rodrigo Pacheco e o deputado Arthur Lira, presidentes do Senado e da Câmara, conversaram ao telefone com o secretário-geral ONU, e que pediram a ele a antecipação de entregas de vacinas contra a Covid-19 ao Brasil.

Pacheco disse que reforçou ao secretário-geral o pedido para que o Brasil se torne prioridade na entrega de vacinas. Esta notícia é absolutamente incrível: o Legislativo substituindo o Executivo numa tarefa que cabe ao governo realizar.  

20 thoughts on “Com ataque ao STF, CPI e passeatas pedindo por ditadura, o governo desaba e só um milagre salva Bolsonaro

  1. Longe de ser Bolsonarista, mas o que me espanta é a diuturna rejeição aos antes do coiso.
    Digo isso porque Bolsonaro sempre foi assim. Ele não mudou em nada. Se na época do regime militar, ele como oficial planejou colocar bomba dentro do próprio quartel!?
    Sempre foi brigão. Sempre externou seu caráter de macho e violento.
    Não sei pq tanta manchete?
    Se ainda não se acostumaram, é bom saber que por mais 1 ano e 8 meses será assim

  2. Grande parte dos apoiadores de Bolsonaro parece sofrer de um transtorno “psicopático”, denominado Síndrome de Estocolmo: a qual se traduz em a vítima enxergar somente virtudes, em seus algozes. Lembram da Paitricia Abravanel, filha do Silvio Santos? Após ser liberta do cativeiro, onde estava sequestrada, na sua primeira entrevista, rasgou elogios aos sequestradores.
    No mais, se a fundamentação acima não satisfizer, só uma qualificação masoquista pode explicar tamanho apego patológico!

  3. Eu gosto de ler as reportagens feitas pelos ditos “isentos jornalistas” , mas suas empresas recebendo de governos estaduais e municipais verbas de patrocínio.

    Todo mundo sabe que Bolsonaro é isso, não é metamorfose como é comum no mundo político.
    Não vislumbrei nada de novo nessa conversa informal ( gravar sem autorização judicial é crime previsto na lei ) é tal qual a reunião que Morno tentou desqualificar o mito.

    Todo mundo sabe que ele não está nada satisfeito com o jogo jogado por alguns ministros do STF , que vem dando voadora nele e nenhum juiz marca as falta que vem recebendo , querem tira-lo do jogo com jogadas desleal .

  4. Então caro Pedro do Coutto o milagre aconteceu e, por obra e graça de onde menos poderia se esperar, da suprema corte. A tal CPI vai ser a tábua de salvação do mito, lá ele terá folgada maioria, e lá é que muitos governadores e prefeitos vão sangrar de vez. O mito vai sair mais forte do que entrou e tudo por obra e graça de Lulu boca de seda. O mito acertou quando disse que este “sinistro” faz ativismo político, salvou o mito da derrocada final.

  5. Mesmo se acreditasse em milagres, minha razão me perguntaria: por que Deus vai se ocupar em salvar um Jumento em face de tanta dor e sofrimento?
    São mais de 300 mil famílias que choram a perda dos seus entes queridos: mães com o peito dilacerado pela perda do filho amado, irmãos, parentes, tanta gente sofrendo… Nem o arcanjo que avisou Maria se prestaria a tal serviço imundo de salvar um vagabundo.

  6. O golpe está sendo dado pelo judiciário e pela imprensa, ambos não aceitam a eleição do Bolsonaro e a mudança de sua agenda progressista. É isso que está por trás da tal crise.

    • Jad Bal Ja,

      “Bolsonaro e sua agenda progressista …!

      Vocês, bolsonaristas, decidiram ser humoristas agora.
      Uma enxurrada de piadas de mau gosto, sem graça, bobas.

      Essa tua, de cima, até que dá para rir um pouco porque tão absurda e mentirosa, enganadora e idiota, que eu tive de rir, apesar da irrealidade que postaste, convenhamos.

      “Agenda progressista” … cada uma …

  7. A Tribuna da Internet é Piada do Ano, “royalties” para seu Editor que usa é abusa dessa “tirada”. Sinta-se acrescentado ao rótulo o Pedro do Coutto. A obstinada fixação em Bolsonaro faz com que não tenha mais pauta e tente complementar o inútil trabalho do consórcio de “informação” de jornais, rádios e televisão, que flertam com a falência.

    Vamos lá: “com ataque ao STF…(…)”. Mas que ataque? O presidente está sendo atacado dia e noite e apenas se defende. Ataque a CPI? O Poder Executivo está no seu papel, não é suicida e não vai mesmo abrir espaço ou deixar espaço para essa esquerda abjeta. Querem CPI? Então investiguem também os repasses de verbas federais da União aos Estados. Ou isso está errado e também não pode?

    Ora, para liberar verbas gigantescas o Congresso Nacional foi ouvido e aceitou, mas para saber o que fizeram com as verbas não pode? Pode sim… É verba federal para ajudar na pandemia e não repasses obrigatórios. Não pode é invadir competência das Assembleias Estaduais e investigar o governador, mas as verbas federais são federais e a população precisa saber que destino levaram se falta quase tudo, de respiradores, macas a algodão. Ah, aproveitaram para colocar a folha de pagamento de alguns Estado em dia…

    E passeatas pedindo por ditadura? Aí é caso de má-fé mesmo. Onde se viu isso? Manifestantes relembram o Movimento Militar com saudade, pois os comunistas foram parados quando estavam a um passo de romper a porta de entrada e preparar os pelotões de fuzilamento e campos de concentração.

    Portanto, não se enganem, o governo permanece firme e apoiado pela maioria esmagadora da população brasileira.

    A militância de viés ideológico de esquerda usa a democracia para acabar com a democracia e as liberdades. Uma pena que talentos sejam desperdiçados e justamente a imprensa livre, intelectuais e artistas pagariam o pato se seus desejos podres e sanguinários lograssem êxito. Graças a Deus, existe uma linha enorme entre querer e poder. Vamos em frente com o presidente Jair Messias Bolsonaro, único capaz de confrontar e enfrentar essa esquerda abjeta e produtora de tantas narrativas e mantras eivadois de mentiras.

  8. Essa Tribuna perdeu a credibilidade, vocês não sabem o que estão escrevendo. Sou um pobre coitado, mas tenho fontes de informações muito superiores a de vocês. As opiniões aqui emitidas não dão em nada. Já foram multo melhores em previsões. Parem de serem pautados por essa mídia idiota e que não aceita a derrota e a falta do money.

    • Prezado Caputo,

      A TI perdeu credibilidade porque estás participando do blog.
      Não existe quem goste de ler mentiras, declarações fanáticas, sectarismo explícito …

      Decididamente não podes ser um “pobre coitado”, não digas mais essa blasfêmia, por favor.
      Um homem que tem as tuas fontes de informações superiores às nossas, na TI, precisa utilizá-las para nos esclarecer e informar o povo sobre a verdade.

      Entendes que, as opiniões aqui emitidas não dão em nada.
      Pode até ser, mas a tua opinião também não será considerada, percebeste?
      Perda total de tempo da tua parte em postares o que pensas de nós, pois não valem nada os teus comentários, assim ditos por ti.

      Quanto à pauta que a TI “obedece” desta mídia idiota e que não aceita a derrota … (sic), é que a imprensa constata que a derrota é do … povo!

      O Brasil é que foi o derrotado, e não a mídia. Então ela esbraveja, reclama, protesta, ocasionando as reações dos bolsonaristas desta tua forma, ridícula e patética!

      Te orienta, rapaz.

  9. Prezado G. Clementino dos Santos,

    Assim postaste:

    “A Tribuna da Internet é Piada do Ano, “royalties” para seu Editor que usa é abusa dessa “tirada”. Sinta-se acrescentado ao rótulo o Pedro do Coutto. A obstinada fixação em Bolsonaro faz com que não tenha mais pauta e tente complementar o inútil trabalho do consórcio de “informação” de jornais, rádios e televisão, que flertam com a falência.”

    Respondo:
    Parabéns, Clementino, pela tua defesa veemente de Bolsonaro. Houve trechos do teu comentário que tive muita pena de ti, confesso.
    O teu fanatismo é algo que está raspando a insanidade, principalmente quando mencionas o “consórcio de informação de jornais, rádios e televisão, que flertam com a falência”.
    Nossa! Falência de quem? Do povo? Mas a pobreza, miséria, desemprego, a fome aumentando no país não é culpa da mídia nacional, convenhamos, mas decorrência de uma política econômica de Bolsonaro, elaborada pelo seu guru nesta área, “Paulo – Chi, cagô! – Guedes Boi”.

    Continuas:
    “Vamos lá: “com ataque ao STF…(…)”. Mas que ataque? O presidente está sendo atacado dia e noite e apenas se defende. Ataque a CPI? O Poder Executivo está no seu papel, não é suicida e não vai mesmo abrir espaço ou deixar espaço para essa esquerda abjeta. Querem CPI? Então investiguem também os repasses de verbas federais da União aos Estados. Ou isso está errado e também não pode?”

    Respondo:
    Clementino és um bom humorista, então consideras a TI como a “piada do ano” porque participas com fervor neste espaço democrático.

    Bolsonaro jamais atacou o STF, o congresso, outros países; jamais ofendeu o povo – maricas, deixem de mi mi mi; nunca foi truculento, mal educado, sem educação, mas um modelo de comportamento … destemperado, grosseiro, atrevido, ofensivo e degradante para o mandatário desta nação.

    Segues:
    “Ora, para liberar verbas gigantescas o Congresso Nacional foi ouvido e aceitou, mas para saber o que fizeram com as verbas não pode? Pode sim… É verba federal para ajudar na pandemia e não repasses obrigatórios. Não pode é invadir competência das Assembleias Estaduais e investigar o governador, mas as verbas federais são federais e a população precisa saber que destino levaram se falta quase tudo, de respiradores, macas a algodão. Ah, aproveitaram para colocar a folha de pagamento de alguns Estado em dia…”

    Respondo:
    O problema de Bolsonaro é querer pregar moral de cuecas, sujas e fedorentas, ainda por cima. De fato, as verbas enviadas aos Estados e Municípios devem ser mesmo fiscalizadas.
    No entanto, o presidente deveria dar o exemplo:
    Quanto as suas férias custaram aos cofres públicos? Alguns MILHÕES DE REAIS, noticiados.
    Por que não libera essas despesas para o povo tomar conhecimento, pois patrocinou o seu “descanso”?
    Por que não mostra ao Brasil os gastos com os cartões de créditos corporativos, onde fortunas imensas são gastas sabe-se lá aonde?

    Agora, quero ver a ética e moralidade dos parlamentares, em exigir explicações de governadores e prefeitos, quanto ao uso das verbas federais destinadas à pandemia, quero só ver. A menos que “Suas Excelências” se dignem liberar para auditorias suas indenizações a título de “manutenção da atividade parlamentar”.

    Agora, me surpreendeu o que registraste no fim deste parágrafo:
    ” Ah, aproveitaram para colocar a folha de pagamento de alguns Estado em dia…”

    Meu Deus!
    Bolsonaro não recebe seus proventos em dia?
    Ministros não têm seus salários pagos na data combinada?
    Parlamentares não embolsam seus milhares de reais por mês sem qualquer atraso?
    Poder Judiciário também não recebe seus pagamentos na data de sempre?

    Por que o servidor público estadual tem de viver sem receber seus parcos proventos atrasados, parcelados e há oito anos sem qualquer reajuste??!!
    Não te deste conta, claro, pois não refletiste sobre as palavras que irias postar.
    Tu comprovas o desprezo absoluto de Bolsonaro pelo povo!!!

    E, se me retrucares:
    – Mas esse dinheiro era para a pandemia!
    Digo o seguinte:
    – Por acaso esse dinheiro não pertence ao povo??!! Pois que ele dê o destino que quiser às verbas recebidas, pelo fato que essas pessoas sem ter o que comer, sem poder pagar as suas contas, também facilmente são alvos da pandemia!

    E vais adiante:
    “Prejuízos incalculáveis ao povo, e que não pode ser apenas a piada do ano, mas do século!
    E passeatas pedindo por ditadura? Aí é caso de má-fé mesmo. Onde se viu isso? Manifestantes relembram o Movimento Militar com saudade, pois os comunistas foram parados quando estavam a um passo de romper a porta de entrada e preparar os pelotões de fuzilamento e campos de concentração.”

    Respondo:
    Quanto disparate, rapaz! Que obsessão doentia pela esquerda.
    Desde quando que os militares “pararam os comunistas”?
    Por acaso não existem mais comunistas no Brasil?
    Não temos mais partidos comunistas? Governadores comunistas não são eleitos no país?
    Senadores, deputados federais, estaduais, vereadores … desapareceram os que se identificavam como comunistas ou proliferam no Legislativo atual?

    Tu como piadista és fenomenal, justificando considerares a TI como a piada do ano.
    Então os comunistas, caso entrassem pela porta da frente ou dos fundos, tanto faz, já teriam prontos os pelotões de fuzilamento e campos de concentração??!!

    Então imaginaste o “Movimento Militar”, que deixou saudades na tua ótica, iria permitir esse massacre contra o povo, sem tomar nenhuma atitude belicista para impedir tais horrores que mencionaste?
    Das duas uma: ou as FFAA teriam pendido integralmente para a esquerda ou teriam sido derrotas pelas “poderosas forças comunistas” que havia no Brasil!!??

    Pensa antes de postares as tuas asneiras, diacho!

    E não paras nas tuas alegações:
    “Portanto, não se enganem, o governo permanece firme e apoiado pela maioria esmagadora da população brasileira.”

    Respondo:
    Tô dizendo; és tu quem tornas a TI uma piada, ainda mais com esta ideia de, “a maioria esmagadora da população”, apoia firmemente Bolsonaro.
    Não serve nem para anedota o que escreveste.

    Teus argumentos são ridículos:
    “A militância de viés ideológico de esquerda usa a democracia para acabar com a democracia e as liberdades. Uma pena que talentos sejam desperdiçados e justamente a imprensa livre, intelectuais e artistas pagariam o pato se seus desejos podres e sanguinários lograssem êxito. Graças a Deus, existe uma linha enorme entre querer e poder. Vamos em frente com o presidente Jair Messias Bolsonaro, único capaz de confrontar e enfrentar essa esquerda abjeta e produtora de tantas narrativas e mantras eivadois de mentiras.”

    Respondo:
    Outra piada sensacional acima, de tua autoria:
    Então a esquerda “usa a democracia para acabar com a democracia e as liberdades”?

    Che, mas a ditadura que tivemos, iniciada em 64 e que durou 21 anos, foi ocasionada pela … direita!
    Ou esqueceste os que foram perseguidos, perderam seus empregos, tiveram de fugir do Brasil, foram presos políticos, e alguns até fuzilados por serem comunistas??!!
    Te orienta, Clementino!

    Certamente queres fazer uma espécie de revisionismo histórico, embora tardio e falso, ao omitires que a liberdade nos havia sido tolhida naquele período.
    Não votávamos para presidente da República;
    Governadores;
    Prefeitos que eram de municípios na orla Atlântica, estações de águas termas e minerais, e das capitais dos Estados;
    E, para compensar, nos empurraram goela abaixo o tal senador biônico.

    Quanto aos jornalistas e seus talentos desperdiçados, a imprensa livre, intelectuais e artistas que pagariam o pato se seus desejos podres e sanguinários – deve estar te referindo aos comunistas, imagino -, lograssem êxito (sic) …
    Quanta tolice!
    Deves pagar “royalties” à TI por tantas besteiras que publicaste!
    Justamente foi a classe jornalística, intelectual, artistas, que foram calados à força pelos militares … brasileiros!!!

    No final do teu comentário erraste até a preposição!
    Não é seguir em frente com o presidente Jair Messias Bolsonaro, conforme escreveste.
    O correto é:
    Seguir com Bolsonaro e bater de frente com a tragédia e o caos que este indivíduo criou!!!

    E terminaste a tua defesa veemente e patética de Bolsonaro, com a tua melhor piada neste texto:
    “único capaz de confrontar e enfrentar essa esquerda abjeta e produtora de tantas narrativas e mantras eivadois de mentiras.”

    Narrativas e mantras eivadas de mentiras … mas foi a única coisa que fizeste neste blog:
    Mentir adoidado e, como bom sectário, culpas a esquerda.

    Teu lema deve ser:
    Cinismo acima de todos, hipocrisia acima de tudo!

  10. Eu sabia que isso aqui ia se transformar num serpentário.
    Jiboia, cascavel, é só rolo que essas minhocas sabem fazer.
    Os corvos detestam cobras. Sabem que a vida delas é querer o mal de todos.
    Ela não foi a causa de a pobre humana, a Eva, ter sido expulsa do paraíso?
    E elas dissimulam muito, se fantasiam, Um dia é um nome, no outro é outro nome, mas o veneno é o mesmo.
    Assim que eu ver ou a gorda, ou aquela que se requebra e berra para todos ouvirem meio distraídas, bicadas nos olhos delas.

      • Humano, ingênuo humano,
        Eu não existia naquela época. Depois, mesmo que eu tivesse sido testemunha dessa encrenca com Deus, como eu me comunicaria com a Eva?
        Não falo a língua de vocês ou qualquer outra, e menos vocês sabem o que quero dizer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *