Ex-mulher que levou Valdemar Costa Neto à prisão é motorista de Uber em Miami

Imagen

Maria Cristina leva sua cachorrinha no banco do Uber

Vicente Nunes
Correio Braziliense

Responsável por um depoimento devastador contra o ex-marido Valdemar da Costa Neto na CPI do Mensalão, a ponto de levá-lo para a prisão, Maria Christina Mendes Caldeira é, hoje, motorista do Uber em Miami, nos Estados Unidos. Dirige um Ford Focus prata.

Longe da vida de madame que tinha quando era casada com o então deputado federal Valdemar Costa Neto — ela conta que o então marido gastou US$ 1 milhão jogando Baccarat quando estavam no Caribe —, Maria Christina acorda bem cedo para pegar passageiros no aeroporto de cidade norte-americana.

VIAJANTE DO BRASIL – Na última quinta-feira (10/06), às 6h49 da manhã, ela atendeu um passageiro que desembarcava do Brasil. Sem cerimônia, apresentou-se como ex-mulher do notório político, hoje presidente do PL e um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro dentro do Centrão.

Maria Christina, que estava com sua cadelinha no banco da frente do carro, contou que está mal financeiramente e que aluga um apartamento na área da Brickel, no Distrito Financeiro de Miami. Paga US$ 1.400 (cerca de R$ 7.200) por mês.

MERCADO RUIM – Além de motorista do Uber — tem avaliação 4,92, muito boa —, a ex de Valdemar da Costa Neto faz corretagem de imóveis. Contudo, admite que não consegue faturar nada com essa atividade atualmente porque o mercado está muito ruim.

Costa Neto que se prepare. Caso vá para Miami e chamar um Uber, corre o risco de dar de cara com a ex, que foi para os Estados Unidos acusando o político de ameaçá-la de morte.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –
Vejam a que ponto de degradação moral chegamos neste país. Um parlamentar comprovadamente corrupto e enriquecido ilicitamente é preso, cumpre pena e depois volta tranquilamente à política como dono de partido e fica amigo do presidente da República, que costuma recebê-lo no Palácio Alvorada, longe das objetivas dos jornalistas. E isso é o novo normal brasileiro. (C.N.)

11 thoughts on “Ex-mulher que levou Valdemar Costa Neto à prisão é motorista de Uber em Miami

  1. Cuspindo no prato que comeu. Que vergonha. Eleitor de seu Jair tem que fazer arminha com muito orgulho. Afinal, em 2022 contra Lula, vai confirmar Jair na urna ou anular que dá na mesma.

  2. Esse é o ponto principal. A Globo e a imprensa em geral passaram a acusar inocentes e preservar os realmente corruptos. Agora está tudo confuso. Afinal como determinar quem é e quem não é corrupto?

  3. Há uma parte marcante na matéria sobreValdemar Costa Neto: — “ela conta que o então marido gastou US$ 1 milhão jogando Baccarat quando estavam no Caribe” …

    Isso mostra como a corrupção reinante em Brasília rende muitos pixulecos”.

    Brasília foi construída para ser o maior centro mundial da corrupção impune. Deu certo!

    • São vocês que mandam os ladrões para Brasília.
      Se fosse o Rio de Janeiro a capital da república acharia que não haveria corrupção? Preconceito sem sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *