Exclusivo! PF indicia os três filhos de Roberto Marinho em inquérito do Ministério Público Federal

Dinheiro-Globo-200327a

Ilustração reproduzida do Arquivo Google

Carlos Newton

Adianto que não é “fake news”. E não tenho o menor prazer em informar com absoluta exclusividade que os três empresários concessionários da TV Globo do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Brasília, Roberto Irineu, João Roberto e José Roberto Marinho, acabam de ser indiciados pela Polícia Federal, em decorrência de procedimento investigatório iniciado em São Paulo, em 2019, e transferido para a 2ª. Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro, por declínio de competência.

Segundo o site da Justiça Federal do Rio de Janeiro – Inquérito Policial E-PROC no. 5096780-78.2019.4.02.5101, os poderosos e vitoriosos empresários, que ostentam capital superior a R$ 30 bilhões, estão sendo investigados por supostos crimes de falsidade ideológica, sonegação, lavagem de dinheiro e ilegalidades no campo das telecomunicações. Nesse último caso, sem dúvida, a renovação das outorgas das concessões dos canais de televisão poderá ter sua efetivação retardada e até negada.

MAIS UM INDICIADO -Além dos três concessionários de serviço público, os maiores da América Latina e proprietários de um dos mais bem-sucedidos grupos de comunicação do planeta, também foi indiciado o advogado Eduardo Duarte, especializado em abrir sociedades fantasmas, que, mesmo descapitalizadas, acabam sendo “compradas” por grandes empresários. 

Duarte vende o nome e o CNPJ da empresa de prateleira e diz não ter nada a ver com o uso que cada comprador faz deles. Ao longo dos últimos 15 anos, só os Marinho teriam sido titulares de cerca de dez dessas sociedades “zumbis”, que até chegaram a aparecer como controladoras da Rede Globo. E para que tudo isso?  

Há mais de ano, sou o único jornalista que vem acompanhando as notícias-crimes apresentadas em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Brasília,  pelo jornalista, advogado e ex-deputado Afanasio Jazadji, que, com suas iniciativas, em outro processo contra o governo de São Paulo já evitou que a Fazenda estadual perdesse centenas de milhões de reais por conta da ilegal e indevida inclusão de juros moratórios em débitos quitados sem atraso algum.

INDÍCIOS DOS CRIMES – Quando ao inquérito da TV Globo, examinei a íntegra da notícia-crime e posso assegurar que há nos autos indícios mais do que razoáveis de práticas delitivas que justificaram a abertura das investigações.

Grandes, caros e renomados criminalistas já devem estar sendo acionados para defenderem esses empresários, que, diariamente, falam para mais de cem milhões de brasileiros, destacando a importância da ética, da moralidade e da legalidade.

Tudo isso me faz lembrar dos bordões da emissora em programas como o Fantástico: “Cadê o dinheiro que estava aqui?”; “E eu com isso!”; “Quem não paga imposto, sonega e tira dos pobres. Sonegação é crime” E por aí vai.

###
P.S. – Não se iludam, como nos Brasil todos não são iguais perante a lei, esse inquérito pode ser arquivado a qualquer tempo por decisão judicial não recorrida pelo Ministério Público Federal, titular da ação penal. Por isso, vamos acompanhá-lo pari passu, como dizem os latinistas. (C.N.)

8 thoughts on “Exclusivo! PF indicia os três filhos de Roberto Marinho em inquérito do Ministério Público Federal

  1. Aguardo ansioso para assistir o Mito dar uma desculpa esfarrapada justificando a renovação da concessão!
    Como sempre, ele esbraveja, acusa, fica furioso mas na hora H arria as calças.

  2. O mito vai negociar isto com a Poderosa, tanto que o MPF está nem aí para ferrar de vez com esta rede de televisão. A canalhice não tem limite em Pindorama.

  3. Os bordões divulgados pela TV Globo eram, como se dizia antigamente, “para inglês ver” (e ouvir).

    Tudo indica que os Marinho, na realidade, seguiam o antiquíssimo ditado português que, mais ou menos, era assim: “quem não furta e quem não herda acaba sempre na merda”.

  4. Taí, disso sou testemunha: de há muito o articulista é incansável em martelar nessa tecla – as organizações Globo não resistem a uma investigação séria para comprovar seus crimes de há décadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *