Gilmar, Lewandowski e Tofolli votando suspeição de Moro? Só se for Piada do Ano…

Tofolli, Lewandowski e Gilmar, ministros altamente suspeitos

Carlos Newton

Os veteranos no jornalismo político brasileiro pensavam que já tinham visto de tudo, num país em que é comum os presidentes não terminarem seus mandatos. Mas aqui do lado de baixo do Equador a realidade política é sempre mais criativa do que a ficção, a ponto de conseguir desestimular os roteiristas da premiada série “House of Cards”.

A desculpa para pôr fim à atração foi um escândalo sexual envolvendo o artista principal Kevin Spacey, mas era uma bobagem em comparação ao presidente Lula da Silva, que criou um alto cargo federal para satisfazer a amante Rosemary Noronha, contratou também a filha dela, que ninguém sabe se é filha dele, e levou a segunda-dama pelo mundo, em 34 tórridas viagens de lua-de-mel no luxuoso AeroLula, uma espécie de motel ambulante do governo brasileiro, cujo avião auxiliar acabou envolvido em tráfico internacional de drogas, quem aguenta comparação com a política brasileira?

SUSPEIÇÃO – Nesta quinta-feira, dia 22, tivemos mais um exemplo da insuperável criatividade da política brasileira, com o julgamento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro, que teria sido imparcial nos julgamentos envolvendo Lula da Silva, justamente aquele ex-presidente que saiu do poder conduzindo uma mudança de onze caminhões, levando como se fossem seus os valiosíssimos presentes recebidos na gestão.

Entre eles, joias e obras de arte de ouro, prata, diamantes, rubis, safiras e por aí afora, obrigando o juiz Moro a determinar operações de busca e apreensão para reaver as preciosidades que pertencem à União.

Em qualquer outro país, o ex-presidente teria ido logo para cadeia, mas aqui no Brasil até hoje o processo não foi aberto, e Lula acabou sendo preso por outros motivos.

LIMPANDO A FICHA – No país da piada pronta, esse criminoso vulgar se apresenta como o homem mais honesto na face da Terra, e os ministros da Suprema Corte se encarregam de limpar a ficha dele, embora sua conta bancária indique mais de R$ 12 milhões em enriquecimento ilícito, no modesto inventário da primeira-dama que não o acompanhava nas viagens internacionais.

Depois de considerar que o juiz errou ao processar Lula por propinas ligadas à Petrobras, embora o presidente da empreiteira OAS tenha feito delação expressa nesse sentido, agora os ministros do STF consideram que Moro era suspeito para julgar Lula por ter determinado a condução coercitiva dele.

Cinco anos depois, nenhum ministro se preocupou em saber que a medida fora tomada atendendo ao Ministério Público, que apresentou a seguinte justificativa: “(…) a medida é necessária pois, em depoimentos anteriormente designados para sua oitiva, teria havido tumulto provocado por militantes políticos, como o ocorrido no dia 17/02/2016, no Fórum Criminal da Barra Funda, em São Paulo. No confronto entre polícia e manifestantes contrários ou favoráveis ao ex-Presidente, “pessoas ficaram feridas”, afirmou o juiz, ao deferir o pedido de condução coercitiva.

GRAVAÇÕES ILEGAIS – As outras provas de ”parcialidade” do magistrado foram as gravações ilegais de celulares dos procuradores e do juiz, que, além de não poderem servir de prova, nem foram submetidas a perícia. E o mais curioso é que, nos diálogos com a presença de Moro, não há a menor evidência de conluio para condenar Lula irregularmente.

É impressionante também que a Justiça brasileira declare a suspeição de um juiz decente e respeitado no mundo inteiro e isso ocorra numa decisão com votos de ministros que – eles, sim – deveriam se declarar suspeitos, por terem ligações diretas com o réu, como é o caso de Ricardo Lewandowski, Dias Tofolli e Gilmar Mendes, que são declaradamente amigos pessoais de Lula.

Mas o que esperar da Justiça brasileira nesses dias de retrocesso institucional e moral?

25 thoughts on “Gilmar, Lewandowski e Tofolli votando suspeição de Moro? Só se for Piada do Ano…

  1. E impressionante a devoção de CN à Moro.
    Então coloca coisas de Lula que não estão em julgamento na questão.

    Claro, as convicções deixam as pessoas incapazes de fazer julgamentos imparciais e todos nós temos alguma.

    Certamente não são só esses ministros citados que observaram o comportamento de Moro que ultrapassou os limites legais. Muitos tem a mesma opinião.

    A justiça tem que agir com base nas leis. Isso deve ser claro, mas infelizmente quando ela age fora da legalidade, mas ao encontro de nossas convicções, fazemos olhar de paisagem.

    • Verdade amigos, o vetusto colunista, um reacionário contumaz(o saudoso Hélio Fernandes, acabou rompendo com ele), q, apoiou o Bolsonaro contra o educadorn Fernando Hadade, não consegue achar nada de positivo nos governos Lulistas(q saiu do governo com 87 por cento de aprovação, além de ganhar quatro eleições no voto – não ganhou a quinta pq não deixaram).

      Caso Lula Ganhe 2021, se esta múmia escriba, estiver vivo…. vai cometer o Araquari tupiniquim(enfiando 3 dedos no rabo), para não ver o maior presidente da história do Brasil de volta ao planalto.

  2. Vidal, meu conterrâneo,

    Bom dia, antes de tudo.

    As tuas colocações são respondidas por ti mesmo, curiosamente, no teu enunciado:

    “Claro, as convicções deixam as pessoas incapazes de fazer julgamentos imparciais e todos nós temos alguma.

    Certamente não são só esses ministros citados que observaram o comportamento de Moro que ultrapassou os limites legais. Muitos tem a mesma opinião.”

    Meu caro, respondeste à tua própria afirmação sobre a existência de opiniões diferentes.
    Penso igual e na mesma ótica do Editor, sabes disso.
    Assim como muitos pensam da mesma forma com a suspeição de Moro, MUITOS também constatam que o ex-juiz não poderia ser suspeito nos processos de Lula, onde atuou.

    Sobre a justiça para ser feita precisar que esteja ancorada em leis, também divirjo absolutamente desta tua afirmação.

    Leis existem para ser cumpridas, obedecidas.
    Justiça só vai existir, se forem considerados aspectos NÃO CONTIDOS NAS LEIS, mas conforme é o cidadão, seus agravantes, atenuantes, condição social, de conhecimentos, profissão, circunstâncias que o levaram a delinquir ou não, caso seja inocente, enfim, propriedades pessoais, ambientais, familiares e sociais.

    Moro atropou algumas “leis” para condenar Lula?
    Digamos que sim, para que evitemos discussões maiores.
    No entanto, pergunto:
    Lula era inocente das acusações que as investigações, os processos, testemunhas, julgamentos e condenações, que o levaram a ser culpado?
    Não, evidente que não, e não existe quem diga o contrário.

    Pois bem. Moro suspeito, processos contra Lula anulados, volta a ter “ficha limpa” o ladrão, mas, encontra-se livre porque as “leis” o beneficiaram em detalhes, as tais filigranas do Direito que, conforme eu disse acima, devem ser cumpridas como foram determinadas pelo STF.

    Houve justiça ao criminoso Lula??!!
    Houve justiça para o povo, que foi lesado, prejudicado, roubado, explorado e manipulado por Lula e suas gangues eventuais?
    O Brasil foi contemplado com a suspeição de Moro ou foi ridicularizado, debochado, escarnecido porque algumas “leis” livraram o meliante em ter as suas condenações confirmadas?

    As leis soltaram Lula, mas a injustiça da sua liberdade se faz evidente.

    Abraço.
    Saúde e paz.
    Excelente fim de semana.

    • Caro Bendl,
      o caso específico julgado foi o do triplex. Quanto à justiça e injustiça, em questões de julgamento, os lados tem de cumprir o que é pactuado pelas leis.

      “Daquela lei de natureza pela qual somos obrigados a transferir aos outros aqueles direitos que, ao serem conservados, impedem a paz da humanidade, segue-se uma terceira: Que os homens cumpram os pactos que celebrarem. Sem esta lei os pactos seriam vãos, e não passariam de palavras vazias; como o direito de todos os homens a todas as coisas continuaria em vigor, permaneceríamos na condição de guerra.
      Nesta lei de natureza reside a fonte e a origem da justiça. Porque sem um pacto anterior não há transferência de direito, e todo homem tem direito a todas as coisas, consequentemente nenhuma ação pode ser injusta. Mas, depois de celebrado um pacto, rompê-lo é injusto. E a definição da injustiça não é outra senão o não cumprimento de um pacto. E tudo o que não é injusto é justo.”

      Thomas Hobbes. Leviatã (p. 96). Edição do Kindle.

      Abraço, saúde e vida longa.

  3. Cenas vergonhosas como esta são e serão permanentes em uma corte formada por pessoas saídas do colete, como se dizia antigamente, do presidente da república. Enquanto não tivermos nas cortes superiores pessoas com o tal “notável saber jurídico”, empregados dos réus decidindo sobre a culpa ou a inocência dos mesmos. Caso o “mito” se reeleja, hipótese até provável, daqui há alguns anos teremos a repetição dos atos vergonhosos de hoje, só que em prol do “mito” e não do Luladrão e sua trupe.

  4. Um círculo vicioso ininterrupto, e que prejudica o povo e País permanentemente, até atingir o que disseste, dentro de pouco tempo teremos ministros pró-Bolsonaro, na sua maioria, nos tribunais superiores.

    Uma excrescência este poder de escolha do Executivo sobre o Judiciário.

    Vai entender que os poderes são “independentes e harmoniosos entre si”.

    Che, bota engodo nisso!

  5. Como tudo na vida tem limites, até desfaçatez, tememos por um desfecho, digamos nada agradável.
    Ainda há quem se surpreenda com a voz vinda da sociedade, retumbante repúdio ao nosso poder judiciário.

    Eu particularmente, temo muito pelo desfecho de tudo isto.
    Não importa quem seja o vencedor, as consequências atingem sempre nas costas do povo……

  6. 1) Licença… li alhures…

    2) Ministro Gilmar Mendes já disse:

    3) Ex-presidente Lula tem direito à indenização por ter ficado 580 dias preso injustamente…

    4) O sindicalista vai ganhar uma boa grana.

  7. David, eu sou otimista.
    Os de sempre já devem estar articulando para aprovarem uma emenda à constituição em que não será mais crime a corrupção desde que seja acima de um determinado valor; o suficiente para pagar boa banca de advogados e ainda sobrar algum para a aposentadoria onde desejar.
    Veja bem; não sou insano pois já aprovaram “gravação só servirá para a defesa”. Viu!!!

    • Já não se pode mais filmar a corrupção…..para que se descriminalize a corrupção será um passo…para canonizar o corrupto, como Lula, serão dois !

  8. Mas, Gilmar Mendes NÃO é suspeito em sentenciar Moro como suspeito.

    Mendes é isento, imparcial, honesto, jamais seria um mandalete de ex-presidentes …

    Sim, sim, Rocha, meu amigo e professor, é claro que estou sendo irônico , pois Mendes é exatamente o contrário.
    Até porque a “sugestão” que deixou para Lula ingressar em juízo e pedir indenização pelos dias que ficou preso, sinceramente, só faltou o ministro se prontificar para ser o advogado de Lula às claras, e não como tem feito ultimamente, por baixo de sua toga.

    Abração.
    Saúde e paz.

  9. CN deixou de ser jornalista. Acha que é marketeiro. No entanto não percebe que os exemplos e argumentos que usa são infantis. Completamente fantasiosos. Mesmo assim gosto de ler para uma análise psiquiátrica do texto.

  10. E qual é o teu diagnóstico sobre Carlos Newton, Ronaldo?

    A tua análise psiquiátrica te levou para quais definições sobre os textos do Editor?

    Explica-nos, pois precisamos saber com quem estamos lidando.
    Por exemplo, quando leio teus comentários não preciso analisá-los sobre a ótica do teu estado mental.
    Uma primeira passada d’olhos, e constatO o teu fanatismo por Lula, a tua adoração, tua reverência por um ladrão contumaz, atestando que sofres de HIBRISTOFILIA.

    Mas estou curioso sobre Carlos Newton.

  11. Palmas para Hobbes, Vidal, meu conterrâneo,

    “Que os homens cumpram os pactos que celebrarem. Sem esta lei os pactos seriam vãos, e não passariam de palavras vazias; como o direito de todos os homens a todas as coisas continuaria em vigor, permaneceríamos na condição de guerra.
    Nesta lei de natureza reside a fonte e a origem da justiça.”

    Lula quebrou o pacto que jurou manter com o povo e o Brasil.
    Seria justo que ele tivesse o benefício da lei, ainda por cima?

    A meu ver, Lula está tendo um tratamento pela Justiça, diga-se de passagem, de forma privilegiada.
    Ora, isso não é isenção e tampouco imparcialidade, pois está se concedendo ao criminoso direitos que não os teria, além da liberdade indevida.

    Outro abraço.

    • Caro Bendl,
      pactos a quem Hobbes se refere, são as leis.

      As leis civis devem ser obedecidas por todos e os legisladores muito mais, pois cabe a eles os julgamentos se elas estão sendo cumpridas ou não.
      E o legislador, além disso, deve agir com imparcialidade sempre seguindo a máxima que todos são iguais perante a lei.

      • “Que os homens cumpram os pactos que celebrarem. Sem esta lei os pactos seriam vãos, e não passariam de palavras vazias; como o direito de todos os homens a todas as coisas continuaria em vigor, permaneceríamos na condição de guerra.
        Nesta lei de natureza reside a fonte e a origem da justiça.”

        Esclarecendo.

        “Na obra Leviatã, explanou os seus pontos de vista sobre a natureza humana e sobre a necessidade de um governo e de uma sociedade fortes. No estado natural, embora alguns homens possam ser mais fortes ou mais inteligentes do que outros, nenhum se ergue tão acima dos demais de forma a estar isento do medo de que outro homem lhe possa fazer mal. Por isso, cada um de nós tem direito a tudo e, uma vez que todas as coisas são escassas, existe uma constante guerra de todos contra todos (Bellum omnia omnes). No entanto, os homens têm um desejo, que é também em interesse próprio, de acabar com a guerra e, por isso, formam sociedades através de um contrato social.”

        wiki

        • Caro Jacó, tirando a parte da veneração excessiva dele à obediência aos soberanos e à igreja, é um bom livro.
          Seus pensamentos exerceram forte influência sobre a teoria do Estado e da área jurídica.
          Segundo ele, pelas leis naturais, os homens são iguais, com cada um tendo direitos, mas isso acarretaria guerras e o fim da humanidade. A sociedade só sobrevive devido à criação do Estado e das leis civis.
          No livro o Senhor das Moscas, onde uma turma de meninos sobrevive a um acidente em uma ilha deserta, esses aspectos foram abordados.

  12. Beixola, arauto da privataria tucana; Levianodovski, aimgo-intimo do ex-primeiro-casal, o irmao tambem envolvido em problemas com judiciario; Toffi, ex-subordinado de Jd e Lullarapio; coaf, receita e pf nao podem investigar crescimento patrimonial de certas otoridades; melhor abrir porteira e manter ladroagem…

  13. Os R$ 12 milhões que Lula recebeu do inventário de dona Marisa – segundo a maioria dos ministros do STF – possuem origem lícita, foram ganhos pela falecida vendendo produtos Avon.

  14. JUÍZES PRÓPRIOS E VERGONHA ALHEIA.

    Com a tranquilidade dos travessos, juízes que nada mais são do que advogados dos que os escolheram, acabaram virando operadores de todos os políticos, porque como todos roubam, inclusive eles, não é justo que alguém seja preso. Agindo desta forma, escondem a sua violência irracional, ou melhor dizendo, racional. É patente que os movimentos são todos pré programados, trabalhados (no laquê) anteriormente com precisão escultural, no sentido de que nada saia errado. (UM SCRIPT PERFEITO).
    Até as entrevistas que oferecem à mídia tem a intenção de preparar o espírito do pobre povo. Assim, o objetivo esdrúxulo já vai sendo inoculado como de fosse uma espécie de anestesia…

    Parecem aquelas mesas redondas de futebol que vemos na TV que alertam o torcedor o provável resultado… só que os palpites neste caso, são certeiros, porque o juiz está comprado.

    Esta prática deveria ser terminantemente proibida.
    Juiz está aí pra julgar, e não pra comentar o futuro ou o resultado do próximo jogo.

    São inescrupulosas putas mostrando as calcinhas pra seus fregueses, ou donos de plantão.
    Evidentemente os políticos diante de tanto poder, se assanham cada vez mais e passam a não se incomodar com ordenamentos jurídicos e suas possíveis punições, logo, trituram e atropelam as leis em uníssono com os abutres, pois sabem que a sala da luz vermelha dará um jeito, com chicanes inimagináveis.
    As putas do Lunapar são capazes de queimar processos na nossa cara, não faltam exemplos pro que estou afirmando. Irracionais, desconhecem o estado de direito!
    As dívidas das prostitutas são enormes, pois tem que agradar àqueles que lhe abriram as portas do verdadeiro paraíso na terra, vida fácil e farta, até a morte e depois pra seu cônjuge e família.

    Como queremos que deliquentes togados julguem espelhados na Constituição e nas leis?
    Que as interpretem de forma imparcial?
    IMPOSSÍVEL!!

    Como queremos imparcialidade destes que não se dão ao respeito e escondem seus próprios mal feitos. Que também enriquecem por debaixo do pano, isso é público e notório! Todos sabemos mas ninguém pode fazer nada!
    A dominação é total, temos casos como os do toffoli com sua ex mulher, o gilmar com a sua atual mulher, e tantas outras histórias escabrosas que pipocam na mídia e tudo fica abafado. É impossível chegar até estes deuses das trevas. A blindagem é total! Intransponível! É inacreditável, mas é verdade.
    Estão todos de mãos dadas!

    Eles têm uma constituição própria que é inventada ou desfigurada a cada intrincado desafio. Nada é impossível, o toffoli já foi pego dizendo que roubou um processo às gargalhadas, o gilmar era um ferrenho defensor da lava jato, está tudo gravado, bastou chegar aos patrões dele, que mudou de opinião radicalmente.
    A dona cármen lúcia muda de opinião das mensagens roubadas, favorece um criminoso hacker, dando-lhe mais crédito ao réu, sua mudança de opinião radical incrimina um juiz que apenas fez o seu trabalho. A troco de que?

    Lembram deste episódio?

    “…Fred fora designado para a tarefa de carregar o dinheiro (QUINHENTOS MIL REAIS) por Aécio, como registrado em áudio do próprio senador: “Um cara que a gente mata antes de fazer delação”.
    A dona carminha, livrou a cara do aécio num áudio inconcebível! ÁUDIO DE UM MATADOR VULGAR!!

    Hoje é o
    Presidente da Comissão de Relações Exteriores. Uma figura ilibada acima de qualquer suspeita. Vergonha!!

    O careca alexandre de moraes era advogado do “ilibado” PCC! Não precisa dizer mais nada!

    O barroso defendeu um terrorista cruel e assassino. O rapaz era um Santo e agora pegou prisão perpétua na Itália. Vai morrer vendo o sol nascer quadrado.

    O presidente deste circo (Fux), beijou os pés da ex primeira dama adriana anselmo, só não foi mais grotesco porque a peruca tava bem colada na careca, festejou tanto em público, que correu o risco, deixar a cabeleira suja e fake aos pés de uma ladra contumaz!

    O fachin, esse se superou!
    Monocraticamente chutou o pau da barraca!!
    Numa cagada só, destruiu um trabalho minucioso de anos…

    É melhor parar por aqui… são onze peças no tabuleiro e todos tem suas bundas sujas…

    É MUITO PODER!!
    É MUITA FALTA DE ESCRÚPULO!!
    É MUITA LOUCURA!!

    Os nossos ilibados juízes de merda mentem tergiversam e sacaneiam um país que só não está no CTI por falta de vaga…

    Os detentores do saber jurídico colocam novamente no jogo político, um ladrão sem a menor condição de se defender num debate com um menino de cinco anos, não tem como, ou simplesmente inexistem argumentos plausíveis, só a mentira é sua bóia de sustentação como sempre.
    Agora se diz um homem de centro esquerda, vai mentir assim na casa do cacete!
    Suas falas são como se o passado não tivesse existido,

    DAQUI PRA FRENTE É SÓ MENTIR E PARTIR PRO ABRAÇO DO POVO!

    Ledo engano, cairá do seu cavalo de madeira!

    Voltando aos aos onze temíveis juízes, é simplesmente inacreditável o que fizeram.
    Incendiaram os processos e sentenças e agora só falta enjaular a lei que funciona, que nos fez sonhar algum dia que este país mudaria… meteram muitos poderosos atrás das grades e isso é crime inafiançável!
    Não se espantem se isso vier a acontecer…

    Resumo da Ópera, o ladrão ganhou seu presente de Natal antecipado!

    Esta decisão é imoral, desigual antijuridica, inconstitucional, arbitrária, falsa em todos os seus fundamentos e nos dá um exemplo da profundidade da crise de legitimação do sistema judicial, em particular na penal, em particular na Justiça Federal e mais particular ainda, naqueles que tem onze assentos garantidos em Brasília de onde voam plumas e paetês do delírio destes que tudo podem a serviço da fauna corrupta que grassa no Brasil inteiro, para fazer a festa da corruptolândia.

    Não há mais esperança, estamos fadados ao fracasso e a republiqueta das bananas, que segue em céu de brigadeiro, flanam e defecam nas nossas cabeças à vontade!

    JL

  15. Boa noite , leitores(as):

    Eis os três ” MARGINAIS E MELIANTES ” Tofolli, Lewandowski e Gilmar, ministros altamente suspeitíssimos , usando a ” Instituição Supremo Federal – STF ” como escudo e instrumentos p/cometerem diferentes crimes contra o ” Estado Nacional e seus agentes públicos no exercício de suas atribuições , além de subverterem as leis do país e desrespeita-las em benefício próprio e de seus comparsas .

  16. Boa noite , leitores(as):

    Senhores Carlos Newton , J.Béja e Marcelo Copelli eis os três ” MARGINAIS E MELIANTES ” Dias Tofolli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, ministros do STF altamente suspeitíssimos , usando a ” Instituição Supremo Federal – STF ” como escudo e instrumentos p/cometerem diferentes crimes contra o ” Estado Nacional e seus agentes públicos no exercício de suas atribuições , além de subverterem as leis do país e desrespeita-las em benefício próprio e de seus comparsas , dando maus exemplos ás demais instâncias do poder judiciário Brasileiro , tais como , desrespeitar a hierarquia jurídica institucional do país , etc. …

  17. A providência divina é infinitamente maior que a desgraça que o STF protagonizou sobre a pátria brasileira ao se servir de ilegalidades para tentar, isso mesmo, tentar desmoralizar Moro e o Brasil.

    Não se arrependerão porque não é da natureza de cada um desses ministros perdularios mas com certeza pagarão muito caro pela perversidade com que realizaram essa tarefa do inferno.

    São cúmplices do capeta e logo se entregarão de alma porque o corpo de cada um já é dele.

    Bando de covardes que não sabem o que é a dignidade da pátria brasileira pois servem somente ao dinheiro que subtraem do valoroso povo brasileiro.

    Para o inferno, cretinos fantasiados com a capa preta fedorenta de satanás!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *