Monotonia na Austrália

Helio Fernandes

No primeiro Grand Slam do ano, um final inesperado, sem sal e sem sensação. Nadal foi eliminado como no ano passado, contusão e problema estomacal. Federer também perdeu, disse que a quadra estava ruim. Outros também disseram, o número 2 não é de perder e se queixar.

Assim, sobraram para amanhã, sábado (domingo em Melbourne) Djokovic e Murray. Dois coadjuvantes, de luxo, mas coadjuvantes. Ferrer perdeu para Murray em dois tiebreaks estranhíssimos.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *