A razão do poema, que é só palavra, na visão única de Eurídice Hespanhol

EURÍDICE HESPANHOL MACEDO DECLAMANDO POESIA NA IV FLIM 2013 EM MADALENA -  YouTube

Eurídice Hespanhol num sarau de poesias

Paulo Peres
Poemas & Canções

A professora e poeta Eurídice Hespanhol, nascida em Santa Maria Madalena (RJ), registrou em versos sua versão sobre o que realmente significa um poema, ou melhor, ela explica qual é “A Razão do Poema”.

A RAZÃO DO POEMA
Eurídice Hespanhol

Do que é feito o poema?
Barro de essência invisível?
Nuvem de tons arcoirizados?
Elementos dispersos,
Pelo poeta magnetizados?
Ou densa identidade
de expressão incontida?

O poema é amante,
Sentimento levitante
Viagem santa e atrevida
Pulso de um sonho em prece
Aborto, parto, nascente.
O poema é só palavra
E o poeta: inconsequente…

One thought on “A razão do poema, que é só palavra, na visão única de Eurídice Hespanhol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *